CD – Coletânea – Natal Sanfonado

capa

Colaboração do Érico Sátiro, do Programa Ralabucho, de João Pessoa – PB

verso

“…segue o CD ‘Natal Sanfonado’, projeto da Associação dos Forrozeiros Pé de Serra Forró e Ai, de Pernambuco, lançado em 2008.”

Coletânea – Natal Sanfonado
2008

01 Cartão de Natal (Luiz Gonzaga – Zé Dantas) – Santanna
02 Natal das Crianças (D.P.) – Petrúcio Amorim
03 Boas Festas (Assis Valente) – Geraldinho Lins
04 Noite Feliz (D.P.) – Nádia Maia
05 Então é Natal (J.Lennon VS.) – Cristina Amaral
06 Natal Branco (Irving Berlin, versão: Marino Pinto) – César Amaral
07 Oferendas (Xico Bizerra – Bebê de Natércio) – Irah Caldeira
08 Ave Maria Da Natureza (Xico Bizerra – Bebê de Natércio) – Maciel Melo
09 Bate o Sino (D.P.) – Andrezza Formiga
10 O Natal Existe (Edson Borges) – Roberto Cruz
11 Borboleta (D.P.) – Josildo Sá e Talitha
12 Marcas do que se Foi (Roberto Pera – Flecha) – Rogério Rangel
13 Vozes do Natal (Julio Leal – João Carlos Baiano) – Seu Januário
14 Os Pastores e o Menino Deus (Xico Bizerra – Bebê de Natércio) – Território Nordestino
15 Homem de Nazaré (Antonio Marcos) – Sanfonéia
16 De Reis Magos e Vaqueiros (Xico Bizerra – Bebê de Natércio) – Terezinha do Acordeon
17 O Velhinho (D.P.) – Nelsinho

Para baixar esse disco, clique aqui.

Se estiver com dificuldade para baixar e descompactar os arquivos, tire suas dúvidas em nosso manual “passo a passo”, clique aqui.

CD – Josildo Sá – Latada pra vaqueirama

capa

Colaboração do Thiaguinho dos Santos, de São Paulo – SP

cd

“O álbum é uma homenagem à dupla Vavá Machado e Marcolino e traz seis faixas clássicas dos artistas que construíram uma carreira sólida em vaquejadas no Sertão nordestino.

Dentre as músicas de Vavá Machado e Marcolino selecionadas para ilustrar o álbum estão Recordações do vaqueiro, brincos de Bela, Lençol de mulher assanhada, Ói o desvio, Meu beija-flor e Coqueiro da Bahia.

verso

As canções ganharam arranjos do maestro Adilson Bandeira com uma roupagem do samba de latada – gênero do forró que tem Josildo como principal representante no Brasil.

Gravado em setembro de 2013, o CD, de acordo com o cantor, é um reflexo de sua adolescência no sertão pernambucano.”

Josildo Sá – Latada pra vaqueirama
2013

01 Recordações do vaqueiro (Vavá Machado – Marcolino)
02 Os brincos de Bela (Vavá Machado – Marcolino)
03 Lençol de mulher assanhada (Vavá Machado – Marcolino)
04 Oi o desvio (Vavá Machado – Marcolino)
05 Meu beija flor (Vavá Machado – Marcolino)
06 Coqueiro da Bahia (Vavá Machado – Marcolino)

Para baixar esse disco, clique aqui.

Se estiver com dificuldade para baixar e descompactar os arquivos, tire suas dúvidas em nosso manual “passo a passo”, clique aqui.

CD – Josildo Sá – Tem frevo na latada

capa

Colaboração do Mestrinho

cd

O cantor pernambucano Josildo Sá coloca o gênero difundido por Luiz Gonzaga na boa companhia do frevo. Pontua a homenagem do pernambucano Josildo Sá ao Rei do Baião, Luiz Gonzaga, cujo centenário é completado em 13 de dezembro de 2012.
Josildo, natural de Floresta, criado em Tacaratu, ambas cidades do Sertão de Pernambuco, arrumou no frevo a fonte de inspiração para reverenciar o maior ícone da música nordestina no país.
O disco traz na base do repertório obras como Luiz Gonzaga, João Silva e Zenilton. Todas ganham arranjos dos reverenciados maestros pernambucanos Edson Rodrigues e Ademir Araújo, que dialogam com a novíssima geração, como o cavaquinista Daniel Coimbra.

