CD – Chico Salles – Tá no sangue e no suor

CAPA p

Colaboração do Nilton Maia, do Rio de Janeiro – RJ.

“Nascido em São Francisco do Chabocão, naquela época município de Sousa, na Paraíba, Chico Salles mudou-se para o Rio de Janeiro nos anos 70, trazendo na bagagem as influências musicais que marcaram sua adolescência no Nordeste. Inspiradas nos xotes, xaxados e baiões que alegravam as noites do sertão paraibano, nasceram suas primeiras composições, que eram mostradas apenas em reuniões familiares.

FICHA p

Ao chegar à Cidade Maravilhosa, na juventude, ele misturou no mesmo caldeirão as suas raízes e as lições de mestres como Paulinho da Viola, Chico Buarque e Martinho da Vila, que compunham a trilha musical de seus tempos de estudante universitário. Enquanto trabalhava de dia e estudava à noite, ainda arranjou tempo para aprender a tocar o violão, companheiro inseparável nos momentos de inspiração.

Em suas andanças pelo mundo do samba, Chico Salles encontrou novos parceiros como Noca da Portela e Roberto Serrão, que gravaram músicas de sua autoria, e Beto Moura, com quem passou a participar de concursos de escolha dos enredos de blocos carnavalescos, como o ‘Simpatia é Quase Amor’, a ‘Banda da Barra’ e o ‘Barbas’, e da escola de samba Unidos da Tijuca, onde por dois anos foi finalista.

FUNDO DO ESTOJO p

Até então, ainda não lhe passava pela cabeça subir ao palco para cantar suas próprias composições. Mas ele mudou de ideia em 97, quando passou a frequentar a happy hour da Casa de Cultura da Universidade Estácio de Sá. Incentivado pelo maestro Anselmo Mazzoni começou a soltar a voz diante do público, em canjas que logo se transformaram em shows.
Tem seis CDs lançados, um deles em junho deste ano, dedicado exclusivamente aos sambas do capixaba Sérgio Sampaio

Chico é membro e Diretor Cultural da ABLC – ACADEMIA BRASILEIRA DE LITERATURA DE CORDEL, ocupando a cadeira originalmente pertencente ao ilustre brasileiro Catulo da Paixão Cearense, e tem mais de quarenta títulos de cordel publicados. Chico Salles também recebeu em 2008, o Título de Cidadão Carioca, o que muito lhe orgulha.”

Chico Salles – Tá no sangue e no suor
2007 – Rob Digital

01 – Coco trocado (Jacinto Silva)
02 – Cana caiana (Chico Salles)
03 – Venha pro meu ninho (Alexandre Leão – Manuca Almeida)
04 – Pergunte ao meu lenço (Nelson Ferreira – Cilro Meigo)
05 – O Bom senso da loucura (Edu Krieger)
06 – Além mar (João Lyra – Zeh Rocha)
07 – Retrato da Bahia (Riachão)
08 – Carioca nordestino (Chico Salles – Beto Moura)
09 – Cajueiro doce (Manezinho Araújo – Antônio Maria)
10 – Outra era (Fagner – Zeca Baleiro)
11 – Biliu misturado:
Coco repiado (Biliu de Campina)
Coco limeiriano (Biliu de Campina)
Melhor do que tu (Biliu de Campina – Juvenal de Oliveira)
12 – Tá no sangue e no suor (Petrúcio Amorim)
13 – Meia noite e meia (Chico Salles – Sapato)
14 – Arrastando pé
O sanfoneiro (Chico Salles – Beto Moura)
São João bonito (Chico Salles)

Para baixar esse disco, clique aqui.

Se estiver com dificuldade para baixar e descompactar os arquivos, tire suas dúvidas em nosso manual “passo a passo”, clique aqui.

CD – Trio Forrozão – Na puxada de Rede

capa

Colaboração do Dú Azevedo, de Belo Horizonte – MG

cd

Esse é o último disco lançado pelo Trio Forrozão, com Bastos no vocal.

verso

Destaque para “Coração Maluvido” de João Silva e Pedro Maranguape; e para “Na Puxada De Rede” de Amaro Lima e Chocolate.

Trio Forrozão – Na puxada de Rede
2006 – Rob Digital

01. Canção do Roedor (Cecéu)
02. De Tamanco Mulher (Antônio Barros)
03. Coração Maluvido (João Silva / Pedro Maranguape)
04. Como Dois Animais (Alceu Valença)
05. Com Medo de Ficar Doente (Sergio Alves / Antônio Acácio / Bandeira de Alencar)
06. Na Puxada De Rede (Amaro Lima / Chocolate)
07. Seu Delegado (J. Canseira / Juraci Alcântara / Raul Marques)
08. No Fundo É Só Prazer (Cassiano Costa / Luzion)
09. Cintura Fina (Luiz Gonzaga / Zé Dantas)
10. Vida (Sergio Cassiano)
11. Ilha de Marajó (Antônio Brasil / Nilza Brasil)
12. Fantasia (Agripino Arueira / Zinho)
13. Nuvem Passageira (Hermes Aquino)

Para baixar esse disco, clique aqui.

Se estiver com dificuldade para baixar e descompactar os arquivos, tire suas dúvidas em nosso manual “passo a passo”, clique aqui.

Quem somos

Somos uma rede filantrópica colaborativa de colecionadores e músicos.

Uma comunidade que se conheceu e se comunica virtualmente, unidos em torno de uma paixão comum, o forró tradicional.

Quer saber mais da nossa história?
Continue navegando neste portal.

Um grade abraço,
DJ Ivan

Facebook