post image

Lurdinha – Clarão da lua

Pouco consegui descobrir sobre a Lurdinha.

Esse é o único disco que conhecemos dela.

Se alguém tiver informações sobre ela, por favor, envie pra gente.

Lurdinha – Clarão da lua
1982 – Asa Branca Discos

01. Clarão da lua (Zé Lagoa / Geraldo Nunes / Índio)
02. Saudade danada (Zé Lagoa / Beto Maia / Potyguar)
03. Sonho de amor (Beto Maia / Lurdinha)
04. Encontro (Geraldo Nunes / João Caetano / Cézar do Acordeom)
05. O canto da siriema (Potyguar / Zé Lagoa / Abel Pereira)
06. Eu tenho muitas maneiras (Beto Maia / Zé Lagoa / Potyguar)
07. Experiência (Anastácia / Italúcia)
08. Coração vazio (Lurdinha / Marlúcia)
09. Força do leão (Durval Vieira / Zé Lagoa)
10. Nunca mais faço Promessa (Raimundo Batista / Zé Lagoa / Potyguar)
11. Convencido (Kazinho / Lurdinha)

Para baixar esse disco, clique aqui.

Se estiver com dificuldade para baixar e descompactar os arquivos, tire suas dúvidas em nosso manual “passo a passo”, clique aqui.

Aldair Soares – Canta sua terra natal Rio das Quintas

Aldair Soares, nascido Aldair Alice Soares, em 04/05/1929, em Pedro Velho – RN. Iniciou a carreira na Rádio Poti, de Natal, foi para o Rio de Janeiro onde passou a se apresentar na Rádio Nacional.

Gravou seus primeiros 78rpm no início da década de 1950. Ficou conhecido como “O pau-de-arara”, devido ao transporte que o levou para o Rio de Janeiro.

Gravou alguns sucessos que todo forrozeiro sabe de cabeça, como “Pé do lajero” e “Moinho d´água”, em suas primeiras gravações, ainda em 78 rpm.

Neste álbum, de 1978, lançado pelo selo ‘Asa Branca’ que era um dos selos do Grupo RGE/Fermata, destaque para “Morena do grotão” de José Cândido e João do Vale.

Aldair Soares – Canta sua terra natal Rio das Quintas
1978 – Asa Branca

01 Rio das quintas (Enok Figueiredo – Aldair Soares)
02 Assum preto (H. Teixeira – Luiz Gonzaga)
03 Quem tem amor tem ciúmes (José Candido)
04 Espera Maria (Luiz Bandeira – Alberto Lopes)
05 Apelo ao vento (José Candido – Oswaldo Eurico)
06 Sabina meu xodó (Enok Figueiredo)
07 lá vem o gado (Guaracy Picado – Roberto Ney)
08 Canção do vaqueiro (Enok Figueiredo – Aldair Soares)
09 Saudade de Maceió (Jorge de Castro – Catulo de Paula)
10 Ondas do mar (Aldair Soares – José Percy)
11 O verbo amar (Dinamor – Enok Figueiredo)
12 Morena do grotão (José Candido – João do Vale)

Para baixar esse disco, clique aqui.

Se estiver com dificuldade para baixar e descompactar os arquivos, tire suas dúvidas em nosso manual “passo a passo”, clique aqui.

Zé Henrique – Já estou chegando

Essa é uma colaboração do José Everaldo Santana, ele mandou as seguintes informações sobre o Zé Henrique:

“O Zé Henrique iniciou a sua carreira tocando 8 baixos nos salões de forró em São Paulo mais especificamente no salão “Asa Branca” que ficava no bairro de Pinheiros em São Paulo. “Zé Lagoa”, um conhecido emprésário e dono de Salões de forrós da época foi quem produziu este seu primeiro LP.

Hoje o Zé Henrique é Técnico afinador de sanfonas, e um dos poucos que sabe fazer afinação transportada de 8 baixos; foi ele quem afinou o meu 2º. 8 baixos. Atualmente reside em Guaianazes na Grande são Paulo, e tem um conjunto de forró com o qual se apresenta em Shows.”

Um disco instrumental de oito baixos, com bastante virtuosismo por parte do tocador. Produção de Pedro Sertanejo.

Zé Henrique – Já estou chegando
1982 – Asa Branca Discos

01. Chinelo maluco (Zé Henrique / Pé Duro dos 8 Baixos)
02. Macho dos oito baixos (Zé Henrique / Potyguar)
03. Já estou chegando (Zé Henrique / Abel Pereira)
04. Querendo chegar (Zé Henrique / Potyguar)
05. Tocador famoso (Zé Henrique / Pedro Sertanejo)
06. Folha seca (Zé Henrique / Zé Lagoa)
07. Forró no Zé Lagoa (Zé Henrique / Zé Lagoa)
08. Forró no minador (Zé Henrique / Toninho Ribeiro)
09. Candade de Ipirá (Zé Henrique / Matheus Gualda)
10. De Feira de Santana a Salvador (Zé Henrique / Carlos César)
11. Forró dengoso (Zé Henrique / Flávio Lima)
12. Naquela noite (Zé Henrique / Pedro Sertanejo)

Para baixar esse disco, clique aqui.

Se estiver com dificuldade para baixar e descompactar os arquivos, tire suas dúvidas em nosso manual “passo a passo”, clique aqui.

Quem somos

Somos uma rede filantrópica colaborativa de colecionadores e músicos.

Uma comunidade que se conheceu e se comunica virtualmente, unidos em torno de uma paixão comum, o forró tradicional.

Quer saber mais da nossa história?
Continue navegando neste portal.

Um grade abraço,
DJ Ivan

Facebook