Nos metais, músicos como Fabinho Costa (trompete), Enoc (trompete) e Nilsinho Amarante (trombone), todos a festejada SpokFrevo Orquestra. Na base, a banda que acompanha Josildo Sá, trazendo a mais autêntica levada do Samba de Latada. Em Pernambuco, até a sanfona cai no frevo Com uma trajetória de mais de 15 anos dedicado ao resgate do Samba de Latada (gênero sertanejo que une a sanfona, triângulo e zambumba aos banjos, violões e instrumentos de sopro), Josildo havia interpretado em público apenas um frevo na vida. Foi convidado a defender Frevo das Rosas, dos sertanejos Kléber Araújo e Josias Limas, no Festival de Música Carnavalesca do Recife de 2010. Levou o terceiro lugar e gostou da folia.

verso

Tem Frevo Na Latada, frevo canção que dá título ao disco, surgiu em março de 2011 em parceria com o poeta Diomedes Mariano, de Afogados da Ingazeira. Parcerias, aliás, determinam o perfil artístico de Josildo Sá. A inquietude, simpatia e sensibilidade para a boa música são características que lhe rendem bons encontros. O mais marcante, sem dúvida, foi com Paulo Moura. Após três anos de amizade e convivência, em 2006 os dois assinam o CD Samba de Latada. Com o disco, Josildo ganha notoriedade e é indicado a melhor intérprete regional no Prêmio da Música Brasileira.

No encarte são citadas 12 faixas, mas o disco tem uma música a mais.

Josildo Sá – Tem frevo na latada
2012

01 Tem Frevo Na Latada (Josildo Sá – Beto Hortiz – Diomedes Mariano)
02 Quer Ir Mais Eu Vambora (Luiz Gonzaga – Miguel Lima)
03 Siri Jogando Bola (Luiz Gonzaga – Zé Dantas)
04 Deixa a Tanga Voar (Luiz Gonzaga – João Silva)
05 Pagode Russo (Luiz Gonzaga – João Silva)
06 Meu Casamento (Zenilton – Januário Gonçalves)
07 Na Emenda (Manuel Euzébio – Juarez Santiago)
08 Nem Se Despediu de Mim (Luiz Gonzaga – João Silva)
09 Pescaria em Boqueirão (João Gonçalves – Messias Holanda)
10 Uma Pra Mim Uma Pra Tú (Luiz Gonzaga – João Silva)
11 Todo Mundo Lá Tem Culpa (Marcelo Reis – Belinho)
12 Folia Gonzagueana (Junior Vieira)

Para baixar esse disco, clique aqui.

Se estiver com dificuldade para baixar e descompactar os arquivos, tire suas dúvidas em nosso manual “passo a passo”, clique aqui.

CD – Josildo Sá – Latada Pé de Serra

CAPA 1

Colaboração do Pablo Ferraz

Foto Grupo 1

“Esse projeto se chama “Latada PÉ de Serra”.

CONTRA_CAPA_3 (1)

Onde o cantor e compositor Josildo Sá junta-se a seu Sanfoneiro (Lu Miliano) e aos percussionistas (Nino Silva e Pablo Ferraz) e resgata a tradição do Trio de Forró, de uma forma própria e autêntica. ”

Josildo Sá – Latada Pé de Serra
2015

01 bloco 1 (Forró)
02 bloco 2 (Samba de Latada)
03 bloco 3 (Xote)
04 bloco 4 (Xote2)
05 bloco 5 (Marchinha)

Para baixar esse disco, clique aqui.

