CD – Trio Xamego – Novinho em folha

capa_xamego

Esse é o último disco do Trio Xamego, reúne várias composições do mestre João Silva, com arranjos e sanfonas de Dominguinhos.

Quando a voz inconfundível de Dió de Araújo invade os salões, não tem quem fique parado. Considerado por muitos como “o rei da zabumba”, pelos sons e ritmos que consegue extrair deste instrumento. Dió possui mais de 40 anos de vida artística, já acompanhou quase todos os grandes nomes da nossa música, presente nos palcos e em inúmeras gravações.

No triângulo e coral, Zequinha de Andrade, triangulista de primeira linha, apresenta em seu forró um estilo marcante, clássico e rodeado de carisma, fatores indispensáveis no resgate do lado alegre e dançante. É ex-integrante de um dos primeiros trios de forró que já existiu, o Trio Nortista, tendo tocado com Jackson do Pandeiro, Ary Lobo, Oswaldinho do acordeon, Marinês, entre outros grandes nomes do forró.

Na sanfona, Chiquinho (Francisco Alves), que traz consigo toda sensibilidade musical, uma mistura que resulta em belos arranjos e harmonias. Além do vasto repertório de forró, baião, xote e arrasta-pé, reserva em suas apresentações, uma parte para improviso na sanfona, mostrando toda sua habilidade e intimidade com o instrumento.

Destaque para as regravações de “Festa no sertão” e “Minhas desculpas”.

No player abaixo, disponibilizamos as faixas desse álbum para que você possa escutar e conferir a qualidade do trabalho.

Trio Xamego – Novinho em folha
2005

* 01. Festa no sertão (Dominguinhos – Anastácia)
* 02. Minhas desculpas (João Silva)
* 03. Um mundo de amor (Dominguinhos – Anastácia)
* 04. Coração maluvido (João Silva)
* 05. Olho d´água (João Silva)
* 06. Novinho em folha (Carlos Diniz)
* 07. No colo do coração (Dominguinhos – Wally Bianchi)
* 08. Você fez morada em meu juizo (João Silva)
* 09. Minha vida é te amar (Dominguinhos – Nando Cordel)
* 10. Não diga adeus agora (Dió de Araujo – Zezum)
* 11. Só você não vê (João Silva)
* 12. Paixão doedeira (João Silva)
* 13. Na subida da ladeira (João Silva)

Se quiser adquirir um exemplar original, temos esse disco à venda em nossa Lojinha Virtual.

Para baixar esse disco, clique aqui.

Se estiver com dificuldade para baixar e descompactar os arquivos, tire suas dúvidas em nosso manual “passo a passo”, clique aqui.

post image

Trio Nortista – Se eu te contar, é chato

No fim da década de 60 surgiu o Trio Nortista, sua primeira formação foi Camarão, Jacinto Silva e Ivanildo Leite. Diversos músicos passaram pelo trio, entre eles o zabumbeiro Déo do Baião e Tiziu, multi-instrumentista que toca atualmente no Trio Araripe.

Durante grande parte da sua existência, teve como base na sua formação o sanfoneiro Jonas de Andrade, irmão do seu Zequinha, que toca atualmente no Trio Xamego, reparem a arma na cinta do seu Zequinha!

Marcado pela irreverência e pelo bom humor nas suas letras, sem esquecer da riqueza dos arranjos, percussão bem colocada, o contra baixo bem inserido com uma boa timbragem para não embolar os graves, as vezes uma flautinha fazendo o contra-canto, as vezes um cavaquinho, mas sempre com muito bom gosto e sem exageros.

Nesse disco de 1979, “Se eu te contar, é chato”, xotes, cocos, baiões, arrasta-pés, forrós e até um sambinha em “Que malandro sou eu?”, destaque também para a faixa título além de “Ding – ding” e “Festival de casamento”, sempre de autoria de Jonas de Andrade, as vezes com parceiros.

Ouça, aprecie e dance um forrózinho ao som do Trio Nortista, se apagar a luz, é uma viagem no tempo.

