post image

Compacto – Demônios da garoa – Apaga o fogo Mané

compacto-demanios-da-garoa-apaga-o-fogo-mana-capa

Embora não seja nosso foco de trabalho, ouvi dizer que quem não gosta de samba ou é ruim da cabeça ou é doente do pé.

Sendo assim, quando me deparei com esse compacto raríssimo dos “Demônios da Garoa”, não resisti e comprei-o. Aqui tem um pouco de samba de primeira, só pra deixar com vontade.

compacto-demanios-da-garoa-apaga-o-fogo-mana-selo-acompacto-demanios-da-garoa-apaga-o-fogo-mana-selo-b

Eles surgiram no início da década de 1940, sob o nome de “Grupo do Luar”. Após um concurso entre os ouvintes da rádio, para que fosse escolhido o novo nome para o grupo, foi eleito o nome “Demônios da Garoa”.

Em 1949, conheceram o compositor Adoniran Barbosa, ali nascera a parceria que rendeu os principais sucessos do grupo e seu reconhecimento nacional. O bom humor tornou-se a marca registrada do grupo, que vendeu mais de dez milhões de cópias distribuídos em 69 compactos simples, 06 compactos duplos, 34 LPs e 13 CDs ao longo de sua carreira.

compacto-demanios-da-garoa-apaga-o-fogo-mana-verso

Em 1994, os Demônios da Garoa entraram para o Guinness Book – Livro dos Recordes Brasileiro, como o “Conjunto vocal mais antigo do Brasil em atividade”, além de receberem o disco de ouro pelo álbum 50 Anos.

O destaque fica para a letra de uma das músicas mais bonitas e tristes que eu conheço, “Apaga o fogo Mané”, um samba de autoria de Adoniran Barbosa.

Compacto – Demônios da garoa – Apaga o fogo Mané

01 Canção do fim – Make my love (V. Minicci – Roy Jordan) versão: Paulo Rogério
02 Apaga o fogo Mané – Samba (Adoniran Barbosa)

Para baixar esse disco, clique aqui.

Se estiver com dificuldade para baixar e descompactar os arquivos, tire suas dúvidas em nosso manual “passo a passo”, clique aqui.

Quem somos

Somos uma rede filantrópica colaborativa de colecionadores e músicos.

Uma comunidade que se conheceu e se comunica virtualmente, unidos em torno de uma paixão comum, o forró tradicional.

Quer saber mais da nossa história?
Continue navegando neste portal.

Um grade abraço,
DJ Ivan

Facebook