Compacto duplo- Ary Lobo – Eu vou pra lua

compacto-ary-lobo-eu-vou-pra-lua-capa

Colaboração do DJ Viny, de Belo Horizonte – MG. Esse raro compacto do Ary Lobo tem uma particularidade, ele foi feito pra tocar em 45rpm. Embora ele não traga a data escrita em nenhum lugar, creio que é do início da década de 1960, eu chutaria o ano de 1962.

compacto-ary-lobo-eu-vou-pra-lua-selo-acompacto-ary-lobo-eu-vou-pra-lua-selo-badaptador-45rpm-para-compactos1

Pode-se notar nas imagens dos selos, que há um encaixe maior do que estamos acostumados a ver, e nesse caso, o disco tem um adaptador integrado que faz o compacto 45rpm tocar em toca discos normais.

compacto-ary-lobo-eu-vou-pra-lua-verso

A música inicial tornou-se bastante conhecida, porém as tres demais também são muito boas, vale a pena ouví-las com carinho também. Destaque para o baião “Castigo da chuva” de Antonio Soares.

Compacto duplo – Ary Lobo – Eu vou pra lua
RCA Victor

01 Eu vou pra lua (Luiz de França – Ary Lobo) Baião
02 Castigo da chuva (Antonio Soares) Baião
03 Saravá Cosme e Damião (Anisio Nazario – Nelinho) Baião
04 Rojão nacional (Rosil Cavalcante)

Para baixar esse disco, clique aqui.

Se estiver com dificuldade para baixar e descompactar os arquivos, tire suas dúvidas em nosso manual “passo a passo”, clique aqui.

Tião Marcolino – Liberdade

1994-tiao-marcolino-liberdade-capa

Colaboração do Pipoca, vocalista do Sociais do Forró, radicado atualmente em São Paulo – SP.

Um LP raro aqui no sudeste, do músico, compositor e multi-instrumentista autodidata Tião Marcolino, que inicou sua carreira em 1976, começou com o cavaquinho, passando pela viola até chegar na sanfona, quando tinha apenas 11 anos. Atualmente tem 12 discos gravados, além de diversas participações em álbuns de outros artistas.

1994-tiao-marcolino-liberdade-selo-a1994-tiao-marcolino-liberdade-selo-b

O filho de Tião, Douglas, tem sua primeira participação nesse disco de seu pai, com apenas 8 anos. Seguiu carreira como músico instrumentista, participou de várias bandas e dirigiu alguns trabalhos do pai, participou da produção e produziu diversas bandas e trios de forró em vários estados do Brasil.

1994-tiao-marcolino-liberdade-verso

Produzido pelo próprio Tião junto com Xameguinho, participação especial de Mestre Zinho, na faixa “Zero boi” de Tião Marcolino e Carlos Souza, e de Douglas Marcolino no xote instrumental “Lembranças” de Douglas Marcolino e Tião Marcolino.

Tião Marcolino – Liberdade
1994 – Gogó da Ema

01 Liberdade (Biu Preto – O Matuto do Ritmo – Zé Preto – Tião Marcolino)
02 Tic tac do coração (Tião Marcolino)
03 ABC do forró (Florival Ferreira – Irineu Nicácio)
04 Pinotocando (Tião Marcolino)
05 Estrela guia (Ricardo Diniz – Tião Marcolino)
06 Fazer amor de madrugada (Biu Preto – O Matuto do Ritmo – Tião Marcolino)
07 Zero boi (Tião Marcolino – Carlos Souza)
08 Doce paixão (Tião Marcolino)
09 Disabafando (Tião Marcolino)
10 De rok eu não vou (Chico Xavier – Edson Duarte)
11 Santo casamenteiro (Biu Preto – O Matuto do Ritmo – Tião Marcolino)
12 Lembranças (Douglas Marcolino – Tião Marcolino)

Para baixar esse disco, clique aqui.

Se estiver com dificuldade para baixar e descompactar os arquivos, tire suas dúvidas em nosso manual “passo a passo”, clique aqui.

Compacto – Amelinha

compacto-amelinha-1980-capa

Compacto lançado pela Amelinha em 1980, pela CBS.

compacto-amelinha-1980-selo-acompacto-amelinha-1980-selo-b

Dizem que a qualidade do áudio dos compactos é inferior a qualidade dos LPs, mas será que isso é verdade? Alguém já ouviu isso também?

compacto-amelinha-1980-verso

Arranjos de Zé Ramalho e Paulo Machado, de um lado “Foi Deus quem fez você” de autoria de Luiz Ramalho. E do lado B a famosa composição de Zé Ramalho “Galope razante”.

