Trio Nordestino – Dia de festejo

Trio Nordestino – Dia de festejo

Colaboração de Francisco Edvaldo Silveira, de Morrinhos – CE, as capas são minhas. Esse é o útimo disco do Trio que o Lindú produziu e gravou na íntegra, após ficar doente e ter que se afastar para tratamento de saúde, ele se recuperou e fez esse disco, marcando os 22 anos de existência do Trio.

Produção executiva de Lindú e arranjos de Chiquinho do acordeon, uma receita infalível pro disco ficar bom, sempre que esses nomes estiverem escritos na contra capa de qualquer disco, pode comprar que a probabilidade do álbum ser todo bom é bem alta.

Todas as músicas são boas, destaque para “Forró dos namorados” de Onildo Almeida e Cobrinha, “De pé na estrada” de Jurandy da Feira, “O vendedor de biscoito” de Gordurinha e “Moinho d´água” de Edson França e R. Elion Nobre.

Trio Nordestino – Dia de festejo
1982 – Copacabana

#01. No balanço (Onildo Almeida)
#02. Não lhe troco por ninguém (Durval Vieira)
#03. Forró dos namorados (Onildo Almeida – Cobrinha)
#04. Minha Bahia (Midian Alves – Mariazinha)
#05. De pé na estrada (Jurandy da Feira)
#06. O vendedor de biscoito (Gordurinha)
#07. Moinho d´água (Edson França – R. Elion Nobre)
#08. Que se cuide o motorista (Anatalicio – Lindolfo Barbosa)
#09. Forró do véio Zuca (Genário – Lindolfo Barbosa)
#10. Pato do Coroné (Anastácia)
#11. Minha Zabé (Nininha – Coroné)
#12. A saudade vai de trem (Agripino Aroeira – Rosilda Santos)

Para baixar esse disco, clique aqui.

Se estiver com dificuldade para baixar e descompactar os arquivos, tire suas dúvidas em nosso manual “passo a passo”, clique aqui.

11 comentários em “Trio Nordestino – Dia de festejo”

  1. Ivan, Tick, Cara esse Lp do Trio Nordestino esta excelente veio, uma qualidade muito boa.
    Esse Trio, é o melhor de todos os tempo.
    Depois de Gonzagão esses caras tem a cara do forró, um abraço!!!

  2. Nunca pensei qui um cabra daqui fosse fosse de coisa qui tu, tu é doido! fiquei morto de alegre com tua felicidade em passar e divulgar nossa coisas Nordestinidade, gostou do termo? pois é macho vei, nesse completei 2 anos tentava uns discos deles voce deume bastante alegrias me retorne com sua magnetinada.

  3. Ei macho! tava a muito tempo procurando este post deste LP. Minha mãe tem ele em Vinil pedi pra elas me enviar pra ripar pro Pc, mas o PC deu pau. Tive que enviar de volta pra ela em Natal/RN. O hoje graças a vocês do Site posso ter ele pra nossa festa junina. Um abração e vocês estão de parabéns. Valeu Macho!

  4. Parabéns Pelo Trabalho Fiel! Minhas Raízes Estão Todas Aqui, Nesse Disco, Nessas Músicas, Sou Nortista-Potiguar Com Alagria. Obrigado Amigo E Sucesso No Seu Trabalho.

  5. Gostaria de dizer que sou um super fã do Trio Nordestino. Outro dia, após eu baixar 6 discos do trio, todos na segunda formação que da qual eu gosto muito, com o Genário (Com Amor e Carinho de 1984, Forró de Cima a Baixo de 1985, Forró Temperado de 1986, Forró de Categoria de 1987, Na Intimidade de 1988 e Festa do Povão de 1989), eu comecei a me interessar pelo clássico Dia de Festejo, o último e na minha opinião o melhor disco da primeira formação (Coroné, Cobrinha e o genial Lindú, que Deus o tenha). Baixei este e ouvi do início ao fim e disse pra mim mesmo “Esse é o melhor de todos que eu baixei do trio de forró mais famoso deste país”. Parabéns Lindú e Maestro Chiquinho do Acordeon por criarem esta e outras obras-primas do forró brasileiro.

  6. puxa vida e eu que achava que só eu era fâ do trio hem? pra mim foi o melhor trio de todos os tempos. tenho quase tudo em vinil coisa rara e agora posso ter o orgulho de ver todo esse trabalho divulgado na internet valeu mesmo forte abraço a todos os fãs deste trio que é verdadeiramente NORDESTINO.

  7. eu gostaria ver e ouvir mais sobre o trio nordestino mais um pouco por que eu sou um fam de carteirinha e o meu tempo e a minha infancia sempre eu gostei do trio nordestino por que eu sou nordestino ok

  8. Sou fãn de forró verdadeiro. O Trio nordestino é minhas raízes e a vou seguindo sempre no embalo do forró pesado, macho.

  9. Essa interpretação de VENDEDOR DE BISCOITO é espetacular. LINDU foi o maior cantor de forró que o Brasil já produziu em todos os tempos.

  10. Bom dia a todos.
    Só pra registrar que há um erro de grafia na faixa 7 deste LP…
    O segundo compositor da MOINHO D’ÁGUA é o F. ELION e não R. Elion Nobre; F de Francisco, como assinava-se o músico, compositor e artista potiguar, natural de Açu-RN, CHICO ELION.
    Fonte de consulta: LUIZ GONZAGA E O RIO GRANDE DO NORTE (2012).

Deixe um comentário