post image

CD – Xico Bizerra – Forroboxote 07

Colaboração do Xico Bizerra

APRESENTAÇÃO:

XICÂNTICOS DE ALEGRIA

Ricardo Anísio

Lúdico, puro, terno, perene. Ledo encanto. Arte de fazer a emoção saltitar. Chapeuzinho Vermelho e os Sete Anões brincando de roda ao som das canções do Tio Xico, o mimetismo do camaleão que bebe a chuva. Os Irmãos Grimm e Monteiro Lobato osculando a aridez das sertanias. Xicobizerrando a passarada ouve-se o gorjear dos guris como se fossem árias da imaginação, asas dos autos compadecidos da nossa adultidade.

Xicânticos. Lá vem a boneca Emília chiqueirar o lobo-bobo. Lá vão nossas asas no túnel do tempo. Sejamos meninos, meninas, rosas, pássaros, córregos, reis e rainhas. Algodãodocicando cada nota. Eita-pau! Açúcar fura os dentes. Escovemo-nos da maleita. Façamos a colheita. Colhamos sonhos e bebamos os pingos de mel que caem deste CD. Cuidado. O que era doce nunca acabou-se. Eis aqui.

Lá vem o pirata de perna de pau, querendo casar com a Branca de Neve. O sapo não lava o pé porque não quer. Xicantigas. Loas, canção de ninar, miar, pio e pião. Quem chegar por último é o filho da roseira. O peixe vivo quer água morna no inverno. Ciranda, cirandinha. Atira o queijo no rato, e o pau no chato e na galocha.

Aqui neste disco tudo pode, tudo se deve, tudo de bom. Reaprender a cantar, brincar, ser gente. Esquecer as queixas, os cachos, os chiques. Elucide-se a trama do Tio Xico, que quer nos levar à Terra do Nunca. Pois então, vamos. Peter Pan não envelhece. Vamos ninar o coração dos que são estrelas nos céus de chumbo. Soldadinhos, barco de papel, carro de lata. Tudo vale quando a alma é alva. Xico Bizerra nos concede tudo. E tudo não precisa de muito. Basta-nos alegria, inocência e amor.

Menino Maluquinho, Mônica, Cascão, Ziraldo, Maurício de Sousa e Xico Bizerra…Lá vamos todos na bArca de Noé. Apertem os cintos: Plunct, Plact, Zum! Vamos a lugar algum. Vamos neste CDiscovoador que nos levará à Alegrilândia.

Bemvindos à Terra do Sempre!

Ricardo Anísio é Poeta, Jornalista e Escritor, autor dos Livros MPB a A a Z e Canção do Fogo, dentre outros
Setembro de 2007

INFÂNCIA LEVADA A SÉRIO

Não tem sido fácil para o povo brasileiro, fruto da confluência de matrizes étnicas tão díspares, constituir o próprio rosto, assumir uma identidade coletiva, se ver como uma gente única, consciente e orgulhosa de si.

Como juntar os múltiplos pedaços de que somos feitos? Como lutar contra as forças políticas e econômicas que nos massificam e que necessitam de homens mutilados, sem imaginação, sem criatividade e sem vida? Como fazer frente à indústria cultural que se apossa dos meios de comunicação para nos fazer engolir o produto mal acabado que nos descaracteriza? Qualquer um de nós, com um pingo de bom senso e de conhecimento, sabe como é urgente encontrar as respostas que nos devolverão a nós mesmos.

É nessa luta dramática e comovente que se engaja o meu amigo XICO BIZERRA. Faz tempo que ele mostra a cara do seu povo na música que faz. Agora, se lança a um desafio maior: produzir artisticamente para crianças. E só quem leva a infância a sério sabe das armadilhas que esperam quem se entrega a essa aventura. Muitos, seduzidos pela tarefa de ‘ensinar’, adotam um tom moralizador e professoral. As crianças bocejam enfastiadas. Outros forçam uma linguagem adocicada, diminutiva e de falsa simplicidade. As crianças torcem o nariz.

Os que trazem a chave certa sabem que o segredo é entrar no pensamento mágico com sua lógica toda própria, falando uma linguagem lúdica, desarticuladora das estruturas imobilizantes que se cristalizam no tempo. É através do sensível, do emotivo, da intuição que a criança chega ao autoconhecimento e ao mundo cultural em sua sociedade. É por aí que um povo se faz: na consciência de mundo que se assimila na infância. E esse mundo que XICO BIZERRA nos entrega é cheio de promessas de um futuro mais bonito.

