Compacto – Jurandy da Feira

seloa

Colaboração do Jhonatas Pasternack, de São Paulo – SP.

“Esse é o compacto gravado pelo Jurandy da Feira, Pelas pesquisas que fiz em 2000 ele gravou um CD com o nome “Frutos da Terra” com todas as músicas de sua autoria e em 2012 o CD ‘Jurandy da Feira Canta Gonzagão’.

selob

Como compositor tem mais de 40 autorias com interpretações de vários artistas como o Rei do Baião Luiz Gonzaga, Trio Nordestino, Terezinha de Jesus, Erivaldo de Carira e Tiziu do Araripe entre outros.
Destaco desse compacto a música “Nos Cafundó de Bodocó” de sua própria autoria, tambêm conhecida na voz de Luiz Gonzaga do Lp Capim Novo de 1976.”

Compacto – Jurandy da Feira
1979 – Aquarela

01 – Nos Cafundó de Bodocó (Jurandy)
02 – Roda Morena (Jurandy)

Para baixar esse disco, clique aqui.

Se estiver com dificuldade para baixar e descompactar os arquivos, tire suas dúvidas em nosso manual “passo a passo”, clique aqui.

Hélcio Brenha – Forró do chapéu virado

halcio-brenha_forra-do-chapau-virado_frente

Colaboração do Lourenço Molla, de João Pessoa – PB, que nos mandou esse interessantíssimo álbum e as palavras abaixo.

halcio-brenha_forra-do-chapau-virado_ahalcio-brenha_forra-do-chapau-virado_b

“Ele mistura forró com carimbó, lambada, merengue e tudo mais… vale a pena incluir este disco na tua lista! A produção é de 1979. O disco é um show de técnica e muita harmonia desse músico fantástico.”

halcio-brenha_forra-do-chapau-virado_verso

Canceituado músico carioca, o saxofonista e clarinetista Hélcio Brenha, formou o conjunto “Forró do Chapéu virado”, no final da década de 1970, com o qual registrou esse álbum, prioritáriamente instrumental, as únicas faixas cantadas são: “Forró na Tripuí” e “Cabra macho” ambas de autoria de Hélcio Brenha.

Hélcio Brenha – Forró do chapéu virado
1979 – Aquarela

01 Forró do Zé Preguinho (Hélcio Brenha)
02 Vou-me embora pra São Saruê (Airton Barbosa – Proença Filho)
03 Forró do chapéu virado (Hélcio Brenha)
04 Sangue maranhense (Hélcio Brenha)
05 Cavalo nervoso (Airton Barbosa – Hélcio Brenha)
06 Peguei a reta (Porfirio Costa)
07 Sangrando peba (D. Menezes – Custódio Teixeira)
08 Violões nas paineiras (Hélcio Brenha – Ênio Brenha)
09 Forró na Tripuí (Hélcio Brenha)
10 Cabra macho (Hélcio Brenha)
11 Perito Criminal (Hélcio Brenha)
12 Buate sem luz (Hélcio Brenha)

Para baixar esse disco, clique aqui.

Se estiver com dificuldade para baixar e descompactar os arquivos, tire suas dúvidas em nosso manual “passo a passo”, clique aqui.

Quem somos

Somos uma rede filantrópica colaborativa de colecionadores e músicos.

Uma comunidade que se conheceu e se comunica virtualmente, unidos em torno de uma paixão comum, o forró tradicional.

Quer saber mais da nossa história?
Continue navegando neste portal.

Um grade abraço,
DJ Ivan

Facebook