Chiquinho do acordeon – Chiquinho do acordeon

Essa é mais uma colaboração do sanfoneiro PC, músico, forrozeiro, pesquisador e aficcionado por músicas instrumentais. Embora não seja um disco específicamente de forró, esse instrumentista foi o músico que mais participou das gravações de forró durante sua época de ouro. Sendo assim, acreditamos que vale a pena ouvir esse disco, mesmo para os forrózeiros mais fundamentalistas, pela beleza de seus fonogramas.

Romeu Seibel, ou apenas, Chiquinho do Acordeon, nascido em 07/11/1928, em Santa Cruz do Sul, estado do Rio Grande do Sul. Chiquinho aprendeu a tocar acordeon ainda em criança. Em 1950, fez suas primeiras gravações em disco. Fez parte do “Trio Surdina” a partir de 1952, com Fafá Lemos (violino) e Garoto (violão).

Em 1953, passou a fazer parte da orquestra da Rádio Nacional. Neste mesmo ano, criou o grupo “Chiquinho e seu Conjunto”, com o qual apresentou-se até a década de 1990 e gravou alguns discos. Fez parte do “Sexteto de Radamés Gnattali”, com o qual excursionou pela Europa em 1960. Entre 1963 e 1967 foi diretor musical da TV Excelsior.

Outro grande acordeonista (e compositor), Dominguinhos, homenageia o mestre na faixa “Sapoti”, de sua autoria.

Chiquinho do Acordeon
1989 – Visom

01. Frevendo (Aécio Flávio)
02. Amo (Aécio Flávio)
03. Nem pra voz nem pra sopro (Roberto Menescal)
04. Sue Ann (Tom Jobim)
05. Barroquinho (Sebastião Tapajós – Simon Khoury)
06. Sapoti (Dominguinhos)
07. Sax em branco e preto (Jota Morais)
08. Velho arvoredo (Hélio Delmiro)
09. Catedral (Marcos Valle)
10. Alfa e Ômega (Rildo Hora – Affonso Romano de Sant’Anna)

Para baixar esse disco, clique aqui.

Se estiver com dificuldade para baixar e descompactar os arquivos, tire suas dúvidas em nosso manual “passo a passo”, clique aqui.

Quem somos

Somos uma rede filantrópica colaborativa de colecionadores e músicos.

Uma comunidade que se conheceu e se comunica virtualmente, unidos em torno de uma paixão comum, o forró tradicional.

Quer saber mais da nossa história?
Continue navegando neste portal.

Um grade abraço,
DJ Ivan

Facebook