Esse XICO BIZERRA, homem/menino/semente que se plenifica completamente como homem porque sabe brincar, reuniu o grupo para acompanhá-lo: as vozes brincantes de Cristiane Quintas, Nena Queiroga e Geraldo Maia, um coro de vozes infantis e instrumentistas que conhecem profundamente o chão da música nordestina. E o que nos entrega é essa riqueza de imagens poéticas, jogos verbais e rítmicos, aliterações, assonâncias, rimas, trocadilhos, personificações … tudo movido ao som de xotes, baiões, xaxados, sambas de latada … tudo muito nosso para que os pequenos aprendizes de cultura e continuadores da vida tenham orgulhos do que são e se façam, por sua vez, sementes de um país melhor.

Haidée Camelo, Professora de História da Cultura Brasileira e de Literatura Infantil da Universidade Católica de Pernambuco
Setembro de 2007

CANTIGAS DE RODA E DO SERTÃO PARA DESAVERMELHAR PEQUENOS CHAPÉUS E EXORCIZAR A MALDADE DOS LOBOS

Este trabalho tem a pretensão de utilizar a literatura infantil como ferramenta de educação e cultura, tratando a criança com inteligência e rspeito. Um dos intuitos é nela despertar o sonho de poder sonhar, de provocar uma viagem pelo universo lúdico da imaginação, mediante utilização dos poemas musicados e das próprias músicas. Todas as músicas tratam de temas ligados à natureza e ao dia-a-dia das crianças nordestinas, brasileiras.

As cantigas de roda tradicionais – todas as músicas têm como tema de abertura uma delas, são brincadeiras infantis, onde as crianças se dão as mãos, em roda, para cantá-las. As melodias dessas canções são tão marcantes que, ao ouvi-las, regressamos ao tempo bom da infância. Têm elas, também, o poder de envolver de maneira coletiva várias brincadeiras e danças. Contribuem, dessa forma, para a socialização e desinibição da criança, ao estimular o olhar frente a frente, o toque corporal, a exposição consentida. Desenvolvem, por outro lado, o senso de organização coletiva através da roda e do senso rítmico oferecido pela música e pelo movimento corporal que ela cria.

Se, de alguma forma, estivermos contribuindo para a valorização de nossa cultura regional e o engrandecimento pessoal de alunos, pais e mestres que se utilizarem de nosso trabalho como instrumento abrasileirado de educação, de aprimoramento cultural e de socialização, daremos a tarefa como bem cumprida.

Xico Bizerra, entre um pingo de chuva e um brilho de estrela, vendo a lua clarear o mar de Candeias, numa noite de Setembro de 2007.

Textos retirados do sítio oficial de Xico Bizerra, para mais informações, acesse: http://www.forroboxote.com.br

Xico Bizerra – Forroboxote 07
2007

01. Bicho (Xico Bizerra – Roberto Cruz) Geraldo Maia e Cristiane Quintas
02. Lua (Xico Bizerra – Roberto Cruz) Cristiane Quintas
03. Água (Xico Bizerra – Roberto Cruz) Nena Queiroga e Cristiane Quintas
04. Casa (Xico Bizerra – Roberto Cruz) Cristiane Quintas
05. Chuva (Xico Bizerra – Roberto Cruz) Cristiane Quintas
06. Terra (Xico Bizerra – Roberto Cruz) Cristiane Quintas
07. Flor (Xico Bizerra – Roberto Cruz) Lívia Cavalcanti e Cristiane Quintas
08. Vento (Xico Bizerra – Roberto Cruz) Cristiane Quintas
09. Sol (Xico Bizerra – Roberto Cruz) Cristiane Quintas
10. Semente (Xico Bizerra – Roberto Cruz) Cristiane Quintas e Nena Queiroga
11. Estrela (Xico Bizerra – Roberto Cruz) Cristiane Quintas
12. Passarinho (Xico Bizerra – Roberto Cruz) Cristiane Quintas

Para baixar esse disco, clique aqui.

Se estiver com dificuldade para baixar e descompactar os arquivos, tire suas dúvidas em nosso manual “passo a passo”, clique aqui.

CD – Damásio do Acordeon – Chegou São João

Colaboração do Damásio do Acordeon.

Mais um disco lançado pelo Damásio do Acordeon, todos gravados de forma independente.