Se estiver com dificuldade para baixar e descompactar os arquivos, tire suas dúvidas em nosso manual “passo a passo”, clique aqui.

post image

CD – Coletânea – Pernambuco forrozando para o mundo

Colaboração do Paulo Vanderley, do site Luiz Lua Gonzaga

Uma fantástica coletânea publicada em uma caixa com 03 CDs, que reúne vários dos grandes forrozeiros da nossa história, assim como novos talentos que trabalham pra sustentar atualmente o forró tradicional.

Acima as capas do “Viva Santo Antônio”

Acima as capas do “Viva São João”

Acima as capas do “Viva São Pedro”

Realmente essa é uma publicação para colecionadores, vale a pena ter um exemplar na prateleira.

Coletânea – Pernambuco forrozando para o mundo
2012 – Passadisco

Disco 01 – Viva Santo Antônio

01 Senhora da minha alegria (Dominguinhos – Xico Bizerra) – Dominguinhos e Waldonys
02 Se tu quiser (Xico Bizerra) – Elba Ramalho
03 De mala e cuia (Flávio Leandro) – Flávio Leandro
04 De domingo a domingo (Beto Hortis) – Beto Hortis
05 Só vou de mulata (Gordurinha) – Maciel Melo – Dominguinhos
06 Mucunã (Guilherme Medeiros) – Renata Rosa
07 Sina de passarinho (Tonzinho – Bruno Lins – Manoel Filó) – Fim de Feira
08 Buliçoso (Arlindo dos oito baixos) – Spok e Arlindo dos oito baixos
09 Arte verdadeira (Herbert Lucena – Helder Isaac) – Azulão e Dominguinhos
10 Canção adomingada (Xico Bizerra – Beto Hortis) – Liv Moraes
11 Fumando mais Tonha (Zé da Flauta) – Jacinto Silva
12 Mestre Salu (Sérgio Ferraz) – Sonoris Fábrica
13 Pra não ter mais fim (Nena Queiroga) – Nena Queiroga e Dominguinhos
14 Cacimba (Anchieta Dali – Abdias Campos) – Anchieta Dali e Jorge de Altinho
15 Luz do Baião (Cláudio Rabeca – José Mauro de Alencar) – Cláudio Rabeca
16 Domingos (Carlos Villela – Xico Bizerra) – Chambinho

Disco 02 – Viva São João

01 Fulo ingrata (Zé Dantas) – Dominguinhos
02 Saudade imprudente (Zé Marcolino) – Leda Dias
03 Coco viajado (Herbert Lucena – Paulo Carvalho – Cristiane Quincas) – Herbert Lucena
04 E ai, seu Domingos (Cezzinha) – Cezzinha
05 Baião de nos dois (Petrucio Amorim – Rogério Rangel) – Petrucio Amorim e Dominguinhos
06 Caruaru é Roma pegando fogo (Carlos Fernando) – Adryana BB
07 O que passa (Climério de Oliveira) – Chá de zabumba
08 A feira de Caruaru (Onildo Almeida) – Claudio Almeida
09 A rede véia (Luiz Queiroga) – Dudu do Acordeon e Dominguinhos
10 Seu Domingos (Flávia Bittencourt) – Flávia Bittencourt
11 Bodo Bodocó (João Silva – Zé Maria Marques) – João Silva
12 Radistae (D.P.) – Eddie
13 A poeira e a estrada (Claudio Almeida – Maciel Melo) – Irah Caldeira e Dominguinhos
14 Retrato do Nordeste (Joquinha Gonzaga – Zé Peixoto – Di Jesus) – Joquinha Gonzaga e Dominguinhos
15 Puxe o fole sanfoneiro Dominguinhos tocador (Téo Azevedo) – João Cláudio Moreno
16 Dominguinhos (Sandro Haick – Renato Loyola) – Sandro Haick e Dominguinhos

