post image

Texto – João Mossoró, o canto do Nordeste na voz de um menestrel – por Higino Canuto Neto

Foto e texto enviados pelo Higino Canuto Neto, de Juazeiro – BA

“João Batista Almeida Lopes, conhecido artisticamente por João Mossoró, começou a carreira musical em 1956, quando participou com seus irmãos Oséas Lopes e Hermelinda, do lendário Trio Mossoró, uma homenagem à cidade natal, no Estado do Rio Grande do Norte.

Com a formação do Trio Mossoró, com Oséas na sanfona, Hermelinda no triângulo e João Mossoró no zabumba, o grupo seguiu a mesma estética introduzida por Luiz Gonzaga, caracterizada pela forte representação nordestina, nas vestimentas com o gibão e o chapéu de couro e nas músicas a cadência rítmica alegre e festeira do xote, do xaxado e do baião.

Apadrinhado por personalidades como José Messias, que atualmente é jurado do programa do Raul Gil e o poeta cantador Luiz Vieira, o Trio teve o privilégio de contar com a parceria de grandes compositores como Antonio Barros, Cecéu, Anastácia, Dominguinhos e o maranhense João do Vale.

Em 1965, conquistaram o troféu Elterpe, o prêmio de maior importância da Música Popular Brasileira, na época. A cerimônia de premiação aconteceu no Palco do Teatro Municipal do Rio de Janeiro, tendo como sucesso premiado a música “Carcará”, composta por João do Vale e José Cândido. No mesmo ano, Maria Bethânia também gravou a canção que se tornou sucesso nacional e símbolo da resistência do povo nordestino ante as agruras da seca e o sistema repressor ditatorial que governava o Brasil na época.

Durante o tempo em que tocava nos programas na Rádio Mairink Veiga, João Mossoró conheceu e trabalhou com Luiz Gonzaga, tocando zabumba. Pelo Rei do Baião foi apelidado de Cibito, numa referência às suas pernas, cuja alcunha providenciou gravar em seu instrumento a frase “Cibito – O rei do zabumba”.

O Trio Mossoró se desfez em 1972 com 12 LP´s gravados, verdadeiras referências do cancioneiro nordestino em todo o Brasil. Em carreira solo, João Mossoró se manteve fiel às suas raízes, divulgando a sua arte como um menestrel dos cantares e saberes do povo nordestino.

Em 2004 o artista concretiza o seu desejo de prestar uma homenagem ao seu ídolo maior – Luiz Gonzaga, gravando o CD ‘O Mito e a Arte de Luiz Gonzaga’, com reconhecimento pelo critico e historiador musical Ricardo Cravo Albin, que dedicou todo um programa transmitido pela Rádio MEC à divulgação do trabalho. O Sucesso do disco rendeu um novo álbum: ‘O Mito e a Arte de Luiz Gonzaga’ – volume 2, complementando o ciclo de homenagens, prefaciado pelo Cravo Albin que escreveu: ‘bela voz, lindo repertório, tudo isso faz deste disco uma alegria em ligar o aparelho de som, no mais das vezes, emudecido por lançamentos bisonhos, quase insuportáveis’.

Em seu mais recente CD ‘Conexão Nordeste – O Arauto das Raízes Nordestinas’, João Mossoró interpreta canções de outros artistas também consagrados (Belchior, Chico Salles, Gonzaguinha, Nando Cordel, Dominguinhos, dentre outros), como num reconhecimento pela cumplicidade em produzir música de qualidade inspirado pela essência que brota do interior profundo do nordeste brasileiro.

Juntamente com seus irmãos Oséas e Hermelinda, João Mossoró insere o estado do Rio Grande do Norte na geografia musical brasileira, com a mesma grandiosidade com que Jackson do Pandeiro introduziu a Paraíba, com a mesma intensidade com que João do Vale revelou o Maranhão e o mesmo ideal e devoção com que Luiz Gonzaga apresentava ao Brasil o seu estado Pernambuco, carregando todo o sentimento nordestino em sua genialidade musical.

João Mossoró é um arauto, um menestrel, um dos últimos ícones do forró em plena atividade, contemporâneo de outros forrozeiros históricos que o Brasil precisa reconhecer e aplaudir em sua grandiosidade.”

Contato:
João Mossoró
joaomossoro@yahoo.com.br>
Telefone: 0xx.21.3437.9847

post image

Hermelinda – Forró verdadeiro

Colaboração do Lourenço Molla, de João Pessoa – PB

Direção de produção de Oséas Lopes e Bastinho Calixto, respectivamente irmão e marido da Hermelinda, que era também conhecida como Ana Paula, reparem seu nome na autoria de uma das faixas.

