post image
post image

Os Trapalhões – Na Serra Pelada

Colaboração do Cacai Nunes, do Blog Acervo Orígens

“ ‘Os Trapalhões na Serra Pelada’ foi um filme produzido pelo mais famoso quarteto de palhaços brasileiros no começo da década de 1980. Foi uma das superproduções cinematográficas brasileiras da época. Como outras produções de cinema dos Trapalhões, a trilha sonora foi assinada por dois grandes músicos: Sivuca e Paulinho Tapajós, juntamente com o Renato Aragão. Por isso, é música brasileira da melhor qualidade, e muito bem executada. Soma-se a isso a irreverência dos Trapalhões. As composições de Renato Aragão são uma comédia.

Também são hilárias as interpretações deles para grandes canções da música brasileira, como Trem das Onze, de Adoniran Barbosa, para a qual o Didi fez uma versão em ingreis: I cannot stay one minuto with you / I’m sorry my dear, I cannot to be / Livo in Jaçanã / If I lost the train / Que arrive now eleven o’clock / only tomorrow manhã / I’m sorry my dear / but have another thing / my mother don’t sleep enquanto I don’t arrive / I am a son only / Havo minha house pá sustain. Fora as gracinhas, que são um deleite, o disco tem momentos bonitos, como Súplica Cearense, de Gordurinha e Nelinho, uma linda escolha para a trilha sonora. Tem também Folha Seca, música instrumental de Renato Aragão e Sivuca, de bela melodia.”

Os Trapalhões – Na Serra Pelada
1982 – Som Livre

01- Cavaleiro alado (Renato Aragão-Paulinho Tapajós )
02- Procurei Tereza (Renato Aragão )
03- Perdi minha nega num forró (Renato Aragão )
04- Folha seca – Instrumental (Renato Aragão-Sivuca)
05- Cavaleiro alado – Instrumental (Renato Aragão- Paulinho Tapajós)
06- Forroteca/Prece ao vento (Gilvan Chaves-Alcyr Pires Vermelho-Fernando Luiz)
Súplica cearense (Gordurinha-Nelinho)
Último pau-de-arara (Venâncio-Corumba-José Guimarães)
07- Rapaz alegre (Renato Aragão-Luiz de França Guilherme de Queiroz)
08- Trem das onze (Adoriram Barbosa)
09- O mentiroso (Renato Aragão-Sergio Sá)
10- Embolando na serra (Bráulio Fernando Tavares Neto-Oswaldo Lenine Macedo Pimentel)

Para baixar esse disco, clique aqui.

Se estiver com dificuldade para baixar e descompactar os arquivos, tire suas dúvidas em nosso manual “passo a passo”, clique aqui.

Fotos do Museu do Gonzagão

Fotos do Museu do Gonzagão em Exú – PE, e em Juazeiro do Norte – CE.

Fotos enviadas pelo Maicon Fuzuê, do trio Araçá.

Os Trapalhões – O forró dos trapalhões

A formação mais conhecida de ‘Os Trapalhões’ não é a que ficou imortalizada no guiness como o grupo humorístico que ficou mais tempo com um programa humorístico no ar.

A primeira formação estreou em 1966 na TV Excelsior de São Paulo com o nome ‘Os Adoráveis Trapalhões’. Reunia na sua fórmula quatro tipos: o galã Wanderley Cardoso, o diplomata Ivon Cury, o estourado Ted Boy Marino e o palhaço Renato Aragão.

Posteriormente em 1975, consolidou-se a formação mais famosa: o cearense Didi Mocó, o carioca Manfried Sant’anna, o Dedé, o sambista participante de ‘Os Originais do Samba’ Antônio Carlos Bernardes Gomes, o Mussum, também carioca e o mineiro Mauro Faccio Gonçalves, o Zacarias.

Nesse disco, em 1981, com sanfona e produção de Sivuca, Didi, após os primeiros 15 anos de sucesso na telinha, realiza o sonho de gravar um disco do ritmo que mais o agradava com interpretação dos trapalhões e composições de artistas já consagrados.

Detalhe interessante é o fato do Mussum não participar da gravação, talvez por seu contrato com a RCA junto com o grupo “Os originais do samba”.

Destaque para “A velha debaixo da cama” música de Jonas de Andrade do Trio Nortista, “Seca e chuva” se Sivuca e Glorinha Gadelha com vocais do próprio Sivuca e “Cajuína” de Caetano Veloso.

Os Trapalhões – O forró dos trapalhões
1981 – Ariola

01. A velha debaixo da Cama (Jonas de Andrade)
02. Belorizontem (Vital Farias)
03. As pessoas e a espingarda (Manézinho Araújo – Kirino)
04. Rio de São Sebastião (Renato Aragão)
05. Seca e chuva (Sivuca – Glorinha Gadelha)
06. Terral (Ednardo)
07. Cajuína (Caetano Veloso)
08. O casamento da filha do faceta (Domínio Público Adapt: Renato Aragão)

Se quiser baixar esse disco, clique aqui.

Se estiver com dificuldade para baixar e descompactar os arquivos, tire suas dúvidas em nosso manual “passo a passo”, clique aqui.

Quem somos

Somos uma rede filantrópica colaborativa de colecionadores e músicos.

Uma comunidade que se conheceu e se comunica virtualmente, unidos em torno de uma paixão comum, o forró tradicional.

Quer saber mais da nossa história?
Continue navegando neste portal.

Um grade abraço,
DJ Ivan

Facebook