Os Cobras do Nordeste – No Forró do improviso

capa

Colaboração do João Gabriel, de Niteroi – RJ

seloaselob

“Os Cobras do Nordeste é formado por Rivinha na zabumba, Chico preto na sanfona e Geraldinho no triângulo. Não temos muita informações sobre esse trio, mas numa breve pesquisa, descobrimos que até o ano de 2012 eles ainda faziam shows …

verso

No disco ‘No forró do improviso’, lançado no ano de 1987, o trio traz músicas de compositores conhecidos como Cecéu , João Gonçalves e Biliu de Campina. Destaque para os xotes , ‘Não digo pra ninguém’, ‘Rapé da Lili’ e para o forró ‘Na beira do rio’.”

Os Cobras do Nordeste – No Forró do improviso
1987 – Canta Brasil

01- Não digo pra ninguém (Cecéu – Regina Drumond)
02- Feliz a sorrir (Zelita – Calixto – Rivinha)
03- Quem não entra dança (João gonçalves – Maria Diva – Mestre Claudio)
04- Me Faça feliz (Rivinha – Jorge Reis – Regina Drumond)
05- Como antigamente (Edmar Miguel – Zé Mariano – Jorge Reis)
06- Ilusão (Everaldo do Acordeon – Glorinha Venceslau)
07- Na Beira do rio (Francisco Lima – Jorge Reis – Dinda do Forró)
08- No forró do improviso (Biliu de Campina – Marié – Jorge Reis)
09- O rapé da Lili (Rivinha – Abílio do Cavaco – Jorge Reis)
10- Morrendo de amor (Ramos Fernandes – Geraldinho M.S.)
11- Na Solidão (Dinda do Forró – Jorge Reis)
12- Exaltando a Bahia, Mãe Menininha (Edmar Miguel – Jorge Reis – Francisco de Assis)
13- A Professora (Fam. Leitão – Zé Cigano – Jorge Reis)
14- Promessa em Canindé (Chico Preto – Jorge Reis – D.P.)

Para baixar esse disco, clique aqui.

Se estiver com dificuldade para baixar e descompactar os arquivos, tire suas dúvidas em nosso manual “passo a passo”, clique aqui.

post image

CD – Anastácia – Seresta

Colaboração da Anastácia

Atenção, não se assustem, não é um disco de forró.

Neste álbum, a gravadora pediu para que Anastácia fugisse um pouquinho do forró e cantasse músicas românticas.

Anastácia – Seresta
2001 – Canta Brasil

01 Amor Proibido (Anastácia – Dominguinhos)
02 Não te quero mais (Anastácia – Edimilson Silva)
03 Amiga (Anastácia)
04 A resposta da carta (Anastácia – Dominguinhos)
05 Terminou (Anastácia)
06 Carta queimada (Anastácia)
07 Amor na tarde (Anastácia)
08 Porto do amor (Anastácia)
09 Amor de minha vida (Anastácia)
10 Embriaguês (Anastácia)
11 Tudo é solidão (Anastácia)
12 De amor eu morrerei (Anastácia – Dominguinhos)

Para baixar esse disco, clique aqui.

Se estiver com dificuldade para baixar e descompactar os arquivos, tire suas dúvidas em nosso manual “passo a passo”, clique aqui.

Bezerra do Norte – Me dê sorte – Compacto duplo

bezerra-do-norte-capa

Domingo passado escrevi aqui dizendo que aos domingos seria o dia no qual postaríamos os discos de 78 RPM, mas conversando com o Dj Rick, um amigo nosso ele sugeriu que ao invéz de somente 78 RPMs, postássemos também os compactos e discos de 10 polegadas. Achamos muito boa a ideia, e o convidamos para passar a ser o responsável pelos domingos.

Então a partir de hoje aos domingos vocês passarão a acompanhar os discos enviados pelo Dj Rick. Para começar então ele nos enviou um compacto duplo que há tempos eu já procurava.

Vamos todos dar as boas vindas e agradecer ao Dj Rick por se juntar a esse projeto. Pedimos que continuem contribuindo com nosso projeto nos enviando discos e fazendo comentários.

Para aqueles que ainda não conhecem, compacto é um disco de vinil com 3 polegadas e 1/2, aproximadamente 8 cm. Existem dois tipos de compacto, os compactos simples, que contém duas faixas, uma de cada lado, e os compactos duplos, com duas faixas em cada lado, totalizando 4 músicas. Os compactos eram feitos para a divulgação dos artistas em rádios e para o público.

Bezerra do norte é alagoano de Olho D´água das Flores e nasceu dia 2 de Julho de 1948. Sanfoneiro, cantor e compositor de grande talento mudou-se para São Paulo em 1983, onde fez sua primeira gravação pela gravadora Canta Brasil em 31 de Janeiro do mesmo ano.

Desse compacto, destaque para a faixa 2 “Não deixo o meu norte”, um baião de extrema qualidade.

Bezerra do Norte – Me dê sorte
1983 – Canta Brasil

01. Quero que deus me dê sorte (Bezerra do Norte e Sabino Ferreira)
02. Não deixo o meu norte (Bezerra do Norte e Lauro Gomes)
03. Forró do Jitai (Bezerra do Norte)
04. Em olho d´água é assim (Bezerra do Norte)

Para baixar esse disco, clique aqui

Se estiver com dificuldade para baixar e descompactar os arquivos, tire suas dúvidas em nosso manual “passo a passo”, clique aqui.

Quem somos

Somos uma rede filantrópica colaborativa de colecionadores e músicos.

Uma comunidade que se conheceu e se comunica virtualmente, unidos em torno de uma paixão comum, o forró tradicional.

Quer saber mais da nossa história?
Continue navegando neste portal.

Um grade abraço,
DJ Ivan

Facebook