Disco 03 – Viva São Pedro

01 Sertanejo forçado (Zé Marcolino) – Dominguinhos
02 Confidências – Devagar – Meu ex-amor (Petrucio Amorim – Jorge de Altinho) – Cristina Amaral
03 Quixabinha (Anchieta Dali – Josildo Sá) – Josildo Sá
04 Um abraço pra Dominguinhos (Luizinho Calixto) – Luizinho Calixto
05 Forró na gafieira (Silverio Pessoa) – Silverio Pessoa e Dominguinhos
06 A dança do dia a dia (Flávio Leandro) – Santanna e Elba Ramalho
07 Todo dia (Rafael Beibi) – Quinteto Dona Zaíra e Dominguinhos
08 Encruzilhada (Jefferson Gonçalves – Renier Oliveira – Beto Lemos) – Jefferson Gonçalves
09 Um sonhador marginando (Jesser Quirino) – Jesser Quirino e Dominguinhos
10 Claridádiva (Zeh Rocha – Xico Bizerra) – Geraldo Maia
11 Desabafo de artista (Walmir Silva) – Walmir Silva
12 Baião experimental (Luciano Magno) – Luciano Magno e Dominguinhos
13 Querer (Adelson Viana – Paulo Viana) – Adelson Viana e Dominguinhos
14 Saudade da boa (Accioly Neto) – Accioly Neto
15 Café sem açucar (João do Pife) – João do Pife e Banda Dois Irmãos
16 Lua Brasil (Xico Bizerra) – Dominguinhos

Para baixar esse box com os 03 discos, clique aqui.

Se estiver com dificuldade para baixar e descompactar os arquivos, tire suas dúvidas em nosso manual “passo a passo”, clique aqui.

post image

CD – Josildo Sá – Forró e samba de latada – Ao vivo em Sertânia – PE

Colaboração do Josildo Sá

O disco é composto pela gravação de um show realizado em Sertânia – PE.

O áudio foi dividido em cinco faixas de ‘pot pourris’.

Josildo Sá – Forró e samba de latada – Ao vivo em Sertânia – PE

01
02
03
04
05

Para baixar esse disco, clique aqui.

Se estiver com dificuldade para baixar e descompactar os arquivos, tire suas dúvidas em nosso manual “passo a passo”, clique aqui.

post image

CD e DVD – Josildo Sá e Paulo Moura – Samba de latada – Ao vivo

Colaboração do Josildo Sá

Acima as capas do CD com o áudio do DVD.

Um show maravilhoso, repertório e execução nota 10. Participação especial de Gennaro e do maestro Spock.

O DVD tem duas faixas a mais do que o CD de áudio, são elas: “Na água do bebedouro” de Josildo Sá; e “Pro Paulo” de Chico Chagas.

Josildo Sá e Paulo Moura – Samba de latada – Ao vivo

01 – Fibra (Paulo Moura – Eloir Moraes)
02 – Quixabinha (Josildo Sá – Anchieta Dali)
03 – Cumpade Zé de Bina (Apolônio da Quixabinha)
04 – Forró de Mané Vito (Luiz Gonzaga – Zé Dantas)
05 – Fulosinha (Anchieta Dali)
06 – Nêga Buliçosa (Tiago Duarte)
07 – Mulata (Paulo Moura)
08 – Na Água do Bebedouro
09 – Forró do Poeirão (Cecéu)
10 –
Forró do Bole Bole (João Silva – Raymundo Evangelista)
Cadeira de Balanço (Assisão – Lindolfo Barbosa)
11 – O Trem Pega (Jacinto Silva)
12 – Dom Francisco, Dom Tomé (Assisão – Lindolfo Barbosa)
13 – Menina da Noite (Assisão – Lindolfo Barbosa)
14 – Baile no Sertão (Paulo Moura – Gennaro)

Para baixar o video desse DVD, clique aqui.

Para baixar o áudio desse disco, clique aqui.

Se estiver com dificuldade para baixar e descompactar os arquivos, tire suas dúvidas em nosso manual “passo a passo”, clique aqui.

post image

CD – Galo da Madrugada 2012 – Galo, Frevo e Folião – Homenagem a Gonzagão

Colaboração do Jairo Melo, de Vicência – PE

“O CD Galo da Madrugada 2012 – Galo, Frevo e Folião em homenagem ao centenário do Rei Luiz Gonzaga. O disco vem composto pelas 12 músicas que concorreram a música oficial do Galo da Madrugada 2012.

