Genival Lacerda – Meu nordeste

genival-meu-nordeste-frente

Esse é o primeiro álbum lançado pelo glorioso Genival Lacerda, atualmente, sem sombra de dúvida, o rei da divisão. Essa capa acima é a original, com as marcas do tempo e de ter passado por muitas mãos que acabaram por riscar algumas faixas do disco.

genival-meu-nordeste-ratulo-agenival-meu-nordeste-ratulo-b

Outro dia o Tick me mostrou um anúncio na internet de um re-lançamento desse primeiro disco, Genival Lacerda – No forró do Limoeiro, com outra capa e dessa vez pelo selo Tropicana, não hesitamos, com a ajuda do PC, compramos e aqui está, diretamente do fundo do baú.

genival-limoeiro-frente

Reparem como o timbre de voz do Genival é totalmente diferente do das gravações que o tornaram nacionalmente conhecido. Nessa época, sem influências externas, o forró era baseado no sanfoneiro e seu regional, nesse caso Martins da sanfona e sua gente.

genival-limoeiro-verso

Destaque para “O coco da umbigada” do próprio Genival em parceria com Bartolomeu Medeiros, “A resposta do mata sete” de Antônio Barros e para a instrumental “Saudade da Lagoa dos gatos”.

Genival Lacerda – Meu nordeste
1965 – Audience

* 01. Rojão do trapiá (E. Ferreira – Henrique de Almeida)
* 02. O côco da umbigada (Genival Lacerda – Bartolomeu Medeiros)
* 03. 1×1 (Edgar Ferreira)
* 04. Resposta de mata sete (Antonio Barros)
* 05. Recife sangrento (Edgar Ferreira)
* 06. Segura a conversa (Martins da Sanfona – Gerson Rosa)
* 07. Machuca a sanfona (Edgar Ferreira)
* 08. 17 na corrente (Edgar Ferreira)
* 09. Menu do côco (Edgar Ferreira)
* 10. Ele disse (Edgar Ferreira)
* 11. Forró em Limoeiro (Edgar Ferreira)
* 12. Saudade da Lagoa dos gatos (Martins da Sanfona)

Para baixar esse disco, clique aqui.

Se estiver com dificuldade para baixar e descompactar os arquivos, tire suas dúvidas em nosso manual “passo a passo”, clique aqui.

Quem somos

Somos uma rede filantrópica colaborativa de colecionadores e músicos.

Uma comunidade que se conheceu e se comunica virtualmente, unidos em torno de uma paixão comum, o forró tradicional.

Quer saber mais da nossa história?
Continue navegando neste portal.

Um grade abraço,
DJ Ivan

Facebook