Coronel Ludugero – 1964 – 78RPM

Lado A - Coronel Ludugero

Colaboração do Lourenço Molla, de João Pessoa – PB

Lado B - Coronel Ludugero

A Rozemblit, através do selo Mocambo, publicou discos de 78RPM de 1955 até 1964, esse é um dos raros exemplares do último ano de fabricação de 78RPM por essa fábrica.

Coronel Ludugero – 78RPM
1964 – Mocambo

01. Sem Mulé Não Presta (Nelson Ferreira / Luiz Queiroga) Marcha de roda
02. Duas Fia Pra Casá (Onildo Almeida) Xote

Para baixar esse disco, clique aqui.

Se estiver com dificuldade para baixar e descompactar os arquivos, tire suas dúvidas em nosso manual “passo a passo”, clique aqui.

Coletânea – As Melhores do Nordeste

capa

Colaboração do Manoel Bezerra de Várzea Alegre – CE; as capas são do Samuel Rodrigues, de São Paulo – SP.

selobseloa

“Coletânea da cbs muito rara, com participações de artistas renomados como Trio Nordestino, Marinês, Coronel Ludugero e muitos outros, destaque para faixas de Marinês e Trio Nordestino.

verso1

…destaque para as faixas De Amor Sofrendo com Marinês, Bronca do Ludugero com Coronel Ludugero e Puxando Fogo também com o Coronel.”

Coletânea – As Melhores do Nordeste
1969 – CBS

01. Puxando Fogo (Elino Julião – João Machado) Coronel Ludugero
02. Ninguém Gosta de Ninguém (Antônio Barros) Abdias dos 8 Baixos
03. Pé de Jatobá (Francisco Azulão – Jacinto Silva) Marinês
04. Vivo na Solidão (Canhoto da Sanfona – Jacinto Silva) Jacinto Silva
05. Chorinho do Hospício (João do Pife) João do Pife
06. Cidade Grande (Mario Rossi – Francisco Xavier) Trio Nordestino
07. Gavião do Norte (Jorge Paiva) Osvaldo Oliveira
08. De Amor Sofrendo (Agripino Aroeira – Onildo Almeida) Marinês
09. As Marias Que Eu Amei (Francisco Xavier – René Bittencourt) Trio Nordestino
10. Bronca do Ludugero (René Bittencourt – Francisco Xavier) Coronel Ludugero
11. O Sonho do Severino (Antonio Bezerra – Florival Ferreira) Osvaldo Oliveira
12. Chorando Por Você (Jacinto Silva) João do Pife
13. É Pelas Crianças (Osvaldo Oliveira – R. Conceição) Jacinto Silva
14. Na Hora do Passo (Geraldo Medeiros – Edgar Ferreira) Abdias dos 8 Baixos

Para baixar esse disco, clique aqui.

Se estiver com dificuldade para baixar e descompactar os arquivos, tire suas dúvidas em nosso manual “passo a passo”, clique aqui.

post image

Coronel Ludugero – Discurso final

Colaboração do Zé Lima, de Niteroi – RJ e do José de Sousa, de Guarabira – PB

O disco alterna as gravações conhecidas com trechos do show.

Coronel Ludugero – Discurso final
1977 – CBS

01. Coronel Ludugero ao Vivo (Dagmar Vieira)
02. A Rede Véia (Luiz Queiroga / Luiz Jacinto)
03. Coronel Ludugero Recebe Carta (Dagmar Vieira)
04. Coronel Ludugero nas Alagoas (Dagmar Vieira)
05. O Cheleléu (Elino Julião / Luiz Jacinto)
06. Discurso Final (Dagmar Vieira)

Para baixar esse disco, clique aqui.

Se estiver com dificuldade para baixar e descompactar os arquivos, tire suas dúvidas em nosso manual “passo a passo”, clique aqui.

post image

Coletânea – Pau de Sebo – Vol 03

Colaboração do Julio Cesar Pimenta, de Natal – RN

Esse é o penúltimo volume da série de coletãneas “Pau de Sebo” que ainda faltava publicar aqui no Forró em vinil.

Dessa edição participam Marinês, Abdias dos 8 Baixos, Jacinto Silva, Trio Nordestino, João do Pife, Coronel Ludugero e Osvaldo Oliveira.

Coletânea- Pau de Sebo – Vol 03
1969 – CBS

01. São João sem ninguém (Antonio Barros) Marinês
02. Pau-de-sebo (Antonio Barros – Abdias Filho) Abdias dos 8 Baixos
03. São João daqui (João Silva – Sebastião Rodrigues) Jacinto Silva
04. Quatro pra escolher (Rosil Cavalcanti) Trio Nordestino
05. Adeus morena (João Silva – Jacinto Silva) João do Pife
06. Onde anda a Felomena (Antonio Barros) Coronel Ludugero
07. Ciranda do amor (Florival Ferreira – Cesar Fontes) Osvaldo Oliveira
08. Pra que fogueira (Antonio Barros) Trio Nordestino
09. Não é São João (Onildo Almeida) Coronel Ludugero
10. É lá que a paia vôa (Antonio Barros) Marinês
11. Cinzas da fogueira (Osvaldo Oliveira – Avelar Jr.) Osvaldo Oliveira
12. Empurre o burro (João do Pife) João do Pife
13. Nosso cordão quer brincar (Osvaldo Oliveira) Abdias dos 8 Baixos
14. Nunca mais brigar (Jacinto Silva) Jacinto Silva

Para baixar esse disco, clique aqui.

Se estiver com dificuldade para baixar e descompactar os arquivos, tire suas dúvidas em nosso manual “passo a passo”, clique aqui.

Coletânea – Pau de Sebo – Vol 04

Colaboração do Julio Cesar Pimenta, de Natal – RN

Um grandes time de artistas, não só os intépretes, mas destaque para os grandes compositores que assinam autorias desse álbum, como Antonio Barros e Onildo Almeida, entre outros.

Dessa coletânea participam Coronel Ludugero, Osvaldo Oliveira, Marinês, Jacinto Silva, João do Pife, Trio Nordestino e Abdias dos 8 Baixos.

Coletânea – Pau de Sebo – Vol 04
1970 – CBS

01. De prato na mão (Florival Ferreira – Luiz Jacinto) Coronel Ludugero
02. Esta veio na hora (Osvaldo Oliveira – Anatalício) Osvaldo Oliveira
03. Vamos entrar gente (Antonio Barros) Marinês
04. Só no arraiá (Francisco Azulão – Elias Soares) Jacinto Silva
05. Já vou indo (João do Pife) João do Pife
06. Não vou chorar (Antonio Barros) Trio Nordestino
07. Manhã na casa grande (Genival Lacerda – José Pacheco) Abdias dos 8 Baixos
08. Vem amor (Antonio Barros) Trio Nordestino
09. Meu azulão (Onildo Almeida) Marinês
10. Vai ter brincadeira (Severino Ramos – José Costa) Osvaldo Oliveira
11. Subindo a serra (João do Pife) João do Pife
12. Zezé (Juarez Santiago – Brito Lucena) Jacinto Silva
13. Redemunho (Manoel Serafim – Paulo Duarte) Abdias dos 8 Baixos
14. Rosa linda (Onildo Almeida) Coronel Ludugero

Para baixar esse disco, clique aqui.

Se estiver com dificuldade para baixar e descompactar os arquivos, tire suas dúvidas em nosso manual “passo a passo”, clique aqui.

post image

Coletânea – Pau de sebo vol. 1

Colaboração do José de Sousa, de Guarabira – PB

Esse é o raríssimo e histórico álbum que iniciou as coletâneas juninas. Um disco único.

Participaram da coletânea Marinês, Coronel Ludugero, Abdias, Trio Nordestino, Osvaldo Oliveira e Jacinto Silva.

Coletânea – Pau de sebo vol. 1
1967 – CBS

01 Marinês – O sol nasceu (Onildo Almeida)
02 Coronel Ludugero – Brinca de ané (Dilson Dória – Hélio Gomes)
03 Abdias – Segura o pé de bode (Adapt. Abdias Filho)
04 Trio Nordestino – No garpão da bulandeira (João Silva – K-Boclinho)
05 Osvaldo Oliveira – Prepara a fogueira (Osvaldo Oliveira – Dilson Dória)
06 Jacinto Silva – Amei amei (D. Mathias – Jacinto Silva)
07 Trio Nordestino – Brincadeira na fogueira (Antonio Barros)
08 Abdias – Zefinha das Camorânas (Onildo Almeida)
09 Jacinto Silva – Rosa branca (Jacinto Silva – R. Sandoval de Melo)
10 Marinês – Rosa amarela (Onildo Almeida)
11 Coronel Ludugero – Eu vi passar (Onildo Almeida)
12 Trio Nordestino – Tem Geny (Juracy Alcantara)

Para baixar esse disco, clique aqui.

