CD – Corindó – Corindó

Cover

Colaboração do Ícaro Faria

“O nome ‘Corindó’ vem de um pássaro que é muito rápido, três vezes mais rápido que a velocidade da luz. Se alimenta basicamente de chocalho, de rabo de cascavel e flash de máquina fotográfica. Por isso que ele nunca foi fotografado. Mas a gente tem certeza que ele existe. A gente tocava antes desse boom que teve no forró.”

Capainterna_Corindo

Banda de Brasilia que fazia um forró experimental, As influências que a gente tem são bem variadas. Desde o death metal, do rock and roll, do jazz, música clássica e da música brasileira. Suas letras focavam em estórias fantasiosas gerando um contexto lúdico para a banda.

FichaCorindo_CD

A primeiro demo da banda lançado em 1999 continha 4 músicas autorais: “Maria Rosa”, “40º terçol do Ceará”, “Cabaraú” e a “Farra do Bode”

Contracapa_Corindo

O primeiro CD da banda foi gravado entre 22/03/2001 e 18/06/2001, e lançado em dezembro do mesmo ano. Possui 13 faixas, sendo 10 autorais (incluíndo as 4 músicas da demo com arranjos diferentes) e 3 regravações (O ovo, É proibido cochilar e O urubu tá com raiva do boi). Produzido por Arthur Maia e Nelsinho Rios, conta com ilustres participações, como: Carlos Malta, Márcio Bahia, Sérgio Chiavazzoli, Jorginho Gomes,entre outros grandes músicos.

Corindó – Corindó
2001

01 A Farra do Bode
02 Osmarim Salgado Doce
03 É Proibido Cochilar
04 Maria Rosa
05 Calango
06 Mulher de Antena
07 Urubu Tá Com Raiva do Boi
08 O Ovo
09 40 Terçol do Ceará
10 Astuto Pato Falante
11 Lilica Zabumbeira
12 Cabaraú
13 Corindó

Para baixar esse disco, clique aqui.

Se estiver com dificuldade para baixar e descompactar os arquivos, tire suas dúvidas em nosso manual “passo a passo”, clique aqui.

CD – Corindó – Demo

Cover

Colaboração do Ícaro Faria

“Segundo os registros históricos de uma tribo totalmente desconhecida e extinta há milênios, os Buriquiçabas, Corindó é o nome de um pássaro muito raro e especial. Não existem registros oficiais que provem realmente a existência do pássaro, apenas uma pedra encontrada em Alto Paraíso – GO. Nessa pedra, inscrita pelos Buriquiçabas, encontra-se toda a lenda do pássaro.

Contracapa_DemoCorindo

O Corindó é um pássaro que voa rápido, muito muito rápido, mas muito mais rápido que a luz. Com toda essa velocidade, o Corindó possui um hábito alimentar bastante peculiar, alimentando-se basicamente de chocalho de rabo de cascavel e flash de máquina fotográfica, sem nunca ter sido picado ou fotografado. Mas o que chamou a atenção da tribo não foi a velocidade do pássaro e sim o seu canto.

E foi tentando imitar o canto do Corindó, que os Buriquiçabas desenvolveram um instrumento de batuque que imitava o seu canto.

Mas como pode um batuque assobiar?”

Infelizmente não sabemos a autoria das faixas.

Corindó – Demo
1999

01 Maria Rosa
02 A Farra do Bode
03 Cabaraú
04 40 Terçol do Ceará

Para baixar esse disco, clique aqui.

Se estiver com dificuldade para baixar e descompactar os arquivos, tire suas dúvidas em nosso manual “passo a passo”, clique aqui.

CD – Forró de Itaúnas – Primeiro Festival

coletacnea-2001-primeiro-festival-de-itaanas-capa

Hoje preparamos um CD que deixa um pouco de lado o pé-de-serra e tende um pouco mais para o lado do “Forró Universitário”. Porém esse é um trabalho importantíssimo para entender o movimento do forró aqui pelo sudeste.

coletacnea-2001-primeiro-festival-de-itaanas-bandas-no-bar-forra

Há mais de uma década, estudantes da USP começaram a organizar festas com o forró, quem tocava nessas festas era o Trio Virgulino. Com o tempo as festas foram crescendo e várias casas do gênero foram abrindo.

coletacnea-2001-primeiro-festival-de-itaanas-berao

Quando o movimento já estava estabelecido nas capitais do sudeste, sustentado por estudantes universitários foi “descoberto” Itaúnas, uma vilazinha no norte do Espírito Santo. Hoje em dia Itaúnas é considerada a capital do forró do sudeste.

coletacnea-2001-primeiro-festival-de-itaanas-bandas-no-buraco-do-tata

Em 2001 a cidade preparou o primeiro Festival de Forró de Itaúnas, para aquecer um pouco mais o forró no meio do ano. E esse CD que postamos aqui hoje é o resultado desse primeiro festival, com as 13 bandas melhores classificadas.

coletacnea-2001-primeiro-festival-de-itaanas-veso

Encontramos nesse CD grandes clássicos, que são cantados pelas bandas até hoje, como “Pássaro Preto” do Trio Lubião a música vencedora do festival. Temos também “Saudades de Itaúnas” da banda Forró MandaChuva e “Terrinha” da Banda Pé no Chão, hoje o Bando de Maria.

Forró de Itaúnas – Primeiro Festival
Candeeiro – 2001

#01. Passáro Preto – Trio Lubião (Leonardo Junqueira)
#02. Osmarim salgado doce – Corindó (Leandro Ambrósio – Ítalo Haver)
#03. Vem cá – Forró de Saia (Carlinhos Axé – Antonio Carlos)
#04. Saudade de Itaúnas – Forró MandaChuva (Luciana Lima)
#05. Terrinha – Banda Pé no Chão (Thiago Mazzilli)
#06. Lembrança da casinha – Xote de Colo (João Henrique)
#07. Jerimum em Itaúnas – Trio Jerimum (Zecimar, Miudinho – Ratinho)
#08. Vento dos sonhos – Banda Cataia (Rodrigo Fonseca)
#09. Recomeço – Banda Bagana (Robson Guedes)
#10. Xote de Itaúnas – Banda Karalarga (Jeffinho)
#11. Te encontrar – Cipó Cravo (Alysson – Leo)
#12. Da cor brasileira – Trio Girassol (Beto Pepe)
#13. Vida seca – Banda Pizindim (Tina Dias)

Para baixar esse disco, clique aqui.

Se estiver com dificuldade para baixar e descompactar os arquivos, tire suas dúvidas em nosso manual “passo a passo”, clique aqui.

Quem somos

Somos uma rede filantrópica colaborativa de colecionadores e músicos.

Uma comunidade que se conheceu e se comunica virtualmente, unidos em torno de uma paixão comum, o forró tradicional.

Quer saber mais da nossa história?
Continue navegando neste portal.

Um grade abraço,
DJ Ivan

Facebook