CD – Coletânea – Viva Gonzagão! É forró é xote é baião

Colaboração do Nilson Araújo, da Sala Nordestina de Música

“Olha uma raridade!
LP lançado em 1994, posteriormente lançado em CD, mas difícil de ser encontrado.
Uma preciosidade, principalmente para os fãs de Gonzagão.”

Coletânea gravada em 1994 com os seguintes artistas: Fagner, Alceu Valença, Dominguinhos, Alcione, Chico Buarque, Mastruz com leite, Geraldo Azevedo, Oswaldinho do acordeon, Sivuca, Marinês, Zé Ramalho, Quinteto Violado, Luiz Gonzaga e Gonzaguinha.

Coletânea – Viva Gonzagão! É forró é xote é baião
1994 – BMG

01 -São João de Gonzagão – Fagner e Marinês
Olha pro céu ( L. Gonzaga e José Fernandes)
São João na roça (L. Gonzaga e Zédantas)
Noites brasileiras (L. Gonzaga e Zédantas)
02 -Baião (L.Gonzaga e H. Teixeira) – Alceu Valença
03 -Vem morena (L. Gonzaga e Zédantas) – Dominguinhos
04 -Qui nem jiló (H. Teixeira e L. Gonzaga) – Alcione
05 -Xote das meninas (L. Gonzaga e Zédantas) – Chico Buarque
06 -São joão do carneirinho (Guio de Moraes e L. Gonzaga) – Forró Mastruz com leite
07 -Sabiá (L. Gonzaga e Zédantas) – Geraldo Azevedo
08 -Viva Gonzagão – Oswaldinho, Dominguinhos e Sivuca
Pagode Russo (L. Gonzaga e João Silva)
Eu quero chá ( L. Gonzaga e Zé Marcolino)
Fuga da África (Luiz Gonzaga)
09 -Asa branca (L. Gonzaga e H.Teixeira) – Fagner
10-Forró no escuro (Luiz Gonzaga) – Marinês
11-Paraíba (H.teixeira e Luiz Gonzaga) – Zé Ramalho
12-Juazeiro (L.Gonzaga e H.Teixeira) – Quinteto Violado
13-A vida de viajante (Hervê Cordovil e Luiz Gonzaga) – L. Gonzaga e Gonzaguinha

Para baixar esse disco, clique aqui.

Se estiver com dificuldade para baixar e descompactar os arquivos, tire suas dúvidas em nosso manual “passo a passo”, clique aqui.

Dominguinhos e Alceu Valença

dominguinhos-e-alceu

*Foto enviada pelo Thiago Ribeiro.

CD – O Grande Encontro – O Grande Encontro

o-grande-encontro-1996-capa

Colaboração do Arlindo.

É o primeiro dos 3 CDs do projeto “O Grande Encontro”.

o-grande-encontro-1996-foto

A partir deste ainda viriam a ser lançados os volumes 02 e 03, tão grande foi o sucesso do lançamento.

o-grande-encontro-1996-pablico

Deste projeto participaram Alceu Valença, Geraldo Azevedo, Zé Ramalho e Elba Ramalho.

o-grande-encontro-1996-verso

Uma composição de Luiz Gonzaga abre o disco, em seguida uma seleção dos maiores sucessos do forró-mpb, um disco muito bom.

O Grande Encontro – O Grande Encontro
1996 – BMG

01. Sabiá (Luiz Gonzaga / Zé Dantas) Alceu Valença, Geraldo Azevedo, Elba Ramalho e Zé Ramalho
02. Coração bobo (Alceu Valença) Alceu Valença e Zé Ramalho
03. Jacarepaguá blues (Zé Ramalho) Alceu Valença
04. Pelas ruas que andei (Alceu Valença / Vicente Barreto) Alceu Valença
05. Talismã (Alceu Valença / Geraldo Azevedo) Geraldo Azevedo e Alceu Valença
06. O ciúme (Caetano Veloso) Geraldo Azevedo
07. Dia branco (Geraldo Azevedo / Renato Rocha) Elba Ramalho
08. O amanhã é distante (Bob Dylan / Vrs. Geraldo Azevedo / Vrs. Babaum) Zé Ramalho e Geraldo Azevedo
09. Admirável gado novo (Zé Ramalho) Zé Ramalho
10. Trem das sete (Raul Seixas) Zé Ramalho
11. Chão de giz (Zé Ramalho) Elba Ramalho e Zé Ramalho
12. Veja (Margarida) (Vital Farias) Elba Ramalho
13. A prosa impúrpura do Caicó (Chico César) Elba Ramalho
14. Tesoura do desejo (Alceu Valença) Alceu Valença e Elba Ramalho
15. Chorando e cantando (Geraldo Azevedo / Fausto Nilo) Elba Ramalho e Geraldo Azevedo
16.
Banho de cheiro (Carlos Fernando) Elba Ramalho
Frevo mulher (Zé Ramalho) Zé Ramalho

Para baixar esse disco, clique aqui.