Se estiver com dificuldade para baixar e descompactar os arquivos, tire suas dúvidas em nosso manual “passo a passo”, clique aqui.

Coronel Ludugero – Ludugero casa uma filha

Colaboração do Jorge Paulo, o Bandeirante do Norte

O lançamento original é de 1968, pela CBS. Relançado em 1971 pelo selo Entré/CBS. O exemplar do qual o áudio e as capas foram retirados são do relançamento.

O disco alterna as músicas com as peças humorísticas, produção de Abdias, destaque para “Vou pra tamarineira” de Elino Julião e para “A rede véia” de Luiz Jacinto e Luiz Queiroga.

Coronel Ludugero – Ludugero casa uma filha
1968 – CBS

01. A volta do regresso (Onildo Almeida – Irandir Costa)
02. Festa do casamento (Música: João do Pife – Texto: Luiz Queiroga)
03. A carta do Coronel (Texto de Luiz Queiroga)
04. Vou pra tamarineira (Elino Julião)
05. A rede véia (Luiz Jacinto – Luiz Queiroga)
06. Vou fazer na sua porta (Elino Julião – Luiz Jacinto)
07. Ludugero na escola (Texto de Luiz Queiroga)
08. Nós vamos se virando (Onildo Almeida)
09. Mourão voltado (Música: Luiz Jacinto – Texto: Luiz Queiroga)
10. Felomena Flor (Luiz Queiroga)

Para baixar esse disco, clique aqui.

Se estiver com dificuldade para baixar e descompactar os arquivos, tire suas dúvidas em nosso manual “passo a passo”, clique aqui.

post image

Coronel Ludugero – Muita saudade

coronel-ludugero-1971-muita-saudade-capa

Colaboração do José de Sousa, de Guarabira – PB

coronel-ludugero-1971-muita-saudade-selo-acoronel-ludugero-1971-muita-saudade-selo-b

Essa é uma coletânea do Coronel Ludugero, lançada logo após o seu falecimento no trágico acidente que vitimou também Otrope, seu fiel companheiro de arte.

coronel-ludugero-1971-muita-saudade-verso

Seguindo a linha de seus trabalhos anteriores, o disco alterna músicas e textos, todos com muito humor e inteligência.

Coronel Ludugero – Muita saudade
1971 – Harmony

01 A carta da Véia Filomena (Texto de Luiz Queiroga)
02 Mulé traidêra (Luiz Queiroga – Luiz Jacinto)
03 Festa do casamento (Música; João do Pife – Texto de Luiz Queiroga)
04 Abc do amor (Jacinto Silva – Juarez Santiago)
05 A carta do Coronel (Texto de Luiz Queiroga)
06 O rabo do jumento (Dilson Dória – Elino Julião)
07 Desquite de Ludugero (Texto de Luiz Queiroga)
08 A volta do regresso (Onildo Almeida – Irandir Costa)
09 O cheleléu (Elino Julião – Luiz Jacinto)
10 Zé da tuba (Luiz Queiroga – Luiz Jacinto)

Para baixar esse disco, clique aqui.

Se estiver com dificuldade para baixar e descompactar os arquivos, tire suas dúvidas em nosso manual “passo a passo”, clique aqui.

Coronel Ludugero – Desquite de Ludugero

1971-coronel-ludugero-desquite-de-ludugero-capa

Colaboração do Jorge Paulo, “O Bandeirante do Norte”.

1971-coronel-ludugero-desquite-de-ludugero-selo-a1971-coronel-ludugero-desquite-de-ludugero-selo-b

Luiz Jacinto, o Coronel Ludugero, autor da maioria das faixas, ao lado do compositor Luiz Queiroga, que escreveu a maior parte dos textos.

1971-coronel-ludugero-desquite-de-ludugero-verso

Direção artística de Abdias, destaque para o xote “O cheleléu” de Elino Julião e Luiz Jacinto.

