Coronel Narcizinho – Hora sertaneja

Recebemos o áudio desse disco do Thiago Silva, de Recife – PE, as capas são cortesia do amigo, músico e pesquisador de Brasília – DF, Cacai Nunes, que assim como o ‘Forró em vinil’, batalha pela música brasileira de boa qualidade.

Cacai já havia postado esse disco no seu Blog, o Acervo Orígens, pra quem ainda não conhece, vale a pena passar por lá.

O álbum reúne como intérpretes, além do Coronel Narcizinho, Herval Lessa, Rancheiro e Rancheirinho, Geraldo Nunes, Zé Pitanga e Nhá Bastiana, Raymