Zé Ramalho – Pra não dizer que não falei de rock

Não é um disco de forró, é mais pra um disco de rock mesmo. O título é duplo: “Para Não Dizer que Não Falei de Rock” ou “Por Aquelas que Foram Bem Amadas”

Durante a elaboração do álbum de duplo nome, em 1984, Zé Ramalho hospedou-se no luxuoso Hotel Meridien – por 2 meses… Hedonismo que gerou uma dívida de farras com bebidas importadas e refeições caras regadas a drogas sortidas. Na época, o valor da brincadeira ultrapassou a casa dos U$100 mil.

Procurado pelo presidente da gravadora, Marcos Maynard, Ramalho ficou sabendo que deveria repor os gastos excedentes. “Mistérios da Meia-Noite” (assista o clipe abaixo), que vendeu mais de 300 mil cópias, foi a salvação. No disco, o compositor relê “Made in PB” – composição registrada por Marconi Notaro em No Sub Reino dos Metazoários, de 1973 – numa versão rockabilly. (Fonte)

Zé Ramalho – Pra não dizer que não falei de rock
1984 – Epic

01 Made in PB (Zé Ramalho)
02 Frágil (Zé Ramalho)
03 Tolo na colina (Fool on the hill)(McCartney, Lennon)
04 Brejo da Cruz (Zé Ramalho)
05 Jacarepaguá blues (Zé Ramalho)
06 Paisagem da flor desesperada (Israel Semente)
07 Dança das luzes (Zé Ramalho)
08 Dogmática (Zé Ramalho)
09 Mulheres (Jards Macalé, Zé Ramalho)
10 Dupla fantasia (Zé Ramalho)

Para baixar esse disco, clique aqui.

Se estiver com dificuldade para baixar e descompactar os arquivos, tire suas dúvidas em nosso manual “passo a passo”, clique aqui.

1 comment

  • Igor Maxwel

    Posso dizer que esse é um dos discos mais fracos do Zé Ramalho. Eu particularmente gostei de apenas duas músicas: “Mulheres” dele em parceria com Jards Macalé (com a participação da atriz Zezé Motta e da ternurinha Wanderléa; e “O Tolo da Colina” versão para “Fool on the Hill” dos Beatles, com participação do tremendão Erasmo Carlos (parceiro maior do rei Roberto Carlos).

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Quem somos

Somos uma rede filantrópica colaborativa de colecionadores e músicos.

Uma comunidade que se conheceu e se comunica virtualmente, unidos em torno de uma paixão comum, o forró tradicional.

Quer saber mais da nossa história?
Continue navegando neste portal.

Um grade abraço,
DJ Ivan

Facebook