Foto – Ze Marcolino

Ze Marcolino

*foto originalmente publicada no livro “O Fole Roncou”, de Carlos Marcelo e Rosualdo Rodrigues.

CD – Zé Marcolino – Pedra de amolar

za-marcolino-cp

Colaboração do Nilson Araújo, da Sala Nordestina de Música.

“CD independente idealizado e produzido pela paraibana Socorro Lira dentro do Projeto Memória Musica da Paraíba vol 2, onde conta material inédito, inclusive com voz do poeta Zé Marcolino falando sobre intérpretes para algumas músicas.

Olha o time de canta as pérolas do poeta: Socorro Lira, Dominguinhos, Flávio José, Maria da Paz, Vital Farias, Fátima e Bira Marcolino, Miguel Marcondes, Luíz Homero, Irah Caldeira, Marinês (por sugestão do próprio Zé Marcolino quando da criação da música), Maciel Melo, Kátia Virginia, Gláucio Costa, Quinteto Violado, Santanna, e o próprio Zé Marcolino.

za-marcolino-aaza-marcolino-sl

Um resgate fantástico graças a colaboração da família Marcolino.
Os dizeres de Assis Ângelo e da própria Socorro dizem tudo sobre essa obra.

za-marcolino-ccp

É um CD dificílimo. Para você ter uma idéia, a família, através da Fátima Marcolino, nem dispõe mais desse CD, para distribuição, claro, a não ser o do acervo pessoal.
Em loja de CDs na região, é feito pé de cobra. ninguém vê.”

Zé Marcolino – Pedra de amolar
2004

01 Pedra de amolar (Zé Marcolino) Socorro Lira – Baião
02 Sertanejo forçado (Zé Marcolino) Dominguinhos – Baião
03 Rio da barra (Zé Marcolino) Flávio José – Xote
04 Casa de cantador (Zé Marcolino) Maria da Paz – Toada
05 Toada de Filismina (Zé Marcolino) Vital Farias e Fátima Marcolino – Toada
06 Eu e o carão (Zé Marcolino) Miguel Marcondes e Luíz Homero – Recitativa
07 Ciúmes da Lua (Zé Marcolino) Irah Caldeira – Modinha
08 Cabocla matadeira (Zé Marcolino) Zé Marcolino e Bira Marcolino – Baião
09 Solidão de cabôclo (Zé Marcolino) Marinês – Baião
10 Flor do pajeu (Zé Marcolino) Maciel Melo – Baião
11 Mulher carente (Zé Marcolino) Kátia Virginia – Samba
12 Forró do fuzuê (Zé Marcolino) Gláucio Costa – forró
13 Semelhança (Zé Marcolino) Bira Marcolino – Samba
14 Mulher esperança (Zé Marcolino) Quinteto Violado – Marcha
15 Obrigado, meu Deus (Zé Marcolino) Santanna – Chorinho canção

Para baixar esse disco, clique aqui.

Se estiver com dificuldade para baixar e descompactar os arquivos, tire suas dúvidas em nosso manual “passo a passo”, clique aqui.

Zé Marcolino

marcolino-e-manoel-fila

*Acima Zé Marcolino e Manoel Filó

za-marcolino

za-marcolino-vestido-de-cangaceiro-em-1978

*Fotos enviadas pelo Jairo Melo, de Vicência – PE.

Zé Marcolino – Sala de reboco

dsc05240

Na semana passada, recebemos do amigo “Nordestino” alguns discos, um pernambucano que prefere ficar no anonimato, e que, numa atitude nobre, tirou do anonimato um disco bastante raro, além de ser belíssimo. O nosso colaborador virtual “Nordestino” escreveu as seguintes palavras:

“Zé Marcolino foi um grande compositor, principalmente com músicas cedidas à Luiz Gonzaga. Ele nasceu em Sumé, na Paraíba. Depois foi morar em Serra Talhada – PE. Faleceu em acidente automobilístico, acho que nos anos 80… Esse é o único disco gravado por ele (com acompanhamento do Quinteto Violado) é uma raridade. Parece que só foram feitas 1000 cópias”

Zé Marcolino ficou conhecido como o poeta de Sumé – PB, nascido José Marcolino Alves, em 28/6/1930. Cantava nas festas de sua cidade natal, trabalhou como carpinteiro, barbeiro e vaqueiro, entre outras atividades. Fazia músicas e sonhava em poder mostrá-las para Gonzagão.

dsc05241

Em 1961, conheceu- o em Sumé, mostrou-lhe algumas e foi convidado para ir ao Rio de Janeiro. Lá produziu, pela RCA, junto com o Rei, o LP “Ô véio macho” que contém seis composições suas, além de tocar gonguê no disco.

Seu maior sucesso, o xote “Sala de reboco”, tem mais de 30 regravações. Além de Luiz Gonzaga, teve suas músicas gravadas por artistas como Trio Nordestino, Dominguinhos, Assisão, Genival Lacerda e Ivan Ferraz, entre outros.

Produção artística do Quinteto violado, direção musical de Toinho Alves, gravado nos estúdios Rozemblit em Recife – PE e sanfonas de Pinto do acordeon e Arlindo. Destaque para “Santo fingido” e “Morena feiticeira”.

Zé Marcolino – Sala de reboco
1983 – Chantecler

01 Numa sala de reboco (José Marcolino – Luiz Gonzaga)
02 Santo fingido (José Marcolino)
03 Flor de camarú (José Marcolino)
04 Rainha do Moxotó (José Marcolino)
05 Morena feitiçeira (José Marcolino – Maria Rita)
06 Baiana cheirosa a côco (José Marcolino)
07 Eu e ela na fogueira (José Marcolino)
08 Pássaro fura barreira (José Marcolino – Dero)
09 Louvação ao inverno (José Marcolino)
10 Côco paraibano (José Marcolino)
11 Pássaro carão (José Marcolino – Luiz Gonzaga)

Para baixar esse disco, clique aqui.

Se estiver com dificuldade para baixar e descompactar os arquivos, tire suas dúvidas em nosso manual “passo a passo”, clique aqui.

Quem somos

Somos uma rede filantrópica colaborativa de colecionadores e músicos.

Uma comunidade que se conheceu e se comunica virtualmente, unidos em torno de uma paixão comum, o forró tradicional.

Quer saber mais da nossa história?
Continue navegando neste portal.

Um grade abraço,
DJ Ivan

Facebook