A música vencedora é a do título do CD, a faixa 8, Galo, Frevo e Folião, composição de Nuca e Eriberto Sarmento, com interpretação do forrozeiro Josildo Sá.”

Galo da Madrugada 2012 – Galo, Frevo e Folião – Homenagem a Gonzagão

01 – A Asa Branca e o Galo Multicor – intérp. João Lima (Cláudio Almeida)
02 – O Rei do Baião no Reino de Momo – intérp. Ed Carlos (Ed Carlos)
03 – O Galo e o Rei – intérp. Gil Cordas (Edson Rodrigues e Paulinho Mafe)
04 – O Galo no Terreiro do Sertão – intérp. Fernando Azevedo (Fernando Azevedo)
05 – Luiz, Lua, Luar – intép. Alessandra e Bia Cavalcanti (Getúlio Cavalcanti)
06 – O Galo Canta pra Gonzaga – intérp. Almir Rouche (Jota Michiles)
07 – O Galo e o Rei do Baião – intérp. Nena Queiroga (Nena Queiroga)
08 – Galo, Frevo e Folião – intérp. Josildo Sá (Nuca e Eriberto Sarmento)
09 – Luiz Gonzaga no Galo – intérp. Quinteto Violado (Dudu Alves)
10 – Romance da Asa Branca com o Galo da Madrugada – intérp. Rogério Rangel (Rogério Rangel)
11 – Vira e Mexe do Galo – intérp. Banda Som da Terra (Rominho, Zé Carlos e Cayto)
12 – No Mundo do Lua – intérp. Ligia Miranda (Tiago Asfora)

Para baixar esse disco, clique aqui.

Se estiver com dificuldade para baixar e descompactar os arquivos, tire suas dúvidas em nosso manual “passo a passo”, clique aqui.

CD – Coletânea – Jacinto Silva, no coração da gente

Colaboração do Nilson Araújo, da Sala Nordestina de Música

“Façam a festa com esse CD!
O CD todo é excelente, destaque para o batismo de Spok cantando ‘Aboio de um vaqueiro’
e Flavia Wenceslau arrasa em ‘Cante cantador'”

Lançamento ocorrido na Passadisco, em Recife – PE

Spok, Zé da Flauta, Maria da Penha (filha de Jacinto), Dona Lieta (viúva de Jacinto Silva), Silvério Pessoa, Edson Barbosa (produtor do CD) e Tiago Araripe.

Spok, Zé da Flauta e Silvério Pessoa

“Falecido há nove anos, quando começava ter seu talento reconhecido por outras gerações, Jacinto Silva recebe agora um tributo à altura do papel que desempenhou na música brasileira, em geral, e na nordestina, em particular. Jacinto Silva no coração da gente, um CD em que nomes feito Tiago Araripe, Xangai, Josildo Sá, Tom Zé, Isaar, Silvério Pessoa, Cajú e Castanha e Elba, para citar apenas alguns, participam, é uma homenagem ao forrozeiro alagoano, que morou a maior parte e sua vida em Pernambuco…

‘No coração da gente’ é uma edição de luxo, com um encarte de 48 páginas e apresentação criativa, nada destas capas mambembes, quase norma na maioria dos discos de forró. Na contracapa, uma curiosidade: não há nada nela que indique ter sido o álbum realizado com incentivos governamentais. O trabalho foi gravado no estúdio Muzak, sob o selo Candeeiro. A Link, que aparece nos créditos, é uma agência de propaganda, com sede na Bahia e escritório no Recife, desde 2006. Edson Barbosa, seu presidente, um baiano de Irará, costuma bancar projetos ligados à cultura. Em discos, especificamente, foi responsável pelo elogiado Cóccix até o pescoço, de Elza Soares: ‘Gosto de fazer estes projetos com uma coisa bem nossa. Há anos fiz um trabalho com Jacinto, e então caiu a ficha. Um disco com as músicas, de um alagoano, pernambucano por opção’.