Trio Nortista – Se eu te contar, é chato
1979 – Musicolor

01 Uma promessa ao senhor do Bonfim (Jonas de Andrade – Telmo dos Santos)
02 Mulher do macaco (Carlos Diniz)
03 Ding-ding (Jonas de Andrade)
04 Testamento de matuto (Antonio Trajano)
05 Festival de casamento (Feliciano da Paixão – Jonas de Andrade)
06 Que malandro sou eu?(Jonas de Andrade – Adjalme G. da Silva)
07 Se eu te contar, é chato (Adjalme G. da Silva – Jonas de Andrade)
08 Menina da praia (Jonas de Andrade)
09 O santo do povo (Alcymar Monteiro – Pedro Duarte)
10 Apolonio Sales (J. Belem)
11 Fogo na fogueira (Jonas de Andrade)
12 Coco sem troco (Jonas de Andrade)

Para baixar esse disco, clique aqui.

Se estiver com dificuldade para baixar e descompactar os arquivos, tire suas dúvidas em nosso manual “passo a passo”, clique aqui.

post image

CD – Trio Xamego – Forró agarradinho

O Trio Xamego atualmente é formado por Dió de Araújo (voz e zabumba), Chiquinho (Francisco Alves) na sanfona e Zequinha de Andrade no triângulo. No disco de 82, o sanfoneiro era Joãozinho que posteriormente foi morar em BH.

Dió, com mais de 40 anos de carreira, já participou de inúmeros discos como produtor ou como ritmista, fazendo zabumba ou outros instrumentos percussivos para diversos artistas renomados, participou no início de sua carreira do Trio Pajeú, no qual gravou voz em algumas músicas dos dois LPs gravados, abriu shows para o rei em algumas apresentações e atualmente, além do Trio Xamego, acompanha o sanfoneiro Dominguinhos sempre que possível.

Chiquinho começou a tocar sanfona aos 6 anos de idade vendo o avô tocar, imigrante, trabalhou duro até poder tocar profissionalmente, por sua simpatia, carisma e talento, tornou-se um dos sanfoneiros mais queridos do forró em São Paulo.

Seu Zequinha, viveu sua vida toda dedicando-se ao forró, antes do Trio Xamego, acompanhou diversos grandes nomes do forró, como Jackson do pandeiro, Ary Lobo, Oswaldinho e Marinês, participou de alguns LPs do Trio Nortista, que era liderado pelo sanfoneiro Jonas de Andrade, seu irmão. Embora ele só faça o coro nos shows do Xamego, seu Zequinha tem uma voz forte e afinadíssima, seu Zequinha, somos seus fãs!!!

De cada um dos seus integrantes, um amigo e uma história de vida.

Nesse trabalho, lançado pela Candeeiro Discos, produção de Dominguinhos (sanfona também!!), guitarra de Heraldo do Monte, baixo gravado por Trajano Menezes, o Lau, além da Zabumba por Deocleciano de Araújo.

Regravações do disco de 82 do próprio Xamego, “Eu quero é mais”, “Medo de amar” e “Gamação de homem velho” e também releituras de Dominguinhos da década de 80, o instrumental “Segura as calças” dessa vez com Chiquinho Alves e “É só você querer”, além da faixa título “Onde está você”, que, diga-se de passagem, ficou mais dançante do que a versão original.

Destaque para “Forró agarradinho” (arrasta-pé) e “O pilão já bateu” duas músicas, até então, inéditas de João Silva, muuuito boas, vale a pena conferir.

Trio Xamego – Forró agarradinho
2001 – Candeeiro

01 . Onde está você (Zezum)
02 . Medo de amar (Dió de Araujo – Pajeú)
03 . Forró agarradinho (João Silva)
04 . Meu amor cadê você (Castanheiro)
05 . O pilão já bateu (João Silva)
06 . Foi bom te amar (Petrucio Amorim)
07 . Meu chamego (Carlinhos Axé – Erismar Silva)
08 . Eu quero é mais (Bernardo Silva)
09 . Flor de Croatá (João Silva – Raimundo Evangelista)
10 . É só você querer (Nando Cordel)
11 . Segura as calças (Dominguinhos)
12 . Nem ai (CláudioMissagia – Datan Coelho)
13 . Rato que rói (Dominguinhos – w. Macedo)
14. Gamação de homem velho (Anastácia)

Para baixar esse disco, clique aqui.

Se estiver com dificuldade para baixar e descompactar os arquivos, tire suas dúvidas em nosso manual “passo a passo”, clique aqui.

1 2

Quem somos

Somos uma rede filantrópica colaborativa de colecionadores e músicos.

Uma comunidade que se conheceu e se comunica virtualmente, unidos em torno de uma paixão comum, o forró tradicional.

Quer saber mais da nossa história?
Continue navegando neste portal.

Um grade abraço,
DJ Ivan

Facebook