Compacto – Amelinha
1980 – CBS

01 Foi Deus quem fez você (Luiz Ramalho)
02 Galope razante (Zé Ramalho)

Para baixar esse disco, clique aqui.

Se estiver com dificuldade para baixar e descompactar os arquivos, tire suas dúvidas em nosso manual “passo a passo”, clique aqui.

João Gonçalves – Dê xuxu pra ela

joao-gonaalves-da-xuxu-pra-ela-capa

Colaboração do José de Sousa, natural de Guarabira – PB. Um disco muito interessante do João Gonçalves que eu ainda não tinha ouvido. Reparei que o comecinho da primeira faixa está com uma pequena falha, perguntei ao José o que tinha acontecido e ele disse:

“…é verdade, tentei umas 3 vezes, coloquei até uma moeda em cima da
cápsula pra tentar evitar o pulo, mas não consegui…”

joao-gonaalves-da-xuxu-pra-ela-verso

Letras picantes e de duplo sentido, como de costume, direção de produção de Oséas Lopes, destaque para o xote “Mate o véio, mate” de João Gonçalves e Genival Lacerda.

João Gonçalves – Dê xuxu pra ela
1984 – Araponga

01. Xuxu para um xuxu (João Gonçalves / Oseinha)
02. Sentimentos de mãe (João Gonçalves / Geraldo Nunes)
03. Chá de mussambê (João Gonçalves / Antônio Cardoso)
04. O macaco (João Gonçalves / Zé Bezerra)
05. Lembrança do falecido (João Gonçalves / Oscar Barbosa)
06. Trigêmeas do Velho Dão (João Gonçalves)
07. Mate o véio, mate (João Gonçalves / Genival Lacerda)
08. Oitiseiro (João Gonçalves / Cabeção)
09. Vou pra Macapá (Marques Irmão / João Gonçalves)
10. Deus está no céu (João Gonçalves / J. Anísio)
11. Te vira (João Gonçalves / Heronides Barros)
12. Vou morar no mato (João Gonçalves / Inacinho)

Para baixar esse disco, clique aqui.

Se estiver com dificuldade para baixar e descompactar os arquivos, tire suas dúvidas em nosso manual “passo a passo”, clique aqui.

Zé da Onça – Forró do Zé da Onça

za-da-onaa_frente

Colaboração do Lourenço Molla, de João Pessoa – PB. Um lindo disco do Zé da Onça, lançado pelo selo Araponga, que era um dos selos da Polygram.

za-da-onaa_verso

Produção e arranjos de Willian Luna, zabumba de Luizinho, pandeiro de Buco do Pandeiro, acordeons de Samborico, cavaco de Toco Preto e violão de Valdir 7 cordas.

Destaque para “Forró do poeirão” de Canário Belga e Bacural, para “Tesouro do rei” de Zé da Onça e Coroné Narcizinho e para “Homem com H” de Antonio Barros.

Zé da Onça – Forró do Zé da Onça
1982 – Araponga

01 Jumenta apaixonada (Zé da Onça – Aluízio J. da Silva)
02 Forró do poeirão (Canário Belga – Bacural)
03 Calango da lacraia (Luiz Gonzaga)
04 Truco truco (Zé da Onça – Francisco Gomes)
05 Dedo mexedor (Zé da Onça – Hamilton de Oliveira)
06 Vem cá, meu bem (Buco do Pandeiro – Antonio F. de Araújo)
07 Lembrança do Norte (Zé da Onça – Zé do Gato)
08 Tesouro do rei (Zé da Onça – Coroné Narcizinho)
09 Novo Juazeiro (Fabio Cirilo)
10 Homem com H (Antonio Barros)

Para baixar esse disco, clique aqui.

Se estiver com dificuldade para baixar e descompactar os arquivos, tire suas dúvidas em nosso manual “passo a passo”, clique aqui.

Genário, Corró e o Trio Nordestino

genaro-coroneto-corra-e-beto1

Genário, Coroneto, Corró e Beto Souza.

