post image

Coletânea – Festival Rootstock 2017 – Homenagem a Marinês

capa

Coletânea gravada ao vivo durante o Festival Rootstock 2017, em homenagem a Marinês.

Agradecimento super especial ao Maestro Marcos Farias, idealizador da homenagem.

Ficha técnica:
Produção executiva: Ivan Dias
Seleção de repertório: DJ Vhinny
Captação: Bruno (Equipe ZBM)
Tratamento, mixagem e masterização: Maestro Omar Campos
Overdub: Thiaguinho dos Santos (Cavaco); Abner Brasil (Percussão); Vitor Diniz (Flauta Transversal); Omar Campos (Baixo e Guitarra), Jorge Donadeli (Acordeon); Omar, Jorge e Ivan (Corais).
Arte: Yuri Leite.

Coletânea – Festival Rootstock 2017 – Homenagem a Marinês
2017

01 Trio Xamego – Se lembra coração (Luiz Fidélis – Ferreira Filho)
02 Nando Nogueira – Forró das comadres (João Silva)
03 Edson Duarte – Meu Cariri (Rosil Cavalcanti – Dilú Melo)
04 Nicolas Krassik – Feira de Mangaio (Sivuca – Glorinha Gadelha)
05 Diego Oliveira – De amor morrerei (Dominguinhos – Anastácia)
06 Benício Guimarães – Recordação (Reinaldo Costa)
07 Jorge do Rojão – Assim nasceu o xaxado (Onildo Almeida – Agripino Aroeira)
08 Tiziu do Araripe – Mundo de amor (Dominguinhos – Anastácia)
09 Mariana Mello – Jerimum de gogó (João Silva – J.B. Aquino)
10 Potiguá – Ladeira do penar (Anastácia – Dominguinhos)
11 Trio Alvorada – Largo do Pelourinho (J. Cavalcanti – De Castro)
12 Karenn Fontes – Cheguei pra ficar (Anastácia – Dominguinhos)
13 Mestrinho – Atendendo ao meu povo (Tarcísio Capistrano)
14 Trio Balancê – Deixei minha terra (João do Vale – Sebastião Rodrigues)
15 Bastião – Cavalo verde (Da Costa – D’arc)
16 Chambinho do Acordeon – A volta do Baião (João Silva – K-boclinho)
17 Cacai Nunes – Profecia de Padre Cícero (Jacinto Silva – Onildo Almeida)
18 Fala Nordestina – Matuto (Onildo Almeida)
19 Luizinho Calixto – Baião granfino (Luiz Gonzaga – Marcos Valentim)
20 Paulinho Motta – Multirão de Pedreira (Julinho – João do Vale)
21 Janayna Pereira – É tempo de voltar (Anastácia – Dominguinhos)
22 Chama Chuva – Coco da mãe do mar (Lenine – Siba)
23 Os 3 do Nordeste – O fole roncou (Nelson Valença – Luiz Gonzaga)
24 Aluízio Cruz – Peba na pimenta (João do Vale)
25 Trio Lampião – Pisa na fulô (Silveira J.R – Ernesto Pires – João do Vale)
26 Aninha Vidal – Procissão (Gilberto Gil)

Faixas Bônus:
27 Marcos Farias – Recordação (Reinaldo Costa)
28 Elba Ramalho – Bate coração (Cecéu)

Para baixar esse disco, clique aqui.

Se estiver com dificuldade para baixar e descompactar os arquivos, tire suas dúvidas em nosso manual “passo a passo”, clique aqui.

DVD e CD – Chama Chuva – Ao vivo – 15 Anos

capa

Colaboração da Gorete, de São Paulo – SP

encarte

cd

Nem todas as músicas que estão no DVD, estão no CD.

verso

A maioria das músicas são do primeiro CD da carreira da banda.

Chama Chuva – Ao vivo – 15 Anos
2014

01 A volta da alegria (Mozão Muniz)
02 Convite a Itaúnas (Giovani Calmon – Reginaldo Rossi)
03 Cativeiro coração (Giovani Calmon – Reginaldo Rossi)
04 Um pouquinho de você (Giovani Calmon)
05 Samarina (Edson Gomes)
06 Pass’o preto (Leonardo Junqueira)
07 O brilho do lampião (Mozão Muniz)
08 Esse bicho mata (Zé Duarte)
09 Mulher comprometida (Antonio Barros)
10 Um só coração (Paulinho Mota – Gustavo Maguá – Everton Coroné)
11 Jardim do amor (Antonio Ceará – Lindolfo Barbosa)
12 Canção ao mar (Paulo Pontes – Jones Kauay)
13 Casa amarela (Fabiano Santana)
14 Perdido de amor (Edson Gomes)
15 Bota ela pra girar (Fabiano Santana)
16 Volta e meia (Dominguinhos – Climério)
17
Frevo mulher (Zé Ramalho)
Sonífera ilha (Titãs)
Não quero dinheiro (Tim Maia)
Elevador (Ana Carolina)
Saideira (Skank)

Para baixar esse disco, clique aqui.

