José Cândido – O menino de Puxinanã

livro-josa-candido-capia

Recebi ontem um e-mail do amigo e jornalista José Teles, do JC online de Recife – PE, com a notícia de que na madrugada de 25/02/2008, no hospital São Lucas em Aracaju – SE aconteceu o falecimento do compositor José Cândido, que tornou-se conhecido pela autoria da música “Carcará”, hoje com mais de 40 regravações.

José Cândido da Silva, nascido em 11/03/1927, no Sítio Puxinanã, Município de Santana do Ipanema -AL. Saiu de Puxinanã em 1945, foi para Aracaju de onde mudou-se para o Rio de Janeiro – RJ, em 1950. Em 1989 retornou a Santana do Ipanema e em 1992 mudou-se para Aracaju, onde fixou residência de forma definitiva.

“Carcará”é uma das músicas mais fortes da MPB. Em 1964, foi o marco inicial da carreira de Maria Bethânia, que estourou nacionalmente com este baião em 1965. Carcará é assinada pelo maranhense (de Pedreiras) João do Vale e o alagoano José Cândido. No entanto, quem ficou conhecido por ela foi únicamente João do Vale.

“Carcará” não é a única composição assinada pela dupla, Morena do grotão e Pé do lagêro (Onde a onça mora), também são fruto dessa “parceria”. José Cândido garante que nunca pegou carona no talento de João do Vale. Ele tem mais de 80 músicas gravadas, a maioria sem parceiros. Teve suas composições gravadas por Aldair Soares, Marinês, Nara Leão, Chico Buarque, Zé Gonzaga, Trio Mossoró e Luiz Wanderley, entre outros.

Escreveu uma biografia intitulada “O menino de Puxinanã”. Forma que encontrou de deixar sua história à posteridade, já que não existe nenhum verbete dele nas enciclopédias de música brasileira. (Resumo do texto de José Teles, teles@jc.com.br, publicado no JC Online em 29/06/2007)

7 comments

  • Eonildes Carvalho da Silva

    Tenho muito orgulho de ser sobrinho deste bravo e saudoso guerreiro chamado José Cândido. Para mim, depois do meu pai que era seu irmão,ele foi um heroi e ao mesmo tempo um espelho para mim.Sempre tentei segui-lo.

  • Eonildes Carvalho da Silva

    Só corrigindo o comentário anterior, meu nome é: Eronildes e não Eonildes.(perdão).

  • ivan de castro

    tive a oportunidade de conhecer na cidade de ARACAJU-SE no bairro da coroa do meio onde ele fez uma dedicaçao ´´´RECANTO DOS INATIVO´´ na qual cita em um dos ultimos livro . e

    ETERNA SAÚDADES …

  • anydantas@hotmail.com

    Já se passaram 5 anos e lembro como se fosse hoje ele chegando lá em casa (Santana do Ipanema – Alagoas) pra visitar minha vó que era sua tia…. Ele era uma pessoa muito alegra e adorava viajar a Alagoas pra visitar seus familiares….
    #Saudades

  • Ieda Cristina todrigues

    Sou Ieda cristina Rodrigues,viúva desse ser iluminado,com quem passei os últimos 18,anos da minha vida,um mestre um ser maravilhoso, um pai tenho uma filha e três netos,José Cândido da Silva neto,quem quiser entrar em contato ligue;079 99402504 vivo.

  • Ieda Cristina todrigues

    Meu marido,lançou outro livro,intitulado o querubim, um romance,lindo,digno de uma novela

  • Jorge Ribeiro

    Uma satisfação encontrar referência ao nome do amigo José Cândido, meu ex-vizinho da Coroa do Meio, bairro de Aracaju. Grande homem, raro caráter, autodidata de reconhecida expressão. Guardo na memória algumas narrativas de suas andanças pela vida, notadamente carioca. Saudades! Reverências!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Quem somos

Somos uma rede filantrópica colaborativa de colecionadores e músicos.

Uma comunidade que se conheceu e se comunica virtualmente, unidos em torno de uma paixão comum, o forró tradicional.

Quer saber mais da nossa história?
Continue navegando neste portal.

Um grade abraço,
DJ Ivan

Facebook