post image

CD – Coletânea – Canto da ema – Homenagem a Jackson do Pandeiro

Colaboração do Paulinho Rosa.

Álbum gravado ao vivo no ‘Canto da Ema’ uma das principais casas de forró tradicional em São Paulo – SP.

Idealizado e produzido pelo Paulinho Rosa. Dessa coletânea participaram Trio Sabiá, Arleno Farias, Triângulo Caraíva, Trio Araripe, O bando de Maria, Trio Virgulino e a banda Caruá.

Coletânea – Canto da ema – Homenagem a Jackson do Pandeiro
2003

01 – Rosa (Rui de Moraes e Silva)
02 – Mania de mangar (José Batista da Costa – José Gomes Filho)
03 – Coração bateu (José Gomes Filho – Ivo Alves martins)
04 – Morena bela (Juarez Santiago – Onildo Almeida)
05 – Feito manteiga (Jackson do Pandeiro – Ivo Martins)
06 – Nortista quatrocentão (Jackson do Pandeiro – Luiz Wanderley)
07 – Lamento cego (José Gomes Filho – Nivaldo Souza Lima)
08 – Sina de cigarra (Jackson do Pandeiro – Delmiro Ramos)
09 – Ralabucho (Florisval Ferreira – José Cesar Fontes)
10 – O pai da Gabriela (Elino Julião – José Jesus)
11 – O puxa saco (Zé Catraca)
12 – Secretária do Diabo (Osvaldo Oliveira)

Para baixar esse disco, clique aqui.

Se estiver com dificuldade para baixar e descompactar os arquivos, tire suas dúvidas em nosso manual “passo a passo”, clique aqui.

Adailton Amaral – Seus sucessos de forró pé-de-serra

adailton-amaral-front1

Recebemos essa coletânea do próprio Adailton Amaral, através de seu amigo pessoal, Adalberto, que gentilmente nos ajudou a recolher as informações sobre as músicas. A coletânea reúne os sucessos de autoria do Adaílton Amaral gravados por outros artistas.

Pela mescla de músicas com diferentes qualidades de gravação, concluímos que se tratava de uma coletânea de divulgação. Normalmente não divulgaríamos esse tipo de coletânea, mas como essa veio do próprio autor, acreditamos que seja válido apresentá-la, no intuito de enaltecer o trabalho desse grande compositor.

adailton-amaral-foto

Adailton Lira do Amaral, nasceu em 29/11/38, na cidade de Duas estradas – PB, quando esta ainda era município de Caiçara. Compositor e sanfoneiro, é um incansável defensor da música nordestina. Sua dedicação e amor à pesquisa musical são incomparáveis. Grande tem sido seu desempenho no sentido de enriquecer a cultura musical de sua região. (Resumo do seu release)

Com músicas gravadas por Zé da Ema, Severo, Flávio José, Pinto do acordeon, Trio Nordeste e Cylene Araújo, além de duas faixas inéditas na voz do próprio Adaílton. Todas as músicas na voz do Zé da ema foram lançadas no LP “A cama” de 1981.

Adailton Amaral – Seus sucessos de forró pé-de-serra
Coletânea de divulgação

01. Arrasta-pé na casa grande – Zé da Ema (Adailton Amaral – Severino Candido)
02. Dê uma chance para o coroa – Toinho do rojão (Adailton Amaral-Toinho do Rojão)
03. Muita mulher – Zé da Ema(Adailton Amaral – Antonio Vieira)
04. Forró apertadinho – Severo (Adailton Amaral – Severino Cândido)
05. Puxando o fole – Flávio José (Adailton Amaral-Evilásio Lopes)
06. Forró apertadinho – Zé da Ema (Adailton Amaral – Severino Candido)
07. Nunca mais eu vi – Édson Duarte (Adailton Amaral – Edson Duarte)
08. Vou casar com ela – Zé da Ema (Adailton Amaral – Antonio Vieira)
09. Puxando o Fole – Cylene Araújo (Adaílton Amaral/Evilásio Lopes)
10. Amor de Mariana – Zé da Ema (Severino Candido – Adailton Amaral)
11. Saudade da minha terra – Adailton Amaral (Adailton Amaral)
12. Côco de roda – Zé da Ema (Adailton Amaral – Antonio Vieira)
13. Saudade do meu lugar – Adailton Amaral (Adailton Amaral)
14. Paixão danada – Zé da Ema (Manoel Vidal – Adailton Amaral)
15. O amor que a gente faz – Pinto do acordeon (Adailton Amaral-Pinto do Acordeon)
16. Duas namoradas – Trio Nordeste (Adailton Amaral-Zé Vicente)

Para baixar essa coletânea de divulgação, clique aqui.

Se estiver com dificuldade para baixar e descompactar os arquivos, tire suas dúvidas em nosso manual “passo a passo”, clique aqui.

Quem somos

Somos uma rede filantrópica colaborativa de colecionadores e músicos.

Uma comunidade que se conheceu e se comunica virtualmente, unidos em torno de uma paixão comum, o forró tradicional.

Quer saber mais da nossa história?
Continue navegando neste portal.

Um grade abraço,
DJ Ivan

Facebook