Se estiver com dificuldade para baixar e descompactar os arquivos, tire suas dúvidas em nosso manual “passo a passo”, clique aqui.

CD – Chama Chuva – e o show continua

capa

Colaboração da Gorete

encarte

O Chama Chuva está presente no mercado fonográfico brasileiro há quase 15 anos. Os integrantes do grupo eram 4 jovens oriundos de famílias pobres, mas de um cenário cultural brasileiro riquíssimo: Itaúnas E.S.

O Chama Chuva começou sua trajetória musical no final dos anos 90, emplacando grandes sucessos em seu primeiro CD intitulado: “Cativeiro Coração”, com as canções que até hoje são aclamadas pelo seu público com bastante euforia, Sãmarina, Cativeiro Coração, Esse Bicho Mata, Um pouquinho de você dentre outras.

As estradas, estúdios, programas de Televisão, rádios, jornais, revistas, todo o tipo de apresentações e mídias possíveis, compoem a rotina do grupo de forró Pé de serra, que está prestes a completar seus primeiros 15 anos, com direito a DVD comemorativo. Os planos do Chama Chuva é fazer uma grande festa comemorando o sucesso que obtém desde seu lançamento até os dias de hoje, e manter a tradição do ritmo que mais cresce no país.

Com o sucesso evidente se expandindo a nível nacional, o grupo fora convidado para uma turnê nos E.U.A (2005), e mais tarde (2010) embarcaram para o velho mundo, realizando shows em Londres, Irlanda, Suiça e Portugal.

verso

O grupo Chama Chuva, tem em sua bagagem 8 discos gravados, “Cativeiro Coração (EMI)”, “Forró Manhoso” (participação de Dominguinhos na faixa Volta e Meia), “Na Asa do Vento”, “Chama Chuva 10 anos”, “Se ajeita Mariana”(participação de Enok Virgulino na faixa Se ajeita Mariana), “De cara Nova”, “Sem limites pra sonhar”, e o mais novo “E o show continua”. Fez ao longo de sua trajetória várias parcerias, como as com Gilberto Gil, que emprestou duas de suas canções: A Novidade, do CD Cativeiro Coração e Mulher de Coronel, do disco Na Asa do Vento. O grupo consquistou diversos prêmios, dentre eles o TV Vitrine Show, como melhor banda de forró, em 2000; Troféu Xodó Carioca, como destaque na categoria o forró, em 2002, em 2006 e 2007, o Prêmio Mineiro da Música Independente.

Os integrantes do grupo são: Mozão Muniz (vocal e violão), Fabiano Santana (voz e acordeon), Waguinho Vasconcelos (voz e triangulo), Dil Brasil (voz e zabumba) e Roni Souza (voz e baixo), além de uma equipe técnica super profissional. Todos empenhados em realizar o melhor que se pode esperar de um evento artístico contemporâneo.
A alegria, a diversão, a satisfação e o bem estar estão garantidos nas apresentações do Chama Chuva, que trata o seu público, e todo tipo de evento no qual está envolvido, com muito respeito e carinho, levando com seriedade toda a magia da música brasileira, em um estilo empírico e intimista, o forró Pé de Serra, gostoso de dançar e cantar.

Chama Chuva – e o show continua
2013

01 O brilho do lampião (Mozão Muniz)
02
Samarina (Edson Gomes)
A novidade (Gilberto Gil – H. Vianna – J. Baroni – Bi Ribeiro)
03
Forró de Itaúnas (Giovani Calmon – Naldo Rossi)
Cativeiro coração (Giovani Calmon – Naldo Rossi)
Um pouquinho de você (Giovani Calmon)
04 Jardim do amor (Lindolfo Barbosa – Antonio Ceará)
05 Meu xodó (Giovani Calmon)
06 Lindo lago do amor (Gonzaguinha)
07 O forró daqui (Giovani Calmon – Cacá Costa)
08 Amor realizado (Geraldo Lima)

Para baixar esse disco, clique aqui.