Se estiver com dificuldade para baixar e descompactar os arquivos, tire suas dúvidas em nosso manual “passo a passo”, clique aqui.

Alceu Valença – Anjo avesso

alceu-valenaa-anjo-avesso-frente

No início da década de 1980, com pressão total da mídia para evidenciar os ritmos estrangeiros, o predestinado Alceu Valença emplaca a música “Anunciação”, hoje famosíssima, de sua autoria. Junto com ela vieram também “Rouge carmin” e a faixa título “Anjo avesso”.

alceu-valenaa-anjo-avesso-verso

Sinto falta da sanfona e da zabumba, pra comandar o os arranjos. Interessante o fato do Zé da Flauta ter participado de quase todas as faixas. Participação especial de Clementina de Jesus na faixa “Batendo o tambor” e destaque para o xote “Escorregando no pífano” do Alceu e do Zé da Flauta.

Alceu Valença – Anjo avesso
1983 – Ariola

#01. Marim dos Caetés (Alceu Valença)
#02. Anunciação (Alceu Valença)
#03. Rouge carmim (Alceu Valença)
#04. Balança coreto (Alceu Valença)
#05. Escorregando no pífano (Zé da Flauta – Alceu Valença)
#06. Filhos da fonte (Alceu Valença)
#07. Batendo tambor (Alceu Valença)
#08. Trovoada (Alceu Valença)
#09. Anjo avesso (Carlos Fernando)

Para baixar esse disco, clique aqui.

Se estiver com dificuldade para baixar e descompactar os arquivos, tire suas dúvidas em nosso manual “passo a passo”, clique aqui.

CD – João do Vale – João Batista do Vale

cd-joao-do-vale

Esse CD foi idealizado por Chico Buarque e ganhou o premio Sharp de melhor disco de música regional, em 1994, ano de seu lançamento.

“Foi o quinto de oito irmãos, dos quais apenas três sobreviveram à infância pobre. Os pais eram agricultores pobres e sem terra. Por volta dos seis anos de idade foi apelidado de “Pé de xote”, pois vivia pulando e dançando.”(Trecho extraído do Dicionário Cravo Albin de MPB)

O trabalho reúne diversos artistas, como Alcione, Alceu Valença, Chico Buarque, Ednardo, Edu Lobo, Fagner, Geraldo Azevedo, Ivon Cury, João Bosco, Luiz Vieira, Maria Bethânia, Marinês, Miucha, Paulinho da viola, Quinteto violado e Zé Ramalho.

Cada música tem um time diferente de instrumentistas e arranjadores, a maioria dos arranjos foi feito por Sivuca, Zé Américo e Marquinhos, destaque para “Pisa na fulô”, “De terezina a São Luiz”, “Forró do beliscão”, “Na asa do vento”, “Peba na pimenta” e “”Matuto transviado”.

João do Vale – João Batista do Vale
1994 – RCA

01 Minha história (Raimundo Evangelista – João do Vale)
02 Pisa na fulô (Silveira Jr. – Ernesto Pires – João do Vale)
03 De Terezina a São Luiz (Helena Gonzaga – João do Vale)
04 Carcará (José Cândido – João do Vale)
05 Pipira (José Batista – João do Vale)
06 O canto da ema (Alventino Cavalcanti – Ayres Vianna – João do Vale)
07 Forró do beliscão (Ary Monteiro – João do Vale)
08 A voz do povo (Luiz Vieira – João do Vale)
09 Estrela miúda (Luiz Vieira – João do Vale)
10 Na asa do vento (Luiz Vieira – João do Vale)
11 As morenas do grotão (José Cândido – João do Vale)
12 Peba na pimenta (Adelino Rivera – José Batista – João do Vale)
13 Uricuri (José Cândido – João do Vale)
14 Matuto transviado (Luiz Wanderley – João do Vale)
15 Maria Filó (Luiz Vieira – João do Vale)
16 O bom filho à casa torna (Eraldo Monteiro – João do Vale)

Para baixar esse disco, clique aqui

Se estiver com dificuldade para baixar e descompactar os arquivos, tire suas dúvidas em nosso manual “passo a passo”, clique aqui.

