Vanja Orico – Vanja Orico

Colaboração do Cacai Nunes, do Blog Acervo Orígens

“Vanja Orico foi cantora, atriz e cineasta, atuando com grande talento em todas essas áreas. Ela nasceu em berço erudito, filha de um acadêmico e escritor. Desde criança, mostrou interesse e talento pelas artes. Ela estreou no cinema em 1954, na Itália, no filme “Mulheres e Luzes”, dirigido por Alberto Lattuada e Frederico Fellini. De volta ao Brasil, participou do clássico “O Cangaceiro”, de Lima Barreto. Ela fez vários filmes no Brasil e no exterior, principalmente relacionados ao cangaço. Ela viajava tanto para lá e para cá que Sérgio Porto, o Stanislaw Ponto Preta, criou para ela o slogan Vanja Vai Vanja Vem.

Ela ficou famosa por um belo gesto de coragem e generosidade. Um dia, no ano de 1968, saindo do Teatro Opinião, Vanja e mais um conjunto de artistas participavam de uma passeata de protesto. Soldados e tanques reprimiram a manifestação violentamente, inclusive espancando estudantes. Vanja, então, ajoelhou-se na frente dos carros militares, e gritou: “Não atirem, somos todos brasileiros!”. Por isso, ela foi presa e acabou em exílio. Para ela, isso nem foi o pior. Ela conta que, naquele dia, um estudante caiu morto por uma bala ao seu lado, e isso ela nunca conseguiu esquecer. A imagem e a arte de Vanja foi, então, sempre associada à resistência e à luta por liberdade. Fora isso, ela era uma artista de excepcional talento.

Como cantora, gravou o primeiro LP em 1954. Esse LP da postagem de hoje é o terceiro de sua carreira. Nele, ela apresentou canções inéditas, inclusive Opinião, de Zé Kéti, que depois ficou muito famosa na voz de Nara Leão. Vale a pena ler, na contracapa, o texto de apresentação do disco e de Vanja Orico, escrito por Ary Vasconcelos, um dos maiores musicólogos que o Brasil já teve.”

Vanja Orico – Vanja Orico
1965 – Chantecler

01-Dandara (Jorge Ben)
02-Arunda (Carlos Lira – Geraldo Vandré)
03-Afoché (Dorival Caymmi)
04-A morte do Deus do sol (Roberto Menescal – Ronaldo Bôscoli)
05-Ascender as velas (Zé Keti)
06-É Lampa(Gabriel Migliori)
07-Opinião (Zé Keti)
08-Maria Moita (Carlos Lira – Vinicius de Morais)
09-Sassaruê (Pernambuco – Marino Pinto)
10-Carroussel (Dulce Nunes – Ronaldo Bôscoli)
11-O Nordeste não se rende (Catulo de Paula)
12-Canção da tristeza (Catulo de Paula)

Para baixar esse disco, clique aqui.

Se estiver com dificuldade para baixar e descompactar os arquivos, tire suas dúvidas em nosso manual “passo a passo”, clique aqui.

1 comment

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Quem somos

Somos uma rede filantrópica colaborativa de colecionadores e músicos.

Uma comunidade que se conheceu e se comunica virtualmente, unidos em torno de uma paixão comum, o forró tradicional.

Quer saber mais da nossa história?
Continue navegando neste portal.

Um grade abraço,
DJ Ivan

Facebook