Se estiver com dificuldade para baixar e descompactar os arquivos, tire suas dúvidas em nosso manual “passo a passo”, clique aqui.

post image

CD – Chama Chuva – De cara nova

Colaboração da Gorete

No final dos anos 90, os jovens que não nasceram em berço de ouro, mas sim no berço do forró, a vila Dunas de Itaúnas / ES, referência nacional do ritmo, descobriram o prazer de dançar juntinhos e o valor artístico das canções e dos poetas nordestinos.
Luiz Gonzaga reassumia seu trono junto à juventude e os jovens se despiram de todo preconceito deixando clara a aceitação pelo Forró. E foi em meio a todos esses episódios que surgiu a banda CHAMA CHUVA.

Após terem passado a infância nadando e pescando nos rios, subindo dunas e vivendo os incansáveis ciclos de alternância entre a exuberância do verão e o recolhimento do inverno, os garotos despertaram para a musicalidade junto com o adolescer. Hoje, músicos no caminho da consagração pelo grande público das capitais, vêem o resultado da criação itaunense se consolidar no nome do CHAMA CHUVA. Aos fundadores que ainda se encontram na banda desde o seu surgimento em 1999, Dil Brasil na Zabumba e Waguinho no Triângulo se juntaram o sanfoneiro Rodrigo Fast que os acompanham há oito anos, Eduardo Pontes no Baixo, Rogério Rosendo na Bateria e mais recentemente o vocalista e violonista Cacá Costa vindo também do Espírito Santo para dar continuidade a esse glorioso trabalho.

Os dois primeiros CDs – Cativeiro Coração e Forró Manhoso – foram acolhidos carinhosamente principalmente pelo público capixaba, paulista e mineiro. Apesar da dimensão que as coisas tomaram eles nunca se esqueceram da terra natal: Itaúnas, que se resume em “tudo” para eles e que sempre foi palco para outras bandas apresentarem seus trabalhos.

Manter vivo e nas paradas de sucesso um dos mais tradicionais e legítimos ritmos musicais brasileiros foi à missão assumida por esses jovens integrantes em seu terceiro trabalho intitulado Na Asa do Vento, lançado em 2004. Este trabalho foi tão bem sucedido que os renderam uma turnê de sucesso nos Estados Unidos.

O CHAMA CHUVA já recebeu as bênçãos dos mestres Dominguinhos, participação especial no CD Forró Manhoso, Gilberto Gil, que emprestou duas de suas canções: A Novidade, do CD Cativeiro Coração e Mulher de Coronel, do disco Na Asa do Vento. Além disso, esses meninos de Itaúnas conquistaram diversos prêmios, dentre eles o TV Vitrine Show, como melhor banda de forró, em 2000; Troféu Xodó Carioca, como destaque na categoria o forró, em 2002 e ainda, consecutivamente, em 2006 e 2007, o Prêmio Mineiro da Música Independente.

O CD Se ajeita, Mariana! Mostrou ao público o CHAMA CHUVA numa fase de maior maturidade e entrosamento, um casamento perfeito entre os integrantes e os músicos acompanhantes. O resultado se percebe na qualidade dos arranjos, nas letras, melodias e no swing que valoriza ainda mais a sensualidade do forró, criando um ambiente totalmente propício para quem gosta de dançar coladinho. A faixa que dá nome ao CD tem a participação mais que especial de Enok Virgulino, cantando a divertida canção em homenagem às “complicadas” mulheres.

No ano de 2010 mais uma turnê internacional acontece, trazendo uma vasta experiência para a banda, dessa vez foram para Europa levar muito forró e energia positiva para Londres, Irlanda e Portugal. Quase uma década depois do aparecimento do fenômeno denominado forró universitário, há quem pense que esse movimento perdeu suas forças e voltou à obscuridade, não é isso que sugere as conquistas realizadas pelo CHAMA CHUVA atualmente, com o lançamento do mais novo CD, “De Cara Nova”, quinto trabalho do grupo, trazendo uma síntese fiel da musicalidade da banda para dentro do estúdio, aliando as ideologias sempre presentes de mensagens positivas, alegria, amor e fé.
A história que começou em Itaúnas/ES há onze anos alcançou vôo definitivo no país e no mundo e agora quer te conquistar. Seja bem vindo nesta viagem!
O CHAMA CHUVA tem um lugar especial reservado para você. (Release)

Chama Chuva – De cara nova
2011

01 Seu lugar (Cacá Costa)
02 O primeiro amor (Datan Coelho)
03 Lindo lago do amor (Gonzaguinha)
04 Não é milagre (Cacá Costa)
05 Desassossego (Cacá Costa)
06
Samarina (Edson Gomes)
A novidade (Torquato Neto – Gilberto Gil)
07 Brincadeira de vida (Cacá Costa)
08
Forró de Itaúnas (Naldo Rossi – Giovanni Calmon)
Cativeiro coração (Naldo Rossi – Giovanni Calmon)
Um pouquinho de você (Giovanni Calmon)
09 Cheiro de mar (Cacá Costa – Waguinho Vasconcelos)
10 Como tatuagem (Cacá Costa)
11 Dança do xenhenhem (João Silva – Pedro Maranguape)
12 Mudei de calçada (Cacá Costa – Aloísio Aguiar Bastos)

Para baixar esse disco, clique aqui.