Coronel Ludugero – Desquite de Ludugero
1971 – CBS

01. Desquite de Ludugero (Texto de Luiz Queiroga)
02. Nascimento de Coronha (Texto de Luiz Queiroga)
03. Vai me atrapalhar (Osvaldo Oliveira – Luiz Jacinto)
04. O cheleléu (Elino Julião – Luiz Jacinto)
05. Ludugero caçador (Luiz Queiroga)
06. Budéga de Seu Mané (Texto de Luiz Queiroga)
07. Mistura de viola (Texto de Luiz Queiroga)
08. Urubu (Elias Soares – Luiz Jacinto)
09. Pobre trovador (Luiz Queiroga – Luiz Jacinto)
10. Meu cavalo (Juarez Santiago – Luiz Jacinto)

Para baixar esse disco, clique aqui.

Se estiver com dificuldade para baixar e descompactar os arquivos, tire suas dúvidas em nosso manual “passo a passo”, clique aqui.

Coronel Ludugero – Ludugero e seu jumento

ludugero-1968-ludugero-e-seu-jumento-frente

Colaboração do Antonio Marcelino Gomes. Em seguida, alguns textos garimpados na rede para complementar a publicação.

ludugero-1968-ludugero-e-seu-jumento-lado-aludugero-1968-ludugero-e-seu-jumento-lado-b

“Nessa mesma época, foi criado, com incentivo de Hilton Marques e de alguns amigos, o personagem Coronel Ludugero, interpretado por Luiz Jacinto, que logo de início, o interpretava sozinho. Pouco tempo depois, com a atriz Rosa Maria, nasceu a primeira companheira do Coronel, chamada de Dona Rosinha.

No mesmo ano, a atriz, Mercedes Del Prado dava a vida a personagem Dona Felomena (esposa do Coronel) que, junto ao ator Irandir Peres Costa (Otrópe), formaram um trio humorístico, de simplicidade típica de nordestinos pacatos e puros, inundados de irreverência. Uma trupe que fazia rir um país inteiro.

Pouca gente sabe que o Ludugero existiu mesmo…não como um “coroné” típico daquela época, mas, sim um amigo muito engraçado, que morava em Caruaru que se chamava Ludugero e o inspirou tal personagem.

A Rádio Cultura de Caruaru (PE) foi uma das maiores responsáveis pela divulgação dos sucessos do Coronel Ludugero e toda sua turma, levando em suas ¨ondas¨ toda a alegria de seus ¨causos¨.” (Fonte)

ludugero-1968-ludugero-e-seu-jumento-verso

“Retratava com bom humor a figura lendária dos coronéis, muitos dos quais pertenciam à Guarda Nacional e gozavam de grande prestígio junto a população. Era um homem simples de poucas palavras, amante da verdade e sincero. Gabava-se de si próprio.

Contador de histórias fantásticas, era casado com dona Filomena. Bom aboiador, bom cantador de viola e poeta. Mantinha um secretário (Otrópe) que o orientava nos negócios e nas questões políticas. Ludugero se sentia feliz em contar histórias, dando expansão ao seu gênio brincalhão, quando não estava em crises de impaciência e nervosismo.” (Fonte)

Coronel Ludugero – Ludugero e seu jumento
1968 – CBS

01. TV Carcará (Texto de Luiz Queiroga)
02. A carta da Véia Filomena (Texto de Luiz Queiroga)
03. A flor do Ananás (Luiz Queiroga)
04. O rabo do jumento (Dilson Dória – Elino Julião)
05. Lá vem o dia (Onildo Almeida)
06. Você cai (Luiz Jacinto)
07. Horário do jumento (Texto de Luiz Queiroga)
08. Não vai ser de cassuá (Osvaldo Oliveira – Luiz Jacinto)
09. Mulher basta uma (Luiz Queiroga)
10. Abc do amor (Jacinto Silva – Juarez Santiago)

Para baixar esse disco, clique aqui.

Se estiver com dificuldade para baixar e descompactar os arquivos, tire suas dúvidas em nosso manual “passo a passo”, clique aqui.

1 2

Quem somos

Somos uma rede filantrópica colaborativa de colecionadores e músicos.

Uma comunidade que se conheceu e se comunica virtualmente, unidos em torno de uma paixão comum, o forró tradicional.

Quer saber mais da nossa história?
Continue navegando neste portal.

Um grade abraço,
DJ Ivan

Facebook