Os Cobras do Nordeste – No Forró do improviso

capa

Colaboração do João Gabriel, de Niteroi – RJ

seloaselob

“Os Cobras do Nordeste é formado por Rivinha na zabumba, Chico preto na sanfona e Geraldinho no triângulo. Não temos muita informações sobre esse trio, mas numa breve pesquisa, descobrimos que até o ano de 2012 eles ainda faziam shows …

verso

No disco ‘No forró do improviso’, lançado no ano de 1987, o trio traz músicas de compositores conhecidos como Cecéu , João Gonçalves e Biliu de Campina. Destaque para os xotes , ‘Não digo pra ninguém’, ‘Rapé da Lili’ e para o forró ‘Na beira do rio’.”

Os Cobras do Nordeste – No Forró do improviso
1987 – Canta Brasil

01- Não digo pra ninguém (Cecéu – Regina Drumond)
02- Feliz a sorrir (Zelita – Calixto – Rivinha)
03- Quem não entra dança (João gonçalves – Maria Diva – Mestre Claudio)
04- Me Faça feliz (Rivinha – Jorge Reis – Regina Drumond)
05- Como antigamente (Edmar Miguel – Zé Mariano – Jorge Reis)
06- Ilusão (Everaldo do Acordeon – Glorinha Venceslau)
07- Na Beira do rio (Francisco Lima – Jorge Reis – Dinda do Forró)
08- No forró do improviso (Biliu de Campina – Marié – Jorge Reis)
09- O rapé da Lili (Rivinha – Abílio do Cavaco – Jorge Reis)
10- Morrendo de amor (Ramos Fernandes – Geraldinho M.S.)
11- Na Solidão (Dinda do Forró – Jorge Reis)
12- Exaltando a Bahia, Mãe Menininha (Edmar Miguel – Jorge Reis – Francisco de Assis)
13- A Professora (Fam. Leitão – Zé Cigano – Jorge Reis)
14- Promessa em Canindé (Chico Preto – Jorge Reis – D.P.)

Para baixar esse disco, clique aqui.

Se estiver com dificuldade para baixar e descompactar os arquivos, tire suas dúvidas em nosso manual “passo a passo”, clique aqui.

15 comments

  • Sandro Romero

    Esse grupo Os Cobras do Nordeste é da cidade de Salgueiro-PE. O sanfoneiro Chico Preto faleceu alguns anos atrás. O zabumbeiro Rivinha é o mesmo que passou quase 30 anos no antigo Carandiru. Depois desse disco Rivinha foi preso. Ele era matador profissional e saia direto no programa de Gil Gomes, Globo Repórter, etc. Chico Preto morreu doente. E Geraldinho não tenho mais informação sobre o mesmo.

  • Paulo Omar

    Olá Sandro Romero, me mande o contato de Rivinha, preciso de um zabumbeiro desse para colocar ordem em alguns forrós!

  • Ironildo Timoteo

    Boa tarde! Olha, estou muito contente em ver essa reportagem, pois ontem estive com um dos integrantes deste grupo (Abílio do Cavaco), nem sei por que na capa do disco não tem sua imagem, ele mora aqui em Bom Nome – PE na fazenda Cacimbas. Ontem ele nos contava que perdeu o contato com os outros, mais acha que somente ele e o Rivinha ainda estão vivos. Infelizmente também ele não tem quase nada dos arquivos do grupo, a não ser três fitas K7. obrigado.

  • Geovania

    oi samfoneiro e vocalista e ojorge reis e ele e da cidade de campina grande pb e foi assasinado22anos atras em sao paulo

  • Geovania

    Enformacao errada o trio acabou a23 anos antes do assasinato do lider do grupo joege gravou sozinho 2 lpout

  • armênya

    Esse sanfoneiro, um grande hm que eu amo sinto muito a sua falta pai !!! Queria muito que vc estivesse ao nosso lado. SAUDADES ETERNAS TE AMO MUITO!!!

  • Renan

    Colega, muito obrigado pela preciosidade que é esse teu blog.
    Em São Luís achei o compacto de um grupo Chamado ‘Os cobras do NORTE’. sensacional o compacto, não achei nada na rede sobre eles.
    Pouco provável que tenha alguma relação com esse grupo né!?

  • José tomas

    Sou parente de Abílio do cavaco estive com ele a umss 10 dias atrás está de cama muito doente

  • nalva

    boa tarde, sou filha de Abílio do cavaco estive c ele esses dias e gracas a Deus ele esta bem. Me orgulho muito de ter convivido com eles e que ainda hoje meu pai lembra com carinho.

  • armenya

    Eu não sou filha de jorge,e sim do sanfoneiro Chico preto. Agora tenho 27 anos ele faleceu em 2005 eu tinha 15 anos.

  • Jean

    Meu pai tocou com Chico preto, batia zabumba e cantava forró, por favor vc que é filha do Chico preto entra em contato cmg

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Quem somos

Somos uma rede filantrópica colaborativa de colecionadores e músicos.

Uma comunidade que se conheceu e se comunica virtualmente, unidos em torno de uma paixão comum, o forró tradicional.

Quer saber mais da nossa história?
Continue navegando neste portal.

Um grade abraço,
DJ Ivan

Facebook