Damásio do Acordeon – Chegou São João
2007

01- Chegou São João (Cícero Gomes – Chico da Velha)
02- Coco xamegado (Damásio do Acordeon)
03- Sanfoneiro velho (Damásio do Acordeon)
04- Festejo (Camarão)
05- Estrela Gonzaga (Damásio do Acordeon)
06- Forroriando (Damásio do Acordeon)
07- O padre e a ecologia (Willian Brito – Damásio do Acordeon)
08- Forró em Salgueiro (Damásio do Acordeon)
09- Garota (Damásio do Acordeon)
10- Forró nas posses (Damásio do Acordeon – Fabiano Monteiro)
11- Não me deixe só (Damásio do Acordeon)
12- Forró moderno (Gennaro)
13- Forró xamego (Damásio do Acordeon)
14- Laís (Damásio do Acordeon)
15- Só no penerado (Damásio do Acordeon)
16- Forró pro Fabiano (Damásio do Acordeon)

Para baixar esse disco, clique aqui.

Se estiver com dificuldade para baixar e descompactar os arquivos, tire suas dúvidas em nosso manual “passo a passo”, clique aqui.

CD – Yamandu e Dominguinhos – Yamandu+Dominguinhos

Um registro histórico desse encontro entre duas feras, de duas gerações diferentes e de músicos com influências completamente opostas geográficamente.

Um disco todo instrumental, apenas com o acordeon de Dominguinhos e o violão de sete cordas de Yamandú.

Para os instrumentistas, uma aula, e para os ouvintes em geral um presente para se ouvir sempre.

Yamandu e Dominguinhos – Yamandu+Dominguinhos
2007

01. Molambo (Jayme Florence – Mesquita)
02. Perigoso (Orlando Silveira – Esmeraldino Salles)
03.
João e Maria (Sivuca – Chico Buarque)
Feira de Mangaio (Sivuca – Glória Gadelha)
04. Estrada do sol (Tom Jobim – Dolores Duran)
05. Velho realejo (Custódio Mesquita – Sadi Cabral)
06. Chorando baixinho (Abel Ferreira)
07. Domingando (Dominguinhos)
08. Wave (Tom Jobim)
09. Pedacinho do céu (Waldir Azevedo)
10. Bonitinho (Yamandú Costa – Dominguinhos)
11. Xote miudinho (Dominguinhos)
12. Escadaria (Pedro Raimundo)
13. Bagualito (Yamandú Costa)
14. Te cuida rapaz (Dominguinhos – Anastácia)
15.
Asa Branca (Luiz Gonzaga – Humberto Teixeira)
Prenda Minha (D.P.)

Para baixar esse disco, clique aqui.

Se estiver com dificuldade para baixar e descompactar os arquivos, tire suas dúvidas em nosso manual “passo a passo”, clique aqui.

CD – Zenilton – Acabou-se tudo

Colaboração do Zenilton

Esse é o mais recente álbum gravado pelo Zenilton, nem ele mesmo se lembrava da data, mas acreditamos que tenha sido 2007.

Zenilton – Acabou-se tudo
2007

01 – Acabou-se tudo (Zenilton – Durval Vieira)
02 – Gozar a vida (Zenilton)
03 – Namorando no escuro (Zenilton)
04 – Ta dentro deixa (Zenilton)
05 – O Tadeu comeu (Zenilton)
06 – Estão roubando meu baião (Zenilton)
07 – O Zé não bebe mais (João Lourenço – Zenilton)
08 – Transação (Zenilton)
09 – Areia branca (João Lourenço – Zenilton)
10 – O Rio São Francisco (Zenilton)
11 – Mulher gosta de dinheiro (Zenilton)
12 – A vaca louca (Téo Azevedo – Zenilton)
13 – O jumento de Damião (Zenilton – João Lourenço)
14 – Corno rico e corno pobre (Téo Azevedo – Zenilton)

Para baixar esse disco, clique aqui.

Se estiver com dificuldade para baixar e descompactar os arquivos, tire suas dúvidas em nosso manual “passo a passo”, clique aqui.

CD – Cezinha – Convidando a transbordar

Colaboração do acordeonista Jorge Donadeli

“Cézar Thomaz começou sua carreira aos 13 anos, como autodidata, através do incentivo de seu pai. Seus primeiros passos no caminho da profissionalização musical, ainda adolescente, foi na Orquestra Sanfônica, onde fez diversas apresentações a convite de Terezinha do Acordeon. Com a Orquestra Sanfônica, percorreu todo o estado de Pernambuco, merecendo destaque por onde se apresentou pela pouca idade e talento musical nato.

