post image

CD – Forróçacana – O Melhor Forró do Mundo

Colaboração do Arlindo.

Gravado em 2004 e lançado em 2005, participei da discotecagem junto com o DJ Xeleléu, nessa noite maravilhosa.

Acima o início do DVD pra ficar com bastante curiosidade.

A formação na época era: Duani (zabumba e zabumbatera), Guilherme Maravilhas, o Mará (acordeon), Carlos Cachaça (cavaquinho, bandolim e guitarra), Chris Mourão (triângulo e percussões) e Marcos Moletta (bandolim e rabeca).

Forróçacana – O Melhor Forró do Mundo – áudio do DVD
2005 – Indie

01. O melhor forró do mundo (02:59)
02. Suor de pele fina (04:0Cool
03. Táxi lunar (03:52) – Participação Especial: Geraldo Azevedo
04. Óia eu aqui de novo (03:23) – Participação Especial: Geraldo Azevedo
05. Severina xique xique (04:01) – Participação Especial: Zeca Baleiro
06. Forró no malagueta (04:05) – Participação Especial: Zeca Baleiro
07. Lei do silêncio (03:41)
08. Respeita Januário (02:50) – Participação Especial: Moraes Moreira
09. Semente do samba / Chiclete com banana (04:36) – Participação Especial: Alcione
10. Forró do xenhenhém (03:53) – Participação Especial: Alcione
11. Esverdear (03:06)
12. Coração (06:03) – Participação Especial: Raimundo Fagner
13. Matilde (04:06) – Participação Especial: Raimundo Fagner
14. Menina mulher da pele preta (04:19)
15. Toque de fole (03:29) – Participação Especial: Elba Ramalho
16. Sonhei de cara (04:10) – Participação Especial: Alceu Valença
17. Anunciação (04:12)

Para baixar esse disco, clique aqui.

Se estiver com dificuldade para baixar e descompactar os arquivos, tire suas dúvidas em nosso manual “passo a passo”, clique aqui.

Forróçacana e amigos

Em pé: Mará, Moraes Moreira, Geraldo Azevedo, Duani, Cachaça
Abaixados: Armandinho, Davi Moraes e Marquinhos

CD – Forróçacana – Forróçacana

‘Depois de atingir projeção internacional com seu CD – Vamo que Vamo – que recebeu indicação para o Grammy Latino 2001 – o Forroçacana continua apresentando um trabalho autoral e inédito, assinando a direção, arranjos e produção musical de seu segundo CD.

Neste CD, o Forroçacana traz composições de todos os músicos da banda, além de ‘Forró do Malagueta’, composta especialmente para o grupo por Zeca Baleiro, e ‘Hágua’, de Seu Jorge, Gabriel Moura e Jovi. Apesar de manter-se no estilo que o consagrou – o forró e suas variações (xote, xaxado, galope e baião) – o Forróçacana arrisca a mistura de outros ritmos, como samba (em Praiana) – que lembra muito o estilo de Jackson do Pandeiro e reggae (Hágua).

Marcos Moleta, não contente com sua performance na rabeca, no bandolim e na guitarra, inventa de tocar a tal “guitarra-cítara” em ‘O Acaso’, o que aponta a inegável semelhança entre as músicas árabe e nordestina. Duani continua excentricamente virtuoso com a sua “zabumbatera” (zabumba + meia bateria), os baixos, o derbak, o pandeiro árabe, o violão, além de outros instrumentos percussivos e sua inconfundível voz.

As letras seguem o padrão do disco anterior: tratando de assuntos do dia-a-dia, são composições simples, como segue o próprio estilo musical do forrobodó, a música que surgiu nos bailes do povo. E é exatamente essa simplicidade poética, mesclada com a sofisticação musical que faz do Forróçacana uma banda extremamente popular, sem cair no empobrecimento cultural.’ (Trechos do texto de Elaine Teixeira, fonte)

Forróçacana – Forróçacana
2002 – Epic

01 Matilde (Duani – Cachaça – Chris Mourão)
02 Bola de meia (Duani)
03 Sorriso amigo (Cachaça – Mará)
04 Toda minha (Cachaça)
05 Esverdear (Chris Mourão)
06 A vida é como um forró (Cachaça – Aninha)
07 O acaso (Marcos Moletta)
08 Sua pele branca (Marcos Moletta)
09 Rodopiando (Duani)
10 Pitomba (Duani)
11 Praiana (Cachaça)
12 Hágua (Seu Jorge – Gabriel Moura – Jovi Joviniano)
13 Inspiração (Mará)
14 Forró no Malagueta (Zeca Baleiro)

Para baixar esse disco, clique aqui

Se estiver com dificuldade para baixar e descompactar os arquivos, tire suas dúvidas em nosso manual “passo a passo”, clique aqui.