Tiago Araripe é um músico cearense que, nos anos 70, militou no udigrudi recifense, no coletivo Nuvem 33. Em seguida, em São Paulo, foi da banda Papa Poluição, gravou disco solo pela Lira Paulistana e foi parceiro de muita gente boa, entre outros, de Tom Zé. De volta a Pernambuco, como publicitário, Araripe continua envolvido em música e foi o responsável pele seleção de repertório do CD, que prima por músicas menos conhecidas, mas nem por isso inferiores aos clássicos de Jacinto Silva (que também estão presentes). O próprio Jacinto Silva canta no disco ‘Teste de cantor’, num dueto com Silvério Pessoa (extraído do último disco do forrozeiro).

Da tiragem do disco, pouco será comercializada: ‘A matriz original foi cedida à família do cantor. Vamos dar como brinde, não visamos lucro, foi também uma homenagem a Pernambuco, que tão bem nos acolheu’, diz Edson Barbosa. ” (matéria de José Teles)

Coletânea – Jacinto Silva, no coração da gente
2010

01- Aboio de um vaqueiro (Jacinto Silva) – Spok
02- Aquela Rosa (Jacinto Silva) – Margareth Menezes
03- Teste para cantador (Jacinto Silva) – Jacinto Silva & Silvério Pessoa
04- Minha professora (Jacinto Silva) – Targino Gondim
05- Cante cantador (Jacinto Silva/João Silva) – Flávia Wenceslau
06- Moleque de rua (Manoel Alves/Agenor Farias) – Caju e Castanha
07- Plantação (Jacinto Silva/Janduhy Finizola) – Maciel Melo
08- É tempo de ciranda (Onildo Almeida) – Isaar
09- Justiça Divina (Onildo Almeida) – Tiago Araripe
10- Coco de praia (Jacinto Silva) – Flor de Cactus
11- Filosofia do forró (Jacinto Silva) – Josildo Sá
12- Pisa maneiro (Jacinto Silva) – Xangai
13- Gírias do Norte (Jacinto Silva/Onildo Almeida) – Elba Ramalho
14- Coco do gago (Jacinto Silva) – Tom Zé
15- Imaginação (Jacinto Silva/Idevaldo Nunes Marques) – Petrúcio Amorim
16- Fonte de Luz (Jacinto Silva/José Roberto Souto Maior) – Aurinha do Coco

Para baixar esse disco, clique aqui.

Se estiver com dificuldade para baixar e descompactar os arquivos, tire suas dúvidas em nosso manual “passo a passo”, clique aqui.

CD – Josildo Sá e Paulo Moura – Samba de latada

Esse disco foi lançado originalmente, de modo independente, em 2006. Posteriormente, foi re-lançado pela Rob Digital em 2007. Baixei esse CD no Blog Som Barato, que recentemente foi vítima do sistema e teve seu espaço tolhido. Espero que eles possam voltar ao ar o mais breve possível, pois eram cabras de bom gosto.

Segue abaixo um texto do José Teles, do JC online do Recife, que fala sobre esse álbum, parece meio grande o texto, mas vale a pena ler!

“O forró é a mais injustiçada e discriminada das músicas que se fazem no Brasil. Por exemplo, a caudalosa discografia do forró, que teve seu auge nos anos 60 e parte dos 70, continua quase inteiramente fora de catálogo. Esta falta de cultura musical, levou as mais recentes gerações de forrozeiros a fazer e gravar basicamente xote, com letras que pouco diferem do que cantam as duplas sertanejas.

O forró é um manto sob o qual se abriga uma grande variedade de ritmos, estilos, gêneros, inclusive o samba. Aliás, antigamente, no Nordeste, forró e samba tinham o mesmo significado. O forró e o samba eram a festa, onde se tocava do baião ao chorinho. Depois que o samba carioca foi alçado à música da nacionalidade, foi que o samba passou a designar um gênero musical.