*Acervo Corró

Ary Lobo – Forró com Ary Lobo

ary-lobo-1958-forra-com-ary-lobo-capa

O áudio é uma colaboração do DJ Dinei, de São Paulo – SP, já as capas são do DJ Vinny de Belo Horizonte – MG.

ary-lobo-1958-forra-com-ary-lobo-selo-aary-lobo-1958-forra-com-ary-lobo-selo-b

Em 2004 o álbum foi remasterizado a partir das fitas originais e re-lançado em formato CD, em uma publicação de muito bom gosto, na qual as capas originais foram preservadas. As imagens do CD foram enviadas pelo João Gabriel, de Niterói – RJ.

encarte
cd

“Senhor absoluto do Rojão, do côco e do batuque – gêneros musicais afins – e dono de uma arte cem por cento genuína, Ary Lobo é a personificação do intérprete ideal das canções regionais do nosso Norte (da Bahia pra cima), traduzindo em sua bem timbrada voz as magníficas melodias e ritmos do caboclo sertanejo daquelas bandas. Possuem as criações de Ary a rara característica de evocar cenas típicas daquelas regiões – através do soteque puro, do ritmo dinâmico, do poder sugestivo dos versos.” (Trecho inicial do texto da contra capa)

ary-lobo-1958-forra-com-ary-lobo-verso

Destaque para tres composições de Gordurinha: “Paulo Afonso”, “Pedido a Padre Cicero” e “Quixeramobim”.

Ary Lobo – Forró com Ary Lobo
1958 – RCA

#01. Paulo Afonso (Gordurinha)
#02. Faroleiro (Gordurinha)
#03. Leva eu sodade (Tito Neto – Alventino Cavalcante)
#04. Aracati (Geraldo Figueiredo)
#05. Pedido a Padre Cicero (Gordurinha)
#06. Juvita (J. Rodrigues – Elias Soares)
#07. Tempo de menino (Edgar Ferreira)
#08. Fruta gostosa (Miguel Lima – Paulo Gesta)
#09. Forró do Cabo Gato (Barbosa da Silva – José Pereira)
#10. Quixeramobim (Gordurinha)
#11. O criador (Edgar Ferreira)
#12. Sentinela do mar (Alventino Cavalcante – Hilton Somôes)

Para baixar esse disco, clique aqui.

Se estiver com dificuldade para baixar e descompactar os arquivos, tire suas dúvidas em nosso manual “passo a passo”, clique aqui.

Os Alegres do Nordeste

foto-alegres-do-nordeste-palito-marinho-e-borrego

Palito do Nordeste, Marinho e Borrego.

*Foto enviada por Roberto Antão

Adolfinho – Forró mimoso

forra-mimoso-frente

Colaboração do sergipano Everaldo Santana, colecionador e forrozeiro, fã dos tocadores de pé de bode, nos prometeu alguns Lps do Severino Januário, que públicaremos em breve.

Esse é mais um disco de um tocador de oito baixos de primeira linha, trata-se de Adolfinho.

forro-mimoso-verso

Produção executiva, arranjos e acordeons de Oswaldinho do acordeon, que curiosamente é citado na ficha técnica por seu nome artístico e pelo seu verdadeiro nome. Todas as músicas são soladas, bom pra se dançar do começo ao fim.

Adolfinho – Forró mimoso
1988 – Panoramico

01 Ouricuri (Adolfinho – Zé Vicente)
02 Forró no Pajeú (Manoel Serafim – Adolfinho)
03 Forró em riacho grande (Pedrinho do acordeon)
04 Pinga fogo (Julinho)
05 Carpina (Adolfinho)
06 Jaguaribe (Adolfinho – Zé Vicente)
07 Mimoso (Adolfinho – Sebastião Rodrigues)
08 Viração (Augustinho Ribeiro)
09 Araripe (Augustinho Ribeiro)
10 Cachiado (Julinho)
11 Granito (Manoel Serafim – Adolfinho)
12 Bonitinho (Julinho – Adolfinho)

Para baixar esse disco, clique aqui.

Se estiver com dificuldade para baixar e descompactar os arquivos, tire suas dúvidas em nosso manual “passo a passo”, clique aqui.

1 2 3 7

Quem somos

Somos uma rede filantrópica colaborativa de colecionadores e músicos.

Uma comunidade que se conheceu e se comunica virtualmente, unidos em torno de uma paixão comum, o forró tradicional.

Quer saber mais da nossa história?
Continue navegando neste portal.

Um grade abraço,
DJ Ivan

Facebook