Participação especial de João Mossoró nas faixas “A lhe procurar” de Bastinho Calixto, Zé Ramos e João Mossoró; e “O adeus de quem tanto amei” de Bastinho Calixto, Reginaldo Régis e Camarão.

Hermelinda – Forró verdadeiro
1986 – Chantecler

01. Forró verdadeiro (Bastinho Calixto)
02. Coração da sanfona (Cecéu)
03. Chegue pra chamegar (Bastinho Calixto / Oseinha)
04. Na caloria do amor (Ana Paula / Gebardo Moreira)
05. Quando você resolver (Zé Ramos / Ana Paula)
06. A lhe procurar (Bastinho Calixto / Zé Ramos / João Mossoró) João Mossoró
07. Nosso amor tá verde (Elino Julião / Reinaldo Belo)
08. Só sei te querer (Bastinho Calixto / Reginaldo Régis)
09. Oito baixos no frevo (Zé Calixto / Bastinho Calixto)
10. O adeus de quem tanto amei (Bastinho Calixto / Reginaldo Régis / Camarão) João Mossoró
11. Xaxado chamego (Jô Marcos / G. Martins / Lecy Ignacio)
12. Amor tropeiro (Zé Ramos / Zé Carlos)

Para baixar esse disco, clique aqui.

Se estiver com dificuldade para baixar e descompactar os arquivos, tire suas dúvidas em nosso manual “passo a passo”, clique aqui.

post image

Hermelinda – Bulir com tu

Colaboração do Lourenço Molla, de João Pessoa – PB

Nesse disco Hermelinda regravou alguns sucessos, além de inéditas. Participação especial de Carlos André (Oséas Lopes) “Vem me dar beijinho” de Reginaldo Régis e Hermelinda.

Produção de Oséas Lopes e Bastinho Calixto, assistente de produção Oseinha, arranjos do Maestro chiquinho do Acordeon, que também gravou as sanfonas ao lado de Genário.

Hermelinda – Bulir com tu
1988 – Chantecler

01. Bulir com tu (Cecéu)
02. Só dá você (Ivan Peter / Hermelinda)
03. Vem me dar beijinho (Reginaldo Régis / Hermelinda) Participação: Carlos André
04. Súplica cearense (Gordurinha / Nelinho)
05. De novo bem (Bastinho Calixto / Gebardo Moreira)
06. Deixa o amor entrar (Zé Ramos / Hermelinda)
07. Segredos (Reginaldo Régis / Bella Maria)
08. Chegue provar (Bastinho Calixto / Jaime Lopes / Lúcio Saraiva)
09. Tá no beijo (Bastinho Calixto / Hermelinda)
10. Prazer e desejo (Nando Cordel)
11. Forró do Velho Inácio (Cecéu)
12. O canto de outrora (Antônio Barros)

Para baixar esse disco, clique aqui.

Se estiver com dificuldade para baixar e descompactar os arquivos, tire suas dúvidas em nosso manual “passo a passo”, clique aqui.

Hermelinda – Meu jeitinho de amar

Colaboração do Jorge Paulo, o Bandeirante do Norte

Um dos poucos discos que a Hermelinda gravou em carreira solo no forró, pois ela se aventurou gravando uns discos ‘românticos’ sob o nome de Ana Paula.

Produção executiva de Oséas Lopes, assistente de produção Bastinho Calixto, arranjos e regência de Chiquinho do Acordeon, destaque para “Meu jeitinho de amar” de autoria de Zinho; e para “Rela rela no chinelado” de Bastinho Calixto e Ana Paula.

Hermelinda – Meu jeitinho de amar
1987 – Continental

01 Meu jeitinho de amar (Zinho)
02 Sabor de mel (Bastinho Calixto – Reginaldo Regis)
03 Rela rela no chinelado (Bastinho Calixto – Ana Paula)
04 Só depende de você (Pinto do Acordeon)
05 Por essa razão (Cecéu)
06 Dois num só (Bastinho Calixto – Reginaldo Regis)
07 Xamego bom (Cecéu)
08 Quando meu bem foi embora (Cecéu)
09 Geme geme da sanfona (Severo – Jaguar)
10 Carência de carícias (Walmar)
11 Avalanche de mágoas (Cecéu)
12 Pó com pó (Zé Ramos)

Para baixar esse disco, clique aqui.

Se estiver com dificuldade para baixar e descompactar os arquivos, tire suas dúvidas em nosso manual “passo a passo”, clique aqui.

