CD – Coletânea – Aquarela Junina

frente

Colaboração do Lourenço Molla, de João Pessoa – PB

Selo

As 03 primeiras faixas são cantadas e a quadrilha é marcada por Zé Garrafão.

Verso

As 03 últimas faixas são instrumentais, com as mesmas músicas, só que sem a marcação.

Coletânea – Aquarela Junina
1996 – Brasis

01
São João do rarão (Agostinho Silva – Talmo)
Noites do junho (João de Barro – Alberto Ribeiro)
Cai, cai, balão (Agostinho Silva – Talmo)
Antonio, Pedro e João (Osvaldo Santiago – Benedito Lacerda)
Chegou a hora da fogueira (Lamartine Babo)
Capelinha de melão (João de Barro – Alberto Ribeiro)
Isto é lá com Santo Antonio (Lamartine Babo)
Sonho de papel (Alberto Ribeiro)
Pula a fogueira (Getulio Marinho – João Bastos Filho)
São João do rarão (Agostinho Silva – Talmo)
02
Alegria no arraia (Agostinho Silva – Talmo)
Olha pro céu (Luiz Gonzaga – José Fernandes)
Chora viola (Venancio – Corumba)
O sanfoneiro só tocava isso (Haroldo Lobo – Geraldo Medeiros)
Mulher rendeira (Agostinho Silva – Talmo)
Festa no arraia (Agostinho Silva – Pedro Lopes – Talmo)
Naquele São João (Antonio Barros)
É Madrugada (Antonio Barros)
03
Quadrilha brasileira (Gerson Filho – Zé Maria)
Quadrilha do Zé Moringa (Agostinho Silva – Talmo)
Quadrilha do Bacural (Sivuca – Afonso Gadelha)
Quadrilha do Zé Pipa (Agostinho Silva – Talmo)
Fim de festa (Zito Borborema)
Quadrilha brasileira (Gerson Filho – Zé Maria)
04 Instrumental
05 Instrumental
06 Instrumental

Para baixar esse disco, clique aqui.

Se estiver com dificuldade para baixar e descompactar os arquivos, tire suas dúvidas em nosso manual “passo a passo”, clique aqui.

CD – Zé Duarte – Não é proibido

frente

Colaboração do sergipano Everaldo Santana

verso

Gravado em 24 canais, em Caruaru – PE.

Zé Duarte – Não é proibido
1996 – Sky Blue Music

01 – Casal de Gatos (Zé Duarte – Zé Silva)
02 – Nem tudo brilha (Zé Duarte – Durval Vieira)
03 – Cuidado com o Bráulio (Zé Duarte – João Gonçalves)
04 – Bat.cum (Zé Duarte – Durval Vieira)
05 – Na Casa do velho Dão (Zé Duarte – Zé Silva)
06 – Sandra (Zé Duarte – Diva)
07 – Eu quero aquilo (Zé Duarte – Durval Vieira)
08 – Forró do Lengo-lengo (Zé Duarte – Durval Vieira)
09 – Não é proibido (Zé Duarte – Durval Vieira)
10 – É lá e cá (Juarez Santiago – Zé Duarte)
11 – Não sei quem foi (Zé Duarte – Durval Vieira)
12 – Teu Sangue é meu (Zé Duarte – Durval Vieira)

Para baixar esse disco, clique aqui.

Se estiver com dificuldade para baixar e descompactar os arquivos, tire suas dúvidas em nosso manual “passo a passo”, clique aqui.

Mestre Zinho – Jóia rara

capa

Colaboração do Érico Sátiro, de João Pessoa – PB

verso

Disco lançado também em LP.

No caso, o CD vem com uma faixa a mais: “Bahia com H e tudo” de João Silva, Antonio José e Zinho.