Rapidamente tornou-se um grande instrumentista e suas habilidades chamaram a atenção de grandes nomes do cenário musical brasileiro. O grande músico Dominguinhos foi o primeiro a reconhecer a grande habilidade musical de Cezinha como sanfoneiro, passando a convidá-lo para participar de seus shows e indicá-lo para acompanhar vários artistas.

Aos 24 anos se prepara para lançar seu primeiro CD autoral, ‘Convidando à transbordar’, que reúne 12 faixas, entre elas quatro instrumentais e algumas em parceria com Fábio Simões. O CD traz, também, músicas de nomes como Dominguinhos, Gonzaguinha e Accioly Neto.” (Fonte)

Cezinha – Convidando a transbordar
2007

01 – Forró brasileiro (Cezinha – Fábio Simões)
02 – Recado (Cezinha – Fábio Simões)
03 – Seja como flor (Dominguinhos – Gonzaguinha)
04 – De mim pra tu (Cezinha)
05 – Saudade já não dá (Cezinha – Fábio Simões)
06 – Depois da derradeira (Dominguinhos – Fausto Nilo)
07 – E aí, seu Domingos (Cezinha)
08 – Beija flor (Cezinha)
09 – Pegadinho (Cezinha)
10 – Nas asas da ilusão (Accioly Neto)
11 – Balanço bom (Cezinha – Fábio Simões)
12 – Frevo em Camaragibe (Cezinha)

Para baixar esse disco, clique aqui.

Se estiver com dificuldade para baixar e descompactar os arquivos, tire suas dúvidas em nosso manual “passo a passo”, clique aqui.

CD – Luiz Paulo – Cada vez melhor

luiz-paulo-2007-cada-vez-melhor-capa

Colaboração do Professor Markão.

luiz-paulo-2007-cada-vez-melhor-encarte

“Esse é o último trabalho do Luiz Paulo, lançado em 2007, com Erivaldinho do Acordeon na sanfona, um disco muito bom. Luiz Paulo, atualmente reside em Aracaju – SE, onde ainda bota muita gente pra dançar.”

luiz-paulo-2007-cada-vez-melhor-foto

“O 2º CD ‘Cada vez Melhor’ é apenas o segundo CD solo, ficou fazendo participações em alguns discos e fez apanhado de músicas gravadas, com destaque para última faixa ‘Quadrilha é cultura’ que é agora tema para várias quadrilhas e é a música oficial do concurso de quadrilhas em Sergipe, CD de 2008.” (Palavras do Markão, filho do Luiz Paulo)

luiz-paulo-2007-cada-vez-melhor-contracapa

Participação de Marcos Paulo nas faixas “Versos de amor”, “Um baú de amor” e “Ilusão de criança”, participação dos músicos do Trio Juriti, na zabumba com Escurinho e nos back vocais, com Thais e Mestrinho.

Luiz Paulo – Cada vez melhor
2007

01 Você fala depois (Luiz Paulo)
02 Depende só de você (Marcelo Ribeiro – Marcos Passos)
03 Quer ganhar meu coração? Eu dou (Luiz Paulo)
04 Eu te amo e tu me amas (Luiz Paulo)
05 Retrato da solidão (Luiz Paulo)
06 Versos de amor (Marcos Paulo)
07 Estou na fossa (Luiz Paulo)
08 Súplica nordestina (Luiz Paulo)
09 Um baú de amor (Luiz Paulo)
10 Ilusão de criança (Luiz Paulo)
11 Ela é cruel (Luiz Paulo)
12 Sou sergipano (Luiz Paulo)
13 Cícero, Luiz e Damião (Luiz Paulo)
14 Quadrilha é cultura (Luiz Paulo)

Para baixar esse disco, clique aqui.

Se estiver com dificuldade para baixar e descompactar os arquivos, tire suas dúvidas em nosso manual “passo a passo”, clique aqui.

