Edmilson do Pife – Edmilson do Pife

Colaboração do Jorge Paulo, o Bandeirante do Norte

Um disco muito bom pra se dançar do início ao fim, composto por músicas instrumentais, um belo regional com sanfona acompanhando o pífe mágico de Edmilson. Gravado em São Paulo – SP, com participação especial de João Pífano.

Edmilson do Pife – Edmilson do Pife
1992 – Chororo

01 Xaxando com o pé (Edmilson)
02 Forró no sítio (Edmilson)
03 Forró em menor (Edmilson – Ratinho do Acordeon)
04 Arrasta pé no Asa Branca (Edmilson – Bil do Pífano)
05 Toque do pífano (Edmilson)
06 Forró ligeiro (Edmilson)
07 Forró com graça (Edmilson)
08 Marchinha das coroas (Edmilson – Joel Garcia)
09 Psicodélico (Edmilson – João Pífano)
10 Só faço assim (Edmilson – João Pífano)

Para baixar esse disco, clique aqui.

Se estiver com dificuldade para baixar e descompactar os arquivos, tire suas dúvidas em nosso manual “passo a passo”, clique aqui.

post image

Edmilson do Pife – Morena no balançado

Colaboração do sergipano Everaldo Santana

Os discos do Edmilson são todos raros, pois suas tiragens nunca foram muito grandes.

Direção e coordenação de Zezinho Barros, arranjos e acordeons de Nivaldo do Piauí, participação especial de Téo Azevedo, destaque para “Morena no balançado” de Anastácio do Rojão e Edmilson do Pife.

Edmilson do Pife – Morena no balançado
1993 – JBS

01 – Regeitado aperriado (Téo Azevedo)
02 – Pifemania (Téo Azevedo)
03 – Morena no balançado (Anastácio do Rojão – Edmilson do Pife)
04 – Forró com harmonia (Ratinho – Edmilson do Pife)
05 – Mexe pra valer (Anastácio do Rojão – Edmilson do Pife)
06 – Porfia de calango (Téo Azevedo – Edmilson do Pife)
07 – Saudade de Manézinho Araújo (Téo Azevedo)
08 – Não voltou pra mim (Edmilson do Pife)
09 – Dance menina (Edmilson do Pife)
10 – Arrastapé no pife (Edmilson do Pife)

Para baixar esse disco, clique aqui.

Se estiver com dificuldade para baixar e descompactar os arquivos, tire suas dúvidas em nosso manual “passo a passo”, clique aqui.

CD – Edmilson do Pífano – Soprando no canudinho

edmilson-do-pafano-capa

Pra abrir essa postagem, ai vão duas frases do Zé da Flauta, produtor desse disco.

“Pífano, pífaro e pife são a mesma coisa. Um instrumento de influência indígena feito de taboca, uma espécie de bambu, com sete orifícios, um para soprar e seis para dedilhar.”

“As maiores características do tocador de pife é ser humilde e não entender nada de música. Faz por pura intuição e inspiração. Edmílson do Pífano, um dos maiores tocadores que eu conheço, me disse que fazia música no ônibus, quando viajava e via as músicas passando pela janela.”
(Veja o texto na íntegra)

edmilson-do-pafano-encarte

“Filho de uma família onde todos tocam pífano, ele se destaca por suas composições lindas e ingênuas, de grande valor musical e as vezes dificílimas de se tocar em tal instrumento” (Trecho do encarte)

edmilson-do-pafano-verso

Esse é o terceiro trabalho de Edmilson do Pífano, nascido em Lajedo – PE, gravado, produzido e mixado por Zé da Flauta. Eu tinha essa gravação desde o século passado, mas não tinha o CD original. Quem me apresentou esse som foi o Xeleléu, do Rio de Janeiro – RJ, aquele cujo lugar está garantido.

Edmilson do Pífano – Soprando no Canudinho
1997

01 – Forró de dois amigos (Edmilson do Pífano – Ratinho dos oito baixos)
02 – Forró em menor (Edmilson do Pífano)
03 – Arrasta pé no Asa Branca (Edmilson do Pífano)
04 – Xote gaucho (Edmilson do Pífano)
05 – Soprando no canudinho (Edmilson do Pífano)
06 – Forró na casa grande (Edmilson do Pífano)
07 – Ema chorosa (Edmilson do Pífano)
08 – Xaxado com o pé (Edmilson do Pífano)
09 – Marchinha das coroas (Edmilson do Pífano)
10 – Menina dengosa (Edmilson do Pífano)

Esse disco está fora de catálogo, para baixá-lo, clique aqui.

Se estiver com dificuldade para baixar e descompactar os arquivos, tire suas dúvidas em nosso manual “passo a passo”, clique aqui.

Quem somos

Somos uma rede filantrópica colaborativa de colecionadores e músicos.

Uma comunidade que se conheceu e se comunica virtualmente, unidos em torno de uma paixão comum, o forró tradicional.

Quer saber mais da nossa história?
Continue navegando neste portal.

Um grade abraço,
DJ Ivan

Facebook