post image

Henrique Araújo – O choro do sertão

Colaboração do Henrique Araújo, de São Paulo -SP

Um disco fantástico, muito bem gravado e registra o grande talento do Henrique, que embora jovem toca cavaco e bandolim nas melhores gigs junto com os mestres e é considerado já um veterano, um dos maiores talentos da música instrumental brasileira da atualidade.

Nesse disco, ele reuniu choros do Dominguinhos, alguns não muito conhecidos, mas todos maravilhosos como não podia deixar de ser. As músicas foram arranjadas e gravadas em um formato tradicional de roda do choro com o Bandolim de Henrique sendo o elemento central e o acompanhamento do Regional Imperial, formado por João Camarero (Violão de 7 Cordas), Junior Pita (Violão), Lucas Arantes (Cavaquinho) e Rafael Toledo (Cavaquinho).

A participação de Mestrinho e Toninho Ferragutti nas sanfonas em algumas faixas não pode deixar de ser registradas. O destaque fica para a última faixa, que puxa mais pro nosso forró, o pot pourri: Guadá e Liv no Forró de Dominguinhos e Guadalupe; Te Cuida Jacaré, de Dominguinhos.

Henrique Araújo – O choro do sertão
2018

01 Choro em Fortaleza (Dominguinhos)
02 Princesinha no Choro (Dominguinhos)
03 Te Cuida Rapaz (Dominguinhos – Anastácia)
04 Choro pro Luca (Dominguinhos – Guadalupe)
05 Chorinho para Guadalupe (Dominguinhos)
06
Homenagem a Jackson (Dominguinhos)
Homenagem a Chiquinho (Dominguinhos – Guadalupe)
07 Domingando (Dominguinhos)
08 Noites Sergipanas (Dominguinhos)
09 Chorinho pra Egídio Cerpa (Dominguinhos – Anastácia)
10 Homenagem a Pixinguinha (Dominguinhos – Anastácia)
11 Domingos em Brasília (Dominguinhos)
12
Guadá e Liv no Forró (Dominguinhos – Guadalupe)
Te Cuida Jacaré (Dominguinhos)

Para baixar esse disco, clique aqui.

Se estiver com dificuldade para baixar e descompactar os arquivos, tire suas dúvidas em nosso manual “passo a passo”, clique aqui.

Quem somos

Somos uma rede filantrópica colaborativa de colecionadores e músicos.

Uma comunidade que se conheceu e se comunica virtualmente, unidos em torno de uma paixão comum, o forró tradicional.

Quer saber mais da nossa história?
Continue navegando neste portal.

Um grade abraço,
DJ Ivan

Facebook