Coletânea – O fino do pau de sebo vol.8

pau-de-sebo-frente

Quando comecei a postar aquela série de coletâneas, há pouco tempo, eu na verdade tinha começado a procurar essa aqui: “O fino do pau de sebo, vol.8”. Não achei, acabei achando outras e publicando várias, menos a que eu queria.

A primeira vez que vi esse disco foi nas mãos do meu amigo DJ Xeleléu, lá no Rio, e é pra ele, cujo lugar está garantido, que eu dedico a postagem de hoje. Como procurei na casa toda e não achei, resolvi de forma simples, fui lá no Tick e peguei mais um dos repetidos dele.

pau-de-sebo-verso

Destaque para as faixas que abrem cada lado. No lado A, “Espelho de barrigudo”, um xote balançadíssimo na interpretação do Trio Juazeiro da música de Genival Lacerda e Luiz Santa Fé. No lado B, “Forró quentinho” na voz e no ritmo de Jackson do pandeiro, em uma música de autoria de sua esposa Almira Castilho.

Coletânea – O fino do pau de sebo vol.8
1980 – Chantecler

* 01. Espelho de barrigudo – Trio Juazeiro (Luiz Santa Fé – Genival Lacerda)
* 02. Soca pilão – Zé Maringá (Zé Maringá – Jorge Paulo)
* 03. Caiu na ponte – Zenilton (Cecéu)
* 04. Chapéu de couro – Pedro Sertanejo (Pedro Sertanejo – Jorge Paulo)
* 05. Morena dos olhos pretos – Clemilda (Gerson Filho – J. Luna)
* 06. Gosto não se discute – Siri do Forró (José Batista de Oliveira)
* 07. Forró quentinho – Jackson do Pandeiro (Almira Castilho)
* 08. Surubim – Oswaldo Silva (Oswaldo Silva)
* 09. Molhadinha de suor – Sandoval Santos (Durval Vieira)
* 10. De Fortaleza a Sobral – Noca do Acordeon (Adauto Mattos)
* 11. Esse côco é meu – Genival Lacerda (Barbosa da Silva – Genival Lacerda)
* 12. Quadrilha na cidade – Gerson Filho (Gerson A. Filho)

Para baixar esse disco, clique aqui.

Se estiver com dificuldade para baixar e descompactar os arquivos, tire suas dúvidas em nosso manual “passo a passo”, clique aqui.

Quem somos

Somos uma rede filantrópica colaborativa de colecionadores e músicos.

Uma comunidade que se conheceu e se comunica virtualmente, unidos em torno de uma paixão comum, o forró tradicional.

Quer saber mais da nossa história?
Continue navegando neste portal.

Um grade abraço,
DJ Ivan

Facebook