Tenente Jesus e sua gente – Forró bom que doi

Esse é um disco que se dependesse da capa, muito provavelmente ele teria ficado lá na prateleira do sebo. Eu estava passando pelo centro e Sampa, junto com meu camarada DJ Vinícius de BH, e encontrei esse disco.

De cara parece um disco de músicas juninas, quando olhei as músicas e a participação especial, resolvi tentar ouvir o disco antes de trazê-lo pra casa. Felizmente nesse sebo específicamente o dono é gente boa e deixou um toca discos lá pra galera conferir antes de comprar.

Ouvi a primeira faixa e resolvi pegar o disco, afinal de contas, só havia ouvido a voz do José do Patrocínio em algumas coletâneas. As duas faixas iniciais são cantadas pelo José do Patrocínio, um xote e um samba.

De forró temos o “Forró em Copacabana” e “Brasa no teclado”, mas vale a pena ouvir o disco todo pelos choros e sambas que aqui estão, além dos boleros, valsas e xotes, é claro.

Tenente Jesus e sua gente – Forró bom que doi
1973 – Itamaraty

* 01. Chamego da mulata (José H. Patrocinio – Raimundo alves)
* 02. Gosto do que não presta (Raimundo alves – M. J. Pereira)
* 03. Tenente no choro (Raimundo Alves – tenente do acordeon)
* 04. Forró em Copacabana (Coronel Narcizinho – Raimundo Alves)
* 05. Valsa do amor (Ataide Pereira – M. J. Pereira)
* 06. Sensação (Laesso Miranda – Raimundo alves)
* 07. Tenho lembrança (Raimundo alves – M. J. Pereira)
* 08. Apesar de não merecer (Otavio Crim – Raimundo Alves)
* 09. Quantas noites (Raimundo Alves – Chandico)
* 10. estou apaixonado (Raimundo Alves – Antonio Passo)
* 11. Vou deitar (Raimundo alves – M. J. Pereira)

Para baixar esse disco, clique aqui.

Se estiver com dificuldade para baixar e descompactar os arquivos, tire suas dúvidas em nosso manual “passo a passo”, clique aqui.

Quem somos

Somos uma rede filantrópica colaborativa de colecionadores e músicos.

Uma comunidade que se conheceu e se comunica virtualmente, unidos em torno de uma paixão comum, o forró tradicional.

Quer saber mais da nossa história?
Continue navegando neste portal.

Um grade abraço,
DJ Ivan

Facebook