CD – Coletânea – Barracão do forró

capa

Esse disco é um registro do final da década de 1990, quando o forró pé-de-serra voltou a figurar entre as melhores baladas cariocas, é uma coletânea com regravações de clássicos e alguns pitacos de gravadora em ritmo de forró.

Ainda com 4 integrantes e com Duani gravando sanfona em uma das faixas, Forróçacana era formado pelo Duani, Mará, Cris e Cachaça e o Trio forrózão ainda era formado por Bastos, Nicodemus, Chiquinho e Chupa-Cabra, além disso ainda tem a extinta banda Paratodos e a Márcia Martinelli, que, acho que não chegou a vir aqui pra São Paulo… um disco pra frente, com músicas boas pra dançar, produção de Mazzola.

encarte

Destaques para o xote pout-pourri “Zé do Rock – Mulher comprometida – Facilita” e para o forró “Fede, mas é gostoso”.

Coletânea – Barracão do forró
1998 – MZA

01 – Mineirinho (Alexandre Pires – Lourenço)
02 –
Forró do bole bole (Raymundo Evangelista – João Silva)
Forró no claro (Antônio Barros)
03 –
Um a um (Edgard Ferreira)
Sebastiana (Rosil Cavalcante)
Dezessete na corrente (Edgard Ferreira – Manoel Firmino)
04 – Feira de mangaio (Sivuca – Glorinha Gadelha)
05 – Haja amor (Luiz Caldas – Chocolate da Bahia)
06 – Meu forró é meu canto (Alcymar Monteiro – João Paulo Jr.)
07 –
Zé do rock (Raymundo Evangelista – João Silva)
Mulher comprometida (Antônio Barros e Cecéu)
Facilita (Luiz Ramalho)
08 – Uirapurú (Waldemar Henrique)
09 – No som da sanfona (kaká do asfalto – Jackson do pandeiro)
10 – Essa tal liberdade (Chico Roque – Paulo Sérgio Valle)
11 – Forró do beliscão (Ary Monteiro – João do Vale – Leôncio)
12 – Forró pesado (Lindolfo Barbosa – Assisão)
13 – Fede, mas é gostoso (Durval Vieira – Zé Duarte)
14 – Buli com tú (Cecéu)

Para baixar esse disco,clique aqui

Se estiver com dificuldade para baixar e descompactar os arquivos, tire suas dúvidas em nosso manual “passo a passo”, clique aqui.

CD – Forróçacana – Vamo que vamo

Banda de forró pé-de-serra carioca surgida em 1997, formada por jovens músicos que freqüentavam os forrós do Rio.

No início da carreira tocavam basicamente músicas de Luiz Gonzaga, Jackson do Pandeiro entre outros clássicos da música nordestina, mais tarde passaram a investir na composição de um repertório próprio e original que culminou com a gravação independente desse álbum “Vamo que vamo” em 1999, esse disco seria re-lançado pela Indie records no ano seguinte incluindo uma faixa bônus com uma regravação de “Menina Mulher da Pele Preta”, de Jorge Ben.

Naquela época, o Forróçacana era formado por Mará (sanfona), Duani (voz e percussão), Chris (percussão), Cachaça (violão e cavaquinho), Marquinhos (rabeca) e Cláudio (contrabaixo), posteriormente o baixista foi substituído e um novo percussionista agregado.

No decorrer da carreira, partiram do tradicional forró para mesclá-lo com elementos de choro, samba, salsa, reggae e outros estilos.

Nesse disco o Forróçacana ainda está bem preso à sua origem, o forró pé-de-serra, porém com um enfoque mais urbano e uma roupagem moderna. Músicas de autoria própria com um balanço inconfundível, esse disco, quanto mais passa o tempo, melhor fica.

Forróçacana – Vamo que vamo
1999

01. Suor de pele fina (Cachaça – Duani)
02. Cutuca (Duani)
03. O cabra (Chris – Duani)
04. Encaixe perfeito (Duani – Chris – Paulinho Cruz)
05. Forró horizontal (Duani – Chris)
06. Telepatia no salão (Duani – Chris)
07. Querendo sim (Cachaça)
08. Lelé (Duani)
09. Caraiva (Duani)
10. Brasa (Duani)
11. Doidim (Duani)
12. Rosa amar ela (Marquinhos Moletta)
13. Vamo que vamo(Cachaça)

Para baixar esse disco,clique aqui

Se estiver com dificuldade para baixar e descompactar os arquivos, tire suas dúvidas em nosso manual “passo a passo”, clique aqui.

Quem somos

Somos uma rede filantrópica colaborativa de colecionadores e músicos.

Uma comunidade que se conheceu e se comunica virtualmente, unidos em torno de uma paixão comum, o forró tradicional.

Quer saber mais da nossa história?
Continue navegando neste portal.

Um grade abraço,
DJ Ivan

Facebook