CD – Viva o forró – Vários

Mais um presente me dado pelo grande amigo Chiquinho, sanfoneiro do Trio Xamego.

Nessa coletânea encontramos músicas nas vozes dos maiores intérpretes e cantores da música nordestina como Dominguinhos, Elba Ramalho, Geraldo Azevedo e Alceu Valença.

Um destaque em especial são para as músicas de Luiz Gonzaga interpretadas por esses artistas.

Coletânea – Viva o forró
Universal Music

01. Elba Ramalho – Bate coração (Cecéu)
02. Alceu Valença – Anjo avesso (Carlos Fernando)
03. Dominguinhos – Isso aqui tá bom demais (Dominguinhos – Nando Cordel)
04. Geraldo Azevedo – Caravana (Geraldo Azevedo)
05. Elba Ramalho – Do jeito que a gente gosta (Severo – Jaguar)
06. Alceu Valença – Vem morena (Luiz Gonzaga – Zé Dantas)
07. Dominguinhos – O cheiro da Carolina (Amorim Roxo – Zé Gonzaga) / O xote das meninas (Zé Dantas – Luiz Gonzaga) / No meu pé de serra (Humberto Teixeira – Luiz Gonzaga)
08. Geraldo Azevedo – O amanhã é distante (Bob Dylan – Versão: Geraldo Azevedo)
09. Elba Ramalho – Forró do poeirão (Cecéu)
10. Alceu Valença – Cintura fina (Luiz Gonzaga – Zé Dantas)
11. Dominguinhos – Riacho do navio (Luiz Gonzaga – Zé Dantas) / A vida do viajante (Luiz Gonzaga – Hervê Cordovil)
12. Geraldo Azevedo – Táxi lunar (Geraldo Azevedo – Zé Ramalho – Alceu Valença)
13. Elba Ramalho – Jogo de cintura (Nando Cordel)
14. Dominguinhos – Asa Branca (Luiz Gonzaga – Humberto Teixeira)

Para baixar esse disco, clique aqui

Se estiver com dificuldade para baixar e descompactar os arquivos, tire suas dúvidas em nosso manual “passo a passo”, clique aqui.

Alceu Valença – Cavalo de pau

alceu-frente

Alceu Paiva Valença, nascido em São Bento do Una – PE, no dia 01 de julho de 1946. Influenciado inicialmente por Jackson do Pandeiro, Luiz Gonzaga e Marinês. E em casa, a formação ficou por conta do avô, Orestes Alves Valença, que era poeta e violeiro.

Aos 10 anos foi para Recife, onde manteve contato com a cultura urbana. Recém-formado em Direito no Recife, em 1969, desistiu das carreiras de advogado e jornalista e resolveu apostar no talento e na sensibilidade artística. Sua música e seu universo temático são universais, mas a sua base está na nordestinidade.

alceu-verso

É considerado um artista que atingiu maior equilíbrio estético entre as bases musicais nordestinas com o universo dos sons elétricos da música pop. Por conta disso, conseguiu dar nova vida a uma gama de ritmos regionais, como o baião, coco, toada, maracatu, frevo, caboclinhos e embolada e repentes cantados com bases rock’n’roll. (Trechos extraídos do Wikipedia)

Destaque para as versões originais de músicas que se tornaram hinos para várias gerações, como “Tropicana”, “Como dois animais” e “Pelas ruas que andei”.

Alceu Valença – Cavalo de pau
1982 – Ariola

* 01. Rima com rima (Alceu Valença)
* 02. Tropicana (Alceu Valença – Vicente Barreto)
* 03. Como dois animais (Alceu Valença)
* 04. Pelas ruas que andei (Alceu Valença – Vicente Barreto)
* 05. Martelo alagoano (Alceu Valença)
* 06. Lava mágoas (Alceu Valença – Dominguinhos)
* 07. Cavalo de pau (Alceu Valença)
* 08. Maracatú (Ascenso Ferreira – Alceu Valença)

Para baixar esse disco, clique aqui.

Se estiver com dificuldade para baixar e descompactar os arquivos, tire suas dúvidas em nosso manual “passo a passo”, clique aqui.

1 2 3 4

Quem somos

Somos uma rede filantrópica colaborativa de colecionadores e músicos.

Uma comunidade que se conheceu e se comunica virtualmente, unidos em torno de uma paixão comum, o forró tradicional.

Quer saber mais da nossa história?
Continue navegando neste portal.

Um grade abraço,
DJ Ivan

Facebook