Coronel Narcisinho – Coronel Narcisinho e sua gente

capa

Colaboração do Jonathas Pasternack, de São Paulo – SP

selo-aselo-b

“Segue um disco do Coroné Narcisinho.

Desse LP não consegui nenhuma informação sobre a data de lançamento e de quem interpreta algumas faixas.”

verso

Destaco a faixa “Ai Maria” de Ataide Pereira e Cel. Narcizinho”


RVM

01 – Gotas Perdidas (Ataide Pereira – Zito de Souza)
02 – Fruto Proibido (Paulista – Nilton Canhoto)
03 – O Canto de Iemanjá (Nelson Guimarães)
04 – A Vida é Assim (Nelson Guimarães – Niquinho)
05 – Vem Meu Amor (Ana Maria Narcisinho)
06 – O Broto e o Carango (Carlos Humberto – Ana Maria)
07 – Amor Vem da Sorte (Cel. Narcisinho – Pereirinha)
08 – Ai Maria (Ataide Pereira – Cel. Narcisinho)
09 – Flor do Maracujá (Poema – Luiz e Blecia)
10 – Já Vem São João (Edvaldo Amaro das Chagas)
11 – Dor do Amor (Edvaldo Amaro das Chagas)

Para baixar esse disco, clique aqui.

Se estiver com dificuldade para baixar e descompactar os arquivos, tire suas dúvidas em nosso manual “passo a passo”, clique aqui.

Coletânea – Os guardiões da música sertaneja

capa

Colaboração do Jhonatas Pasternack, de São Paulo – SP.

selo-aselo-b

“Agora vai uma coletânea regional de música sertaneja com duas faixas cantadas pelo Coronel Narcizinho.

verso

Destaque para ‘Ai Piauí’ e ‘Meu Sertão’, ambas de Antonio Milano, Hamilton de Oliveira e Narcizinho”

Coletânea – Os guardiões da música sertaneja
1982 – Chantecler

01. Ser Brasileiro (Pacheco / Érico Ramos de Oliveira) Pacheco e Gegê da Viola
02. Ciganinha (Horizonte) Paulo Bob
03. Moda Nova (Mulher da Perna Fina) (Elias Soares / Benedito Nunes) O Poeta da Viola
04. Recordando Minas (Rancho Velho / Carlos Marinho) Rancho Velho e Nhá Chica
05. Vou Para Um Planeta Diferente (Zé Pitanga / Horizonte) Zé Pitanga
06. Ai Piauí (Antônio Miliano / Hamilton de Oliveira / Narcizinho) Coronel Narcizinho
07. Navegando (Pereirinha) Pereirinha
08. Papagaiada (Zé Pitanga / Pereirinha) Zé Pitanga
09. O Que Eu Queria (Anísio Silva / Luiz Carlos de Morais) Speed Luiz
10. Meu Sertão (Antônio Miliano / Hamilton de Oliveira / Coronel Narcizinho) Coronel Narcizinho
11. Distância (Ela Está Tão Longe) (Rossini Pinto) Paulo Bob
12. Homenagem a Jucelino (Rancho Velho / Horizonte) Rancho Velho e Nhá Chica
13. Me Deixe Em Paz (Pacheco / Antônio A. Ribeiro) Pacheco e Gegê da Viola
14. Chiquitinha (Armando Nunes / Hamilton de Oliveira) O Poeta da Viola

Para baixar esse disco, clique aqui.

Se estiver com dificuldade para baixar e descompactar os arquivos, tire suas dúvidas em nosso manual “passo a passo”, clique aqui.

Coroné Narcisinho – Forró do Serrado

capa

Colaboração do João Carlos Almeida, de Brasília – DF

seloaselob

“Me lembro de ter lido que havia o Narcizinho e o Narcisinho, dois artistas diferentes.
Quando peguei este disco me lembrei do disco do Narcizinho Forró no Cerrado, este é do Narcisinho e se chama Forró do Serrado.
Além desta relação dos títulos e dos artistas, na ficha técnica consta o Coronel Narcizinho como ‘Produção’.”

verso

Gravado em Brasília – DF.

Coroné Narcisinho – Forró do Serrado
1969 – Itamaraty

01. Lindo Papel (Antônio Bispo)
02. Juventude Atual (Chico Trajano / Antônio Bispo)
03. O Juana (Zé Xaxado / Aldo Silva)
04. Esta Valsinha (Osvaldo Barbosa / Coronel Narcizinho)
05. Karimbó do Cirimbó (Ogum Lutador) (Antônio Bispo / Geraldo Eleutério “Vira vira”)
06. Saudade (Catulo da Paixão Cearense)
Poema Fundo musical: Alma de acordeom (Albino Manique)
07. Jardim do Amor (Lindolfo Barbosa / Antônio Ceará)
08. Namorada de João (Antônio Bispo)
09. Te Juro (Antônio Bispo)
10. Terra de Mafrense (Manoel Campelo / Coronel Narcizinho)
11. Chicá (Pompilio Diniz)
Poema Fundo musical: Luar do Sertão (Catulo da Paixão Cearense)

Para baixar esse disco, clique aqui.

Se estiver com dificuldade para baixar e descompactar os arquivos, tire suas dúvidas em nosso manual “passo a passo”, clique aqui.

Quem somos

Somos uma rede filantrópica colaborativa de colecionadores e músicos.

Uma comunidade que se conheceu e se comunica virtualmente, unidos em torno de uma paixão comum, o forró tradicional.

Quer saber mais da nossa história?
Continue navegando neste portal.

Um grade abraço,
DJ Ivan

Facebook