No Nordeste ele foi adaptado para a sanfona, o triângulo, a zabumba, mais violões, banjo, instrumentos de sopro. Era chamado “samba de matuto”, ou “samba de latada”. A latada, no caso, era uma extensão da casa, ou “puxada”, coberta por folhas de flandres, onde aconteciam os forrós, ou sambas. O samba de latada teve como um dos maiores intérpretes o sanfoneiro Abdias, seguido pelo paraense Osvaldo Oliveira.

40 anos depois, Josildo Sá traz de volta ao disco esta nuance esquecida do samba. E vem na companhia de um dos maiores músicos do mundo, Paulo Moura. Não poderia tal contubérnio dar noutra. Um disco que nos leva àqueles sambas de latada dos anos 60. Daqueles que rescendiam a suor, perfume barato, com os casais grudados que nem carrapato.

“Quixabinha” (Josildo Sá / Anchieta Dali) é um desses sambas com sotaque nordestino, irresistível. O “Forró de Mané Vito” (Zé Dantas / Luiz Gonzaga), virou um samba de latada ao qual Paulo Moura deu um delicioso tempero de gafieira. Josildo Sá nunca cantou tão bem, com uma voz sertaneja, o fraseado certeiro. Ele dá um banho em “Eu gosto de você”, composição de Caçote do Rojão, um samba do jeito que Abdias gostava.

Paulo Moura, por sua vez, incorporou o espírito da coisa, e caiu no samba de matuto. Está endiabrado em “Pro Paulo”. Dá para os das antigas lembrarem Jair Pimentel, um músico que gravava pela Rozenblit e pintava os canecos com um clarinete. Este disco inclusive resgata (com perdão do termo tão desgastado) o bom-humor no forró, que hoje anda muito formal, parecendo um requerimento com firma reconhecida. Paulo Moura toca neste disco como se estivesse animando um samba numa latada, numa noite enluarada num sítio no meio do mato.

A seleção do repertório não poderia ser melhor. Tem desde “Fraguei” (Osvaldo Oliveira / Dilson Dória) lançada por Abdias. Conterrâneo de Josildo Sá, nascido em Tacaratu, Anchieta Dali fez sambas que se encaixam como uma luva no projeto do amigo Josildo, que descolou uns compositores pouco conhecidos, mas talentosos, Apolônio da Quixabinha (Quixabinha, é um sítio na terra de Josildo), ou citado Caçote do Rojão. E músicos como Gennaro, cuja sanfona vai costurando as melodias, enquanto Paulo Moura vai acrescentando-lhes cores variadas. Não cheguei a perguntar aos dois como foi engendrada esta parceria, mas seja lá como for, com certeza jogaram a fórmula fora. Pense, num disco da porra!!” (José Teles – Jornalista do Jornal do Commércio Recife – PE, escritor, pesquisador e crítico musical)

Samba de latada – Josildo Sá e Paulo Moura
2006

01. Quixabinha (Josildo Sá – Anchieta Dali)
02. Forró de Mané Vito (Luiz Gonzaga – Zé Dantas)
03. Eu Gosto de Você (Caçote do Rojão)
04. Pra Virar Lobisomem (Chico Chagas)
05. Pro Paulo (Chico Chagas)
06. Nega Buliçosa (Tiago Duarte)
07. Fulosinha (Anchieta Dali)
08. Fraguei (Osvaldo Oliveira – Dilson Dória)
09. Carimbó do Moura (Paulo Moura)
10. Beijú (Anchieta Dali)
11. Cumpade Zé de Bina (Apolônio da Quixabinha)
12. Baile no Sertão (Paulo Moura – Gennaro)
13. Na Água do Bebedouro (Josildo Sá)

Para baixar esse disco, clique aqui.

Se estiver com dificuldade para baixar e descompactar os arquivos, tire suas dúvidas em nosso manual “passo a passo”, clique aqui.

Quem somos

Somos uma rede filantrópica colaborativa de colecionadores e músicos.

Uma comunidade que se conheceu e se comunica virtualmente, unidos em torno de uma paixão comum, o forró tradicional.

Quer saber mais da nossa história?
Continue navegando neste portal.

Um grade abraço,
DJ Ivan

Facebook