Se estiver com dificuldade para baixar e descompactar os arquivos, tire suas dúvidas em nosso manual “passo a passo”, clique aqui.

CD – Chama chuva – Na asa do vento

Mais um trabalho do Chama Chuva, banda dos meninos de Itaúnas, já com algum tempo de estrada.

Dil, Giovani e Waguinho.

Todas as faixas são cantadas pelo Giovani, com excessão da faixa “Paixão perdida” de Dil e Nara, cantada pelo zabumbeiro Dil.

Direção artística de Eraldo Trajano (Lau), que também gravou baixo em parte das faixas, acordeons de Ratinho, zabumba de Dil, destaque para a regravação de “Mulher de corone” de Gilberto Gil.

Chama chuva – Na asa do vento
2004 – Candeeiro

01 Morena não se vá (Herbert Azul)
02 Mulher de coronel (Gilberto Gil)
03 Amor sem limite (Chico Pessoa)
04 Bela natureza (Geraldo Lima)
05 Fogo de queimar (Rogério Rangel)
06 Filó (Neo Pi Neo)
07 Xamego doce (Giovani Calmon)
08 Samaricota (João Silva)
09 Vem dançar (Marquinhos Mosquera – Rudolph)
10 Dance bem (Geraldo Lima – Paulo Matos)
11 Não chora, não chora não (Petrúcio Amorim)
12 Teu menino (Herbert Azul)
13 Eu e meu amor (João Silva)
14 Paixão perdida (Dil – Nara)
15 Sonhando em Itaúnas (João Libório – Enok Virgolino)

Para baixar esse disco, clique aqui.

Se estiver com dificuldade para baixar e descompactar os arquivos, tire suas dúvidas em nosso manual “passo a passo”, clique aqui.

CD – Chama chuva – Forró manhoso

Esse é o segundo CD do Chama Chuva, uma banda formada pelos meninos de Itaúnas, que teva a chuva como brinde durante a sua primeira apresentação, por isso o nome.

Participei da produção do disco como ‘co-produtor’, se é que esse cargo existe, foi uma experiência muito boa, para se aprender e por poder conviver com os músicos no ambiente de estúdio, que é sempre enriquecedor.

A concepção da capa, ficou a cargo de um artista chamado Paulo Leonardo, que confeccionou todos os bonequinhos, especialmente para esse disco.

Participação especial de Dominguinhos, na faixa “Volta e meia” de Dominguinhos e Clodô.

Produção musical de Eraldo Trajano (Lau), sanfonas de Ratinho, Dominguinhos e Enok Virgolino, destaque para a regravação em ritmo de xote “Perdido de amor” de Edson Gomes.

Chama chuva – Forró manhoso
2002 – Candeeiro

01. Mulher nenén (João Silva)
02. Xote do vento (Sândalo Bessa)
03. Bate o zabumba (João Silva)
04. Perdido de amor (Edson Gomes)
05. Mulher comprometida (Antonio Barros – Cecéu)
06. Forró manhoso (Petrúcio Amorim – Bráulio de Castro)
07. Canção ao mar (Paulo Pontes – Jones Kauay)
08. Volta e meia (Dominguinhos – Clodô)
09. Tudo por você (Giovani Calmon)
10. Veja como estou amor (Wellington – Marinésio)
11. Sem chance (Petrúcio Amorim – Rogério Rangel)
12. Forró melhor (Naldo Rossi – Giovani Calmon)
13. Sem amor não há (Giovani Calmon)
14. Menina de Itaúnas (Giovani Calmon)
15. Tudo por você – instrumental (Giovani Calmon)

Para baixar esse disco, clique aqui.

Se estiver com dificuldade para baixar e descompactar os arquivos, tire suas dúvidas em nosso manual “passo a passo”, clique aqui.

Quem somos

Somos uma rede filantrópica colaborativa de colecionadores e músicos.

Uma comunidade que se conheceu e se comunica virtualmente, unidos em torno de uma paixão comum, o forró tradicional.

Quer saber mais da nossa história?
Continue navegando neste portal.

Um grade abraço,
DJ Ivan

Facebook