Josa Vaqueiro do Sertão – Josa Vaqueiro do Sertão

josa-frente

José Gregório Ribeiro, o Josa, filho de um vaqueiro, nasceu no dia 12 de março de 1929, em Simão Dias – SE. Veio para o sudeste e aprendeu a tocar na cavalaria do Rio de Janeiro, pediu dispensa, comprou sua primeira sanfona e voltou pro norte.

Em Aracajú – SE, passou a apresentar um programa na Antiga Rádio Difusora, e foi em 1965, através da rádio, que Josa foi descoberto por Luiz Gonzaga. O rei o ajudou a gravar seu primeiro disco, um compacto com duas músicas: “No pátio da fazenda” e “Há boi no mourão”, em Recife – PE e o levou para uma turnê pelo nordeste do País.

Em 1968 decidiu não gravar novos discos pois não cantaria músicas de duplo sentido. A partir de então, passou a se apresentar em touradas, vaquejadas e circos de diversos tamanhos nos estados de Alagoas, Bahia e Sergipe.

josa-verso

“A verdade é filha do tempo e não da autoridade”. Esta frase, bastante peculiar, está na contra capa do disco. Direção artística de Pedro Sertanejo e autoria de quase todas as músicas do próprio Josa. Destaques para o forró “corda do meu coração” e para os baiões “Na sombra da jaqueira”, “Valente é o Bem te vi” e “Coração gelado”.

Josa Vaqueiro do Sertão – Josa Vaqueiro do Sertão
Nortson

01. Corda do meu coração (J. Nordestino – Josa V. do Sertão)
02. Poeira voando (Manoel A. Filho – Josa V. Sertão)
03. Deixe a poeira voar (Josa V Sertão)
04. Ano novo (Josa V Sertão)
05. Na sombra da Jaqueira (Josa V Sertão)
06. Estou roendo (Josa V Sertão – Salgadeira Filho)
07. Valente é o Bem Te Vi (Oscaldo Eurico – Vadeca Lima)
08. Amor enchucalhado (José Candido)
09. Almanaque sertanejo (Josa V Sertão – Alexandre Alves)
10. Volte a festejar (Josa V Sertão – Josinete Soares)
11. Pra bem longe de mim (Josa V Sertão – Eliseu Ventania)
12. Coração gelado (Josa V Sertão – Valdici Soares)

Para baixar esse disco, clique aqui.

Se estiver com dificuldade para baixar e descompactar os arquivos, tire suas dúvidas em nosso manual “passo a passo”, clique aqui.