Trio Mossoró – Terra de Santa Luzia

trio-mossora-terra-de-santa-luzia-capa

Colaboração do Jorge Paulo, “O bandeirante do norte”, que nos ajuda a resgatar o início de mais um importante artista nordestino, dessa vez o Trio Mossoró, orgulho potiguar. Esse ao que tudo indica, é o primeiro LP do Trio.

trio-mossora-terra-de-santa-luzia-selo-atrio-mossora-terra-de-santa-luzia-selo-b

“Falando francamente, não há dúvida que o nosso querido Trio Mossoró, é aqui e em toda parte, presença indiscutível na nossa música e, um cartaz grande no rádio brasileiro. Para seus integrantes Oséas Lopes, Hermelinda e Almeida Lopes,a confirmação de nossa estima e admiração no desejo de vê-los levando mais longe e mais alto o nome de sua terra natal, que é Mossoró.” (Trecho extraído da contra capa)

trio-mossora-terra-de-santa-luzia-verso

Direção artística de Pedro Sertanejo e acompanhamento de Arlindo e seu regional. Curiosamente o repertório é dividido pelos lados do LP, do lado A, canta Hermelinda Lopes e do lado B canta Oséas Lopes. Dois estilos bem diferentes de cantar, igualmente muito bons e que se complementam, ponto para o Trio Mossoró.

Trio Mossoró – Terra de Santa Luzia
Cantagalo

01 Mandacarú (Fernando Lona)
02 Pagode na roça (Zito Borborema)
03 Futucando (Luiz Vieira – Timóteo Martins)
04 Quero ver se não vai dar (Almeida Lopes – Gebardo Moreira)
05 Meu São João (Sebastião do Rojão)
06 Omissão (Almeida Lopes – Gebardo Moreira)
07 Maria Filó (Luiz viera – João do Vale)
08 Balance os cachos (Cacau – Rosalvo Alves)
09 Vida da roça (Antonio Ceará – Francisco Xavier)
10 Baile na pedreira (João do Vale)
11 Madeira Mamoré (José Candido)
12 Nordeste sangrento (Elias Soares)

Para baixar esse disco, clique aqui.

Se estiver com dificuldade para baixar e descompactar os arquivos, tire suas dúvidas em nosso manual “passo a passo”, clique aqui.

Trio Mossoró

joao-mossora-hermelinda-e-osaas-lopes-trio-mossora-1965

João Mossoró, Hermelinda e Oséas Lopes – Trio Mossoró – 1965 (Fonte)

Hermelinda – Vem me ver

capa1

Colaboração do Corró, músico e compositor, residente em Recife e natural de Serra Talhada – PE. É pesquisador na área de forró pé-de-serra e toca na Banda Baião de Seis.

contra-capa

Na maior parte das faixas, um forró bem pra frente, produção artística de Oséas Lopes, arranjos e acordeons de Genário, baixo de Carlinhos Calixto e zabumba de Durval.

Já em 3 faixas os arranjos e a mixagem deixam o som mais voltado para o forró tradicional, são elas que destaco: “Só pra nós dois” de Bastinho Calixto, “Doce amor” de Bastinho Calixto e Luizinho Calixto e para “Vai tudo muito bem” de autoria da Cecéu.

Hermelinda – Vem me ver
1989 – Chantecler

01. É mole ou quer mais (Bastinho Calixto / Hermelinda)
02. Chama do meu desejo (Bastinho Calixto / Reginaldo Régis)
03. Só pra nós dois (Bastinho Calixto)
04. Choro (Zé Ramos / Hermelinda)
05. Doce amor (Bastinho Calixto / Luisinho Calixto)
06. Chegou de Vez (Ivan Peter / Jaime Lopes)
07. Vem meu bem (Nando Cordel)
08. Vai tudo muito bem (Cecéu)
09. Tempero de beijo (Walmar)
10. Se você quiser (Reginaldo Régis)
11. Mais amor (Jony Peter / Hermelinda)
12. Tá doendo (Bastinho Calixto / Reginaldo Régis)

Para baixar esse disco, clique aqui.

Se estiver com dificuldade para baixar e descompactar os arquivos, tire suas dúvidas em nosso manual “passo a passo”, clique aqui.

Trio Mossoró

triomossoroprog

João Mossoró, Hermelinda e Oséas Lopes.

Foto tirada no Teatro Cultura, durante o programa “Chapéu de Couro”, em 1965.

*Acervo do Jorge Paulo

Quem somos

Somos uma rede filantrópica colaborativa de colecionadores e músicos.

Uma comunidade que se conheceu e se comunica virtualmente, unidos em torno de uma paixão comum, o forró tradicional.

Quer saber mais da nossa história?
Continue navegando neste portal.

Um grade abraço,
DJ Ivan

Facebook