Vital Farias – Sagas Brasileiras

vital-farias-1982-sagas-brasileiras-capa

Colaboração do Zé Geraldo, de Taperoá – PB.

vital-farias-1982-sagas-brasileiras-selo-avital-farias-1982-sagas-brasileiras-selo-b

Vital Farias (23 de janeiro de 1943) cantor e compositor brasileiro, nasceu no sítio Pedra d’Água, município de Taperoá, estado da Paraíba.

“Caçula entre 14 irmãos, Vital alfabetizou-se com as irmãs. Vital viveu em Taperoá até a conclusão do curso ginasial. Aos 18 anos mudou-se para a capital do estado da Paraíba, João Pessoa, onde prestou o serviço militar no 15º Regimento de Infantaria. Ao deixar o serviço militar continuou em João Pessoa e deu prosseguimento aos seus estudos no Lyceu Paraibano. Nesse período começou a estudar violão por conta própria.

Depois passou a dar aulas de violão e de teoria musical no Conservatório de Música de João Pessoa. Em 1975 mudou-se para o Rio de Janeiro, onde participou de vários e importantes eventos artísticos, entre os quais a peça ‘Gota d’água’, de Chico Buarque de Hollanda. Em 1976 prestou vestibular para Faculdade de Música, formado-se em 1981. A primeira composição gravada de Vital Farias foi ‘Ê mãe’, em parceria com Livardo Alves e gravada por Ari Toledo. Em 1978 gravou seu primeiro disco ‘Vital Farias’. O segundo, ‘Taperoá’, surgiu dois anos depois.” (Kuarup)

vital-farias-1982-sagas-brasileiras-verso

“Fazem parte deste lançamento as antológicas sagas: ‘Saga da Amazônia’, ‘Saga de Severinim’ e ‘Saga do Boi de Mamão’, esta última oferecida ao Mestre Antõim do Boi de Mamão de Taperoá. ‘Forrofunfá’ é uma outra homenagem ao maior folista de oito baixos que o mundo já produziu: Abdias dos Oito Baixo, natural de Taperoá e primo do Vital Farias. ‘Belo Belo’ é um estudo para violão oferecida a Herminio Belo de Carvalho, e ‘Sete cantigas para voar’, oferecida a sua amiga-irmã Elba Ramalho.”(Extraído do sítio oficial)

Vital Farias – Sagas Brasileiras
1982 – Lança

01. Do meu jeito natural (Vital Farias)
02. Forrofunfá (Vital Farias / Livardo Alves)
03. Sete cantigas para voar (Vital Farias)
04. Ai que saudade de ocê (Vital Farias)
05. Saga de Severinin (Vital Farias)
06. Saga da Amazônia (Vital Farias)
07. Trem da consciência (Vital Farias / Salgado Maranhão)
08. Belo belo (Vital Farias)
09. Apesar da solidão (Vital Farias / Salgado Maranhão)
10. Saga do boi de mamão (Vital Farias)

Para baixar esse disco, clique aqui.

Se estiver com dificuldade para baixar e descompactar os arquivos, tire suas dúvidas em nosso manual “passo a passo”, clique aqui.