Mestre Zinho – Jóia rara
1996 – ANL Discos

01. Saudade D’cce (Meu Acalantro) (Almir Padilha)
02. Tou Mal de Vida (Agamenon / Zinho)
03. Além da Feira (Eliezer Setton)
04. Ninguém Segura o Nosso Amor (João Silva / Iranilson)
05. João Matuto (Hélio Livino)
06. Riacho Dourado (Zinho / Agamenon)
07. Saudade (Tião Marcolino)
08. A Maior Festa Do Anom (João Silva / Zé Moco)
09. Forró do Amor (Zinho / Eliezer Setton)
10. Não Preciso de Você (Zinho)
11. Festa do Vaqueiro (Zinho / Agamenon)
12. Terra Boa (Zinho – Juvenal Lopes)
13. Pra Dançar Com Meu Amor (João Silva / Paulo Murilo)
14. Moça Menina (Zinho)
15. Bahia com H e tudo (João Silva / Antonio José / Zinho)

Para baixar esse disco, clique aqui.

Se estiver com dificuldade para baixar e descompactar os arquivos, tire suas dúvidas em nosso manual “passo a passo”, clique aqui.

post image

CD – Sirano – Do batente à fora, cabra solteiro

Colaboração do Carlos Alberto, de Morada Nova – CE

“Com dezoito cds gravados, Sirano começou sua carreira no Ceará, sua terra natal, aos sete anos de idade. Aos onze já tocava sanfona com seu pai e irmãos. Em 1979, montou sua primeira banda que o levou a ser convidado a percorrer o Nordeste com o cantor Messias Holanda, em 1981, a exemplo de Luiz Gonzaga, que criou seu estilo próprio, cantando o nordeste, suas cidades, modo de vida, secas, pássaros, etc.

Sirano também criou seu estilo de forró onde relata principalmente as brincadeiras, vaquejadas, às “cornagens” e o dia-a-dia humorístico do­ nordestino. Em 1982, com o presente que recebeu do nosso maior sanfoneiro, Luiz Gonzaga, Sirano passou a fazer shows solo, inclusive showmicios. Aliás, na campanha de Fernando Henrique Cardoso para Presidente da República, executava o Hino Nacional em sua sanfona.” (Extraído do seu release)

Sirano – Do batente à fora, cabra solteiro
1996 – Royal

01 – Dia Dia do Forrozeiro (Sirano)
02 – Do Batente a Fora Cabra Solteiro (Sirano)
03 – Não Levo Mulher Pro Forró (Sirano)
04 – Bem Longe De Mim (Sirano)
05 – Jeito Bom (Zé Clementino)
06 – Danada da Pensão (Sirano)
07 – Forró pra Valdeci (Sirano)
08 – Festa de Peão (Sirano)
09 – Loura Carinhosa (Sirano)
10 – Cara Lisa (Sirano)
11 – Sou Teu Amigo (Sirano)
12 – A Mulher Querendo é Bom Demais (Sirano)
13 – A Noite é Uma Criança (Sirano)
14 – Briga de Casal Ninguém se Mete (Sirano)
15 – Tributo aos Mamonas Assassinas (Sirano)

Para baixar esse disco, clique aqui.

Se estiver com dificuldade para baixar e descompactar os arquivos, tire suas dúvidas em nosso manual “passo a passo”, clique aqui.

post image

CD – Eliane – Cheiro de povo

Décimo terceiro disco da Eliane.

Destaque para “Me dá seu coração” de Accioly Neto.

Eliane – Cheiro de povo
1996 – Continental

01 Chiclete (Tivas – Waldir Luz)
02 Vou te esperar (Rita de Cassia)
03 Quero um pouco (Sirano)
04 Me dá seu coração (Accioly Neto)
05 Só sei te amar (Elias Muniz – Luiz Carlos)
06 De coração aceso (Tivas – Waldir Luz)
07 Gosto de gostar (Antonio Barros – Cecéu)
08 Tapa de amor (Accioly Neto)
09 Coração feito menino (Paulo Onça – Jorge Inácio – Bororó Felipe)
10 Palha de coqueiro (Denis)
11 Como encontrar (Rita de Cassia)
12 Jeito de viver (Dadá Moreira)
13 Não fico sem você (Waldir Luz – Greyce)
14 Sabor de mel (Pitico – Simonal do Tempero)

Para baixar esse disco, clique aqui.