CD – Walmir Silva – Desabafo do artista

walmir-cpa

Colaboração do Nilson Araújo, da Sala Nordestina de Música

“E se prepare que é um CD da bixiga lixa!
Do caruaruense Walmir Silva, forrozeiro das antigas, mas atualíssimo.

walmir-com-ricardo

O crítico Ricado Anísio disse tudo e um pouco mais, entretanto gostaria de relatar um detalhe: Por causa da música título ‘Desabafo de artista’, em que o Walmir diz que parte com saudade sua terra porque lá não dá mais pra ficar já que o artista da terra não tem valor e se lá ele não tem valor vai morar em outro lugar e aí desata a falar a verdade sobre a falta de valorização/reconhecimento e até pra receber seu dinheirinho, enquanto os de fora recebem adiantado, ele demora pra receber, e exatamente por isso o patrocínio da Prefeitura de Caruaru à época (2007) foi pras cucuias e até hoje ninguém viu a cor do dinheirim e não recebeu nadica de nada.

walmir-fcha

A letra é arretada (e o forró mais ainda) assim como várias outras, como por exemplo ‘Casa de Maroca’; ‘Deixe Biu’ (relembrando os tempos de duplo sentido, mesmo) entre outras. Esse foi mais um trabalho de produção do Herbert Lucena, que participa na faixa ‘Molhadinho de suor’. Participações, também, de Genário e Maciel Melo.

walmir-ccpa

Um dos melhores trabalhos de 2007 mas que não teve muita divulgação, até porque a verba acertada com a prefeitura não foi recebida, conforme já expliquei.
É forró dos antigos, mesmo!”

Walmir Silva – Desabafo do artista
2007 – Coreto Records

01- Casa de maroca ( Walmir Silva )
02- No balanço do meu bem ( Toinho de Alagoas)
03- Desabafo de artista ( Walmir Silva )
04- Tem nada não ( Walmir Silva ) Part. de Gennaro-Voz e acordeon
05- Deixe Biu ( Walmir Silva)
06- Homem apaixonado (Walmir Silva)
07- Procure me esquecer ( Walmir Silva)
08- Vida de nordestino (Walmir Silva) Part. Maciel melo
09- Onde eu descanço (Brito lucena)
10- Trinta dias de forró ( Walmir Silva)
11- Molhadinho de suor (Walmir Silva) Part. Herbert Lucena
12- Forró do casal ( Walmir Silva)
13- Velho rio Ipojuca ( Ismael Moura e Walmir Silva)
14- Amor indo e voltando ( Tiago Duarte)

Para baixar esse disco, clique aqui.

Se estiver com dificuldade para baixar e descompactar os arquivos, tire suas dúvidas em nosso manual “passo a passo”, clique aqui.

CD – Banda Kartuxo – Banda Kartuxo

16989155

Colaboração do Jairo Melo, de Vicência – PE

digitalizar00011

Banda Kartuxo:

Sanfona: Juarez do Acordeon
Baixo: Tiago
Bateria: Alesson Aguiar
Teclado: Gleison Santos
Triângulo: Tony Vaqueiro
Trompete: Gêneses
Trombone: Cledmilson
Sax/Clarinete: Lenílson
Zabumba: Barrossé
Vozes: Chik, Britto e Tati

digitalizar00021

A banda lançou seu primeiro disco em 2001 e esse é o quinto disco, de 2007, gravado ao vivo.

Banda Kartuxo – Banda Kartuxo
2007

01 Chora sanfona (Chik)
02 Ela nem olhou pra mim (Petrúcio Amorim – Alcymar Monteiro)
03 Asas do vento (Gilvan Neves)
04 No toque da sanfona (Félix Porfírio)
05 Vem morena (Chik e Luizinho Calixto)
06 O que passou passou (Chik)
07 Doidinho, doidinho (Dominguinhos)
08 Anjo querubim (Petrúcio Amorim)
09 Cantando o nordeste (Chik)
10 Eu nunca esqueci você (Nando Cordel)
11 Pout pourri:
Chega morena (Dominguinhos – Guadalupe – Climério)
Sala de reboco (Luiz Gonzaga – Zé Marcolino)
12 Cometa mambembe (Edmundo Cardoso – Carlos Pita)
13 Pout pourri:
Cavaleiro alado (Alcymar Monteiro – João Paulo Junior)
Banquete de signos (Zé Ramalho)

Para baixar esse disco, clique aqui.

Se estiver com dificuldade para baixar e descompactar os arquivos, tire suas dúvidas em nosso manual “passo a passo”, clique aqui.

CD – Gilvan Neves – 30 anos de forró

2007-gilvan-neves-30-anos-de-forra-capa

Colaboração do Jairo Melo, de Vicência – PE.

