Caxangá – O maior repentista do Brasil

caxanga-o-maior-repentista-do-brasil-capa

Colaboração do Jorge Paulo, um raro LP do Caxangá, creio que da década de 1960. Uma verdadeira viagem no tempo, com canções que todos saberiam cantar pois absorvem letras de cantigas de roda.

caxanga-o-maior-repentista-do-brasil-selo-acaxanga-o-maior-repentista-do-brasil-selo-b

O pouco que descobri sobre o Caxangá, é que era um repentista mineiro. Neste álbum, um belo acompanhamento para sua voz forte, afinada e ritmada, em canções que abrangem diversos ritmos, em arranjos simples e de altíssima qualidade.

caxanga-o-maior-repentista-do-brasil-verso

Destaque para “Súplica cearense” de Gordurinha, para “Por essas e outras” de Elias Soares e para “Tô roendo” de Vicente Lima e Teófilo Azevedo.

Caxangá – O maior repentista do Brasil
Bemol

01 Súplica cearense (Gordurinha)
02 Oi sabiá (Jadir Ambrósio – Caxangá)
03 Por essas e outras (Elias Soares)
04 Jogo proibido (Jadir Ambrósio)
05 A lua quando brilha (Caxangá – José Raimundo Machado)
06 Sou ferreiro marcineiro carapina (Caxangá)
07 Quixabeira (Hervê Clodovil)
08 Tres Marias (Geraldo Nunes)
09 Cada coisa em seu lugar (Waldir Silva)
10 Mãe d´água (Waldomiro Constant)
11 Tô roendo (Vicente Lima – Teófilo Azevedo)
12 Tempo de menino (Jair Silva – Henrique de Almeida)

Para baixar esse disco, clique aqui.

Se estiver com dificuldade para baixar e descompactar os arquivos, tire suas dúvidas em nosso manual “passo a passo”, clique aqui.

post image

Trio Luar do Sertão – Os brasas do xaxado

trio-luar-do-sertao-os-brasas-do-xaxado-capa

Colaboração do DJ Thomaz, de São Paulo – SP. Esse disco ele tinha prometido já há algum tempo e finalmente agora podemos ouví-lo e degustá-lo.

Para levantar as informações abaixo, tive a oportunidade de conversar com o sanfoneiro Bacural, que atualmente toca no trio ‘Os Filhos do Nordeste’.

trio-luar-do-sertao-os-brasas-do-xaxado-sela-atrio-luar-do-sertao-os-brasas-do-xaxado-selo-b

Bacural, conhecido como compositor por Severino Sérgio, já teve algumas músicas de sua autoria gravadas por Adolfinho e Abdias, por exemplo.
Amigo de infãncia de Zé Pacheco, ambos imigrantes que, no final da década de 1950, chegaram ao Rio de janeiro, ainda crianças e vindos da Paraíba. Bacural é de Alagoa Grande e Pacheco de Rio Tinto.

O Trio Luar do Sertão existiu durante aproximadamente dois anos, no final da década de 1960 e início da década de 1970. Eles acompanhavam Genival Lacerda, que já era ídolo na época, em seus shows, o que lhes abriu a oportunidade de gravar esse disco, que é o único do trio.

O trio era formado por Bacural (zabumba), Zé Palito (triângulo) e Zé Pacheco (voz e sanfona), e foi esse sanfoneiro, José Pacheco Marinho filho, que se tornaria base para a formação um outro trio, que em 1973, ficaria famosíssimo em todo Brasil: ‘Os 3 do nordeste’.

trio-luar-do-sertao-os-brasas-do-xaxado-verso

Produção artística de Genival Lacerda, que também tem diversas das composições do álbum. O disco foi gravado em São Paulo – SP, em um estúdio que era do Venâncio. Um belo LP, é como se fosse um disco antigo do Genival, só que com a voz do Zé Pacheco, um registro único.

Destaque para “Tomaram meu amor” de Genival Lacerda e Antonio Clemente e para “Casa com ela Zé” de autoria de Zé da Ema e Genival Lacerda.

Trio Luar do Sertão – Os brasas do xaxado
1968 – Bemol

01 Forró na Bahia (Eufrásio de Souza – Genival Lacerda)
02 Tomaram meu amor (Genival Lacerda – Antonio Clemente)
03 Casa com ela Zé (Zé da Ema – Genival Lacerda)
04 Coco do Mané (Ataide Pereira – Zequinha)
05 Se o rojão não subir (Sebastião Soares – J.B. de Azevedo)
06 Horizonte do nordeste (Joca de Castro – Genival Lacerda)
07 Maria sanfoneira (Marti Campos)
08 Xaxado no sertão (Genival Lacerda – Ary Monteiro)
09 Psicose no coco (Tito de Souza – Alexandre Alves)
10 Xaxado no Ceará (Genival Lacerda – Severino Alves de Souza)
11 Cumpadre de São João (Buco do Pandeiro – New Carlos)
12 Coco diferente (Buco do Pandeiro – Genival Lacerda)

Para baixar esse disco, clique aqui.

Se estiver com dificuldade para baixar e descompactar os arquivos, tire suas dúvidas em nosso manual “passo a passo”, clique aqui.

Quem somos

Somos uma rede filantrópica colaborativa de colecionadores e músicos.

Uma comunidade que se conheceu e se comunica virtualmente, unidos em torno de uma paixão comum, o forró tradicional.

Quer saber mais da nossa história?
Continue navegando neste portal.

Um grade abraço,
DJ Ivan

Facebook