post image

CD – Chico Salles – O bicho pega

ENCARTE FRENTE

Colaboração do Nilton Maia, do Rio de Janeiro – RJ

ENCARTE VERSO

“Com produção impecável de José Milton (aliás, como sempre) e contando com a presença de músicos da melhor qualidade nos acompanhamentos, este disco é o quinto do cantor, compositor e cordelista Chico Salles.

ESTOJO VERSO

Com exceção da última faixa (bônus) “Pedala, Seleção”, incluída em virtude da Copa do Mundo de Futebol, as doze outras foram muito bem escolhidas. Destacamos as seguintes: “Masculina”, uma bonita homenagem ao estado da Paraíba, no qual Chico nasceu, “Circo das Ilusões” e “Cumeeira de Aroeira Lá da Casa Grande”, esta cantada em dueto com o violonista, compositor e cantor Alfredo Del Penho.”

Chico Salles – O bicho pega
2010 – Som Livre

01- Masculina (Chico Salles-Eduardo Krieger)
02- O Bicho Pega (Bulu Bule)
03- Forró do Apagão (Maciel Melo) Participação: Raimundo Fagner
04- Circo das Ilusões (João Bá-Klecius Albuquerque)
05- A Cumeeira de Aroeira Lá da Casa Grande (Jessier Quirino) Participação: Alfredo Del Penho
06- Como Alcançar Uma Estrela (Miltinho Edilberto)
07- Bala Perdida (Chico Salles-Adelson Viana)
08- Forró do Sapateiro (Petrúcio Amorim)
09- Nã0 Vá Fazer (Chico Salles)
10- Vagalume (Chico Salles)
11- Nem Vem Que Não Tem (José Orlando)
12- Caminhos do Brasil (Chico Salles-João Lyra)
13- Pedala, Seleção (Chico Salles)

Para baixar esse disco, clique aqui.

Se estiver com dificuldade para baixar e descompactar os arquivos, tire suas dúvidas em nosso manual “passo a passo”, clique aqui.

CD – Chico Salles – Forrozando

capa

Colaboração do Sandrinho Dupan,de Campina Grande – PB

cd

“é um disco muito bem feito, produzido pelo mestre José Milton…

verso

…e que vale a pena ouvir, pois o time que gravou esse álbum é de grandes nomes da música brasileira como: o acordeon do Adelson Viana, os violões e guitarra do grande João Lira, o cavaquinho inconfundível de Alceu Maia, a zabumba unica de Durval entre outros…”

Chico Salles – Forrozando
2005

01 Forró Manhoso (Bráulio de Castro – Petrucio Amorim)
02 Volta Morena (João Lyra – Paulo Cesar Pinheiro)
03 Oios Redondo (Patativa do Assaré – Téo Azevedo)
04 Cidadão (Lúcio Barbosa)
05 Por Onde Anda (Alexandre Leão)
06 Severina Cooper (Accioly Neto)
07 Bem Paraíba (Chico Salles)
08 Na Beirinha do Fogão
09 Pout Pourri – Gordurinha
Baiano burro (Gordurinha – Carlos Diniz)
Pau de arara (Gordurinha – Carlos Diniz)
Baianada (Gordurinha – Carlos Diniz)
10 Amor no Coração (Chiquinha Gonzaga – Zuca Gonzaga)
11 Asas (Raimundo Fagner – Abel Silva)
12 Vamos Simbora Nenem (Avareze)
13 Estrela do Baião (Chico Salles)
14 Coração Bandoleiro (Chico Salles – Beto Moura)

Para baixar esse disco, clique aqui.

Se estiver com dificuldade para baixar e descompactar os arquivos, tire suas dúvidas em nosso manual “passo a passo”, clique aqui.

CD – Chico Salles – Rosil Cavalcanti do Brasil

capa

Colaboração do Sandrinho Dupan,de Campina Grande – PB

cd

” No centenário de Rosil Cavalcanti, Chico Sales foi muito feliz na homenagem, a começar pela escolha do repertório com destaque para duas canções A FESTA DO MILHO que foge dos clássicos, porém uma canção linda com uma ótica bem nordestina e TROPEIROS DA BORBOREMA canção de Rosil cavalcanti e o poeta Raimundo Asfora, que retrata bem a história de Campina Grande-PB…

verso

…outro ponto muito interessante do disco são os convidados que é uma mistura de Paraíba e Pernambuco, assim como Rosil Pernambucano de nascimento e Paraibano de coração, e nada melhor do quer retratar essa mistura através deles cantando junto de Chico Sales a obra do mestre, como: o swingue de Silverio Pessoa, a Versatilidade de Chico Cesar, a poesia de Maciel Melo, o carrego de Biliu de Campina, e o samba de latada de Josildo Sá…”

Chico Salles – Rosil Cavalcanti do Brasil
2015

01 Lei da compensação
02 Forró de Zé lagoa
03 Os cabelos de Maria
04 Sebastiana
05 Cabo Tenório
06 pout pourri
07 A festa do milho
08 Coco do Norte
09 Quadro negro
10 Forró na gafieira
11 Tropeiros da Borborema
12 Na base da chinela

Para baixar esse disco, clique aqui.