Se estiver com dificuldade para baixar e descompactar os arquivos, tire suas dúvidas em nosso manual “passo a passo”, clique aqui.

post image

CD – Paulo Ney – Forrózão do Paulo Ney

Colaboração do Carlos Alberto, de Morada Nova – CE

Segundo disco do Paulo Ney

Produzido por Natinho da Ginga.

Paulo Ney – Forrózão do Paulo Ney
1996 – Virgin Brasil

01 – Peruca de Touro
02 – Amor Verdadeiro
03 – Me Tira Desta Prisão
04 – Tá na Cara
05 – Vida de Solteiro
06 – Motorista Brasileiro
07 – Jogo de Cintura
08 – Subindo ao Céu
09 – Não Faz
10 – Cabloco Forte
11 – Vaqueiro Atrevido
12 – Chegando a Fortaleza

Para baixar esse disco, clique aqui.

Se estiver com dificuldade para baixar e descompactar os arquivos, tire suas dúvidas em nosso manual “passo a passo”, clique aqui.

post image

Os Amantes do Forró – Apêlo a sociedade

Um forró bem cadenciado.

Com músicas simples e letras positivas.

Formação: Zuza, Cicinho, Cesar e Toninho.

Os Amantes do Forró – Apêlo a sociedade
1996 – JCF

01 Convite aos forrozeiros (Zuza – Terezinha)
02 Acordar cedinho (Zuza – Angela)
03 Saudades de outrora (Zuza – Val)
04 Lembrança do Sena (Zuza – Cicinho)
05 Na noite de São João (Zuza)
06 Você vai tocar (Zuza – Cesar)
07 Ajude o nordeste (Zuza – Marinho)
08 Apêlo a sociedade (Zuza – Cicinho)
09 A procura de uma flor (Cicinho)
10 Deus me de força (Zuza – Terezinha)

Para baixar esse disco, clique aqui.

Se estiver com dificuldade para baixar e descompactar os arquivos, tire suas dúvidas em nosso manual “passo a passo”, clique aqui.

CD – Jacinto Silva – Caruaru capital do forró

Colaboração do Nilson Araújo, da Sala Nordestina de Música

“Olha um CD só editado na França e me cedido gentilmente pelo produtor musical, cantor e seguidor do Jacinto, Herbert Lucena.”

“Uma raridade!”

“É bom destacar que nas faixas ‘A força que o forró tem’ e ‘Sabor de hortelã’ quem canta é o sanfoneiro Caxiado, além da participação de Addias Campos no côro”

Infelizmente em nenhum ponto são citados os autores das faixas e nem a data de lançamento.

Jacinto Silva – Caruaru capital do forró
1996

01 A força que o forró tem
02 o mundo encantado do forró
03 So mulher é que faz o homem sofrer
04 Em nome do sol
05 A beleza da flor
06 Amor de Madalena
07 Sabor de hortelã
08 Fonte de luz
09 Forrozando em Caruaru

Para baixar esse disco, clique aqui.

Se estiver com dificuldade para baixar e descompactar os arquivos, tire suas dúvidas em nosso manual “passo a passo”, clique aqui.

CD – O Grande Encontro – O Grande Encontro

o-grande-encontro-1996-capa

Colaboração do Arlindo.

É o primeiro dos 3 CDs do projeto “O Grande Encontro”.

o-grande-encontro-1996-foto

A partir deste ainda viriam a ser lançados os volumes 02 e 03, tão grande foi o sucesso do lançamento.

o-grande-encontro-1996-pablico

Deste projeto participaram Alceu Valença, Geraldo Azevedo, Zé Ramalho e Elba Ramalho.

o-grande-encontro-1996-verso

Uma composição de Luiz Gonzaga abre o disco, em seguida uma seleção dos maiores sucessos do forró-mpb, um disco muito bom.