2007-gilvan-neves-30-anos-de-forra-verso

“Comemoração de 30 anos de carreira desse que é um dos maiores compositores do nosso forró. O caruaruense Gilvan Neves tem além das parcerias, suas composições gravadas por ícones da música nordestina como: Os 3 do Nordeste, Alcymar Monteiro, Jorge de Altinho, Genival Lacerda dentre muitos outros nomes. Destaque para ‘Vamos Balançar’, que tem a participação especial de Jorge de Altinho; e para ‘Amor Sincero’.”

Participações especiais de Genival Lacerda na faixa “Forró do Mexe-mexe”; de Flávio José na faixa “Amar é bom” ambas composições de Gilvan Neves e Josely Portela; Alcymar Monteiro nas faixas “Casinha no pé-da-serra” e “Caruaru meus parabéns”de Gilvan Neves e Alcymar Monteiro; e de Maciel Melo na faixa “Caprichoso e carinhoso” de Gilvan Neves.

Gilvan Neves – 30 anos de forró
2007

01 – Pout-porri:
Café com leite (Gilvan Neves – Marrom)
Forró do mexe-mexe (Gilvan Neves – Josely Portela)
02 – Amar é bom (Gilvan Neves – Josely Portela)
03 – Minha metade (Gilvan Neves – Alcymar Monteiro)
04 – Casinha no pé-da-serra (Gilvan Neves – Alcymar Monteiro)
05 – Pout-porri:
Caprichoso e carinhoso (Gilvan Neves)
Arrocha o nó (Gilvan Neves)
06 – Amor sincero (Gilvan Neves – Jorge de Altinho)
07 – Nas asas do vento (Gilvan Neves)
08 – Pout-porri:
A saudade (Gilvan Neves)
Pra te dar amor (Gilvan Neves)
09 – Pout-porri:
Vamos balançar (Gilvan Neves)
A brincadeira do forró (Gilvan Neves – Ajauma)
10 – Renascendo o amor (Gilvan Neves)
11 – Deixa a tristeza de lado (Firo de Caruaru – Gilvan Neves)
12 – Remédio pra curar a saudade (Gilvan Neves – Alcymar Monteiro)
13 – Caruaru meus parabéns (Gilvan Neves – Alcymar Monteiro)

Para baixar esse disco, clique aqui.

Se estiver com dificuldade para baixar e descompactar os arquivos, tire suas dúvidas em nosso manual “passo a passo”, clique aqui.

CD – Marinês – Ontem, hoje e sempre

marinas-cp

Colaboração do Nilson Araújo, da Sala Nordestina de Música.

marinas-ccp

“Falar o que sobre Marinês?
Mexendo no meu acervo por aqui descobrí um.
No ano passado logo após a partida para outro plano da rainha Marinês ao estar na minha terra natal, Campina Grande, houve um evento do seu filho, Marcos Farias, no Teatro Municipal, onde adquirí este CD, com alguns registros arretados da nossa rainha, em CD Promocional que vale a pena ser divulgado.

Marinês. Ontem, hoje e sempre.
Assim como Gonzaga e Jackson… Insubstituível!”

Marinês – Ontem, hoje e sempre
2007

01 Desabafo (Cecéu)
02 Não cheguei pro seu nariz (Cecéu)
03 Divergência (Cecéu)
04 Pisa na fulô (João do Vale)
05 Maria coisa (João do Vale)
06 Ladeira do penar (Dominguinhos – Anastácia)
07 Tema do juizo final (Cecéu)
08 Corina (Zé Dantas)
09 Mestre mundo (Julinho do Acordeon)
10 Sininho do amor (Niquinho)
11 No meu Cariri (Rosil Cavalcante)
12 Cerca velha (Janduy Filizola)
13 O nordeste precisa de paz (DR)
14 Carcará (Zé Cândido – João do Vale)
15 Carinhoso (Pixinguinha – Braguinha)

Para baixar esse disco, clique aqui.

Se estiver com dificuldade para baixar e descompactar os arquivos, tire suas dúvidas em nosso manual “passo a passo”, clique aqui.

1 2 3 4 5 6

Quem somos

Somos uma rede filantrópica colaborativa de colecionadores e músicos.

Uma comunidade que se conheceu e se comunica virtualmente, unidos em torno de uma paixão comum, o forró tradicional.

Quer saber mais da nossa história?
Continue navegando neste portal.

Um grade abraço,
DJ Ivan

Facebook