Se estiver com dificuldade para baixar e descompactar os arquivos, tire suas dúvidas em nosso manual “passo a passo”, clique aqui.

CD – Chico Salles – Tá no sangue e no suor

CAPA p

Colaboração do Nilton Maia, do Rio de Janeiro – RJ.

“Nascido em São Francisco do Chabocão, naquela época município de Sousa, na Paraíba, Chico Salles mudou-se para o Rio de Janeiro nos anos 70, trazendo na bagagem as influências musicais que marcaram sua adolescência no Nordeste. Inspiradas nos xotes, xaxados e baiões que alegravam as noites do sertão paraibano, nasceram suas primeiras composições, que eram mostradas apenas em reuniões familiares.

FICHA p

Ao chegar à Cidade Maravilhosa, na juventude, ele misturou no mesmo caldeirão as suas raízes e as lições de mestres como Paulinho da Viola, Chico Buarque e Martinho da Vila, que compunham a trilha musical de seus tempos de estudante universitário. Enquanto trabalhava de dia e estudava à noite, ainda arranjou tempo para aprender a tocar o violão, companheiro inseparável nos momentos de inspiração.

Em suas andanças pelo mundo do samba, Chico Salles encontrou novos parceiros como Noca da Portela e Roberto Serrão, que gravaram músicas de sua autoria, e Beto Moura, com quem passou a participar de concursos de escolha dos enredos de blocos carnavalescos, como o ‘Simpatia é Quase Amor’, a ‘Banda da Barra’ e o ‘Barbas’, e da escola de samba Unidos da Tijuca, onde por dois anos foi finalista.

FUNDO DO ESTOJO p

Até então, ainda não lhe passava pela cabeça subir ao palco para cantar suas próprias composições. Mas ele mudou de ideia em 97, quando passou a frequentar a happy hour da Casa de Cultura da Universidade Estácio de Sá. Incentivado pelo maestro Anselmo Mazzoni começou a soltar a voz diante do público, em canjas que logo se transformaram em shows.
Tem seis CDs lançados, um deles em junho deste ano, dedicado exclusivamente aos sambas do capixaba Sérgio Sampaio

Chico é membro e Diretor Cultural da ABLC – ACADEMIA BRASILEIRA DE LITERATURA DE CORDEL, ocupando a cadeira originalmente pertencente ao ilustre brasileiro Catulo da Paixão Cearense, e tem mais de quarenta títulos de cordel publicados. Chico Salles também recebeu em 2008, o Título de Cidadão Carioca, o que muito lhe orgulha.”

Chico Salles – Tá no sangue e no suor
2007 – Rob Digital

01 – Coco trocado (Jacinto Silva)
02 – Cana caiana (Chico Salles)
03 – Venha pro meu ninho (Alexandre Leão – Manuca Almeida)
04 – Pergunte ao meu lenço (Nelson Ferreira – Cilro Meigo)
05 – O Bom senso da loucura (Edu Krieger)
06 – Além mar (João Lyra – Zeh Rocha)
07 – Retrato da Bahia (Riachão)
08 – Carioca nordestino (Chico Salles – Beto Moura)
09 – Cajueiro doce (Manezinho Araújo – Antônio Maria)
10 – Outra era (Fagner – Zeca Baleiro)
11 – Biliu misturado:
Coco repiado (Biliu de Campina)
Coco limeiriano (Biliu de Campina)
Melhor do que tu (Biliu de Campina – Juvenal de Oliveira)
12 – Tá no sangue e no suor (Petrúcio Amorim)
13 – Meia noite e meia (Chico Salles – Sapato)
14 – Arrastando pé
O sanfoneiro (Chico Salles – Beto Moura)
São João bonito (Chico Salles)

Para baixar esse disco, clique aqui.

Se estiver com dificuldade para baixar e descompactar os arquivos, tire suas dúvidas em nosso manual “passo a passo”, clique aqui.

Quem somos

Somos uma rede filantrópica colaborativa de colecionadores e músicos.

Uma comunidade que se conheceu e se comunica virtualmente, unidos em torno de uma paixão comum, o forró tradicional.

Quer saber mais da nossa história?
Continue navegando neste portal.

Um grade abraço,
DJ Ivan

Facebook