O Grande Encontro – O Grande Encontro
1996 – BMG

01. Sabiá (Luiz Gonzaga / Zé Dantas) Alceu Valença, Geraldo Azevedo, Elba Ramalho e Zé Ramalho
02. Coração bobo (Alceu Valença) Alceu Valença e Zé Ramalho
03. Jacarepaguá blues (Zé Ramalho) Alceu Valença
04. Pelas ruas que andei (Alceu Valença / Vicente Barreto) Alceu Valença
05. Talismã (Alceu Valença / Geraldo Azevedo) Geraldo Azevedo e Alceu Valença
06. O ciúme (Caetano Veloso) Geraldo Azevedo
07. Dia branco (Geraldo Azevedo / Renato Rocha) Elba Ramalho
08. O amanhã é distante (Bob Dylan / Vrs. Geraldo Azevedo / Vrs. Babaum) Zé Ramalho e Geraldo Azevedo
09. Admirável gado novo (Zé Ramalho) Zé Ramalho
10. Trem das sete (Raul Seixas) Zé Ramalho
11. Chão de giz (Zé Ramalho) Elba Ramalho e Zé Ramalho
12. Veja (Margarida) (Vital Farias) Elba Ramalho
13. A prosa impúrpura do Caicó (Chico César) Elba Ramalho
14. Tesoura do desejo (Alceu Valença) Alceu Valença e Elba Ramalho
15. Chorando e cantando (Geraldo Azevedo / Fausto Nilo) Elba Ramalho e Geraldo Azevedo
16.
Banho de cheiro (Carlos Fernando) Elba Ramalho
Frevo mulher (Zé Ramalho) Zé Ramalho

Para baixar esse disco, clique aqui.

Se estiver com dificuldade para baixar e descompactar os arquivos, tire suas dúvidas em nosso manual “passo a passo”, clique aqui.

CD – Flávio José – O melhor de

flavio-josa-1996-o-melhor-de-capa

Um disco muito bacana do Flávio José, que é sempre lembrado pelos belos xotes que se tornaram grandes clássicos, para contrariar essa fama, esse disco trás diversos ritmos e entre eles, poucos xotes.

flavio-josa-1996-o-melhor-de-ficha

Participação especial de Cristina Amaral na faixa “Só o tempo é quem vai dizer” de Flávio José. Duas das músicas são instrumentais, são elas: “Forró em Monteiro” de Arlindo dos 8 Baixos e “Forró arretado” de Flávio José.

flavio-josa-1996-o-melhor-de-verso

Produção, acordeons e arranjos do prório Flávio José, destaque para o clássico “Caboclo sonhador” de Maciel Melo e para “Na quentura do forró” de Dedé do Acordeon.

Flávio José – O melhor de
1996 – LBC

01. Caboclo sonhador (Maciel Melo)
02. Terra prometida (Maciel Melo)
03. Quando olho pra você (Flávio José / Ladja Betania)
04. Não me deixe (Walter Amaral / Ladja Betania)
05. Forró em Monteiro (Arlindo dos 8 Baixos)
06. Seca nordestina (Flávio José)
07. Meu xamêgo meu xodó (Flávio José / Ladja Betania)
08. Tem arrasta-pé (Cecéu)
09. Na quentura do forró (Dedé do Acordeon)
10. Devolva (Flávio José)
11. Amor de verdade (Flávio José / Ladja Betania)
12. Na cacimba do amor (Flávio José / Ladja Betania)
13. Só o tempo é quem vai dizer (Flávio José)
14. Pra gente se divertir (Jorge de Altinho)
15. Forró arretado (Flávio José)
16. Mais um carnaval (Flávio José)
17. Vou bater bum bum (Bastinho Calixto)

Para baixar esse disco, clique aqui.

Se estiver com dificuldade para baixar e descompactar os arquivos, tire suas dúvidas em nosso manual “passo a passo”, clique aqui.

1 2 3 4 5

Quem somos

Somos uma rede filantrópica colaborativa de colecionadores e músicos.

Uma comunidade que se conheceu e se comunica virtualmente, unidos em torno de uma paixão comum, o forró tradicional.

Quer saber mais da nossa história?
Continue navegando neste portal.

Um grade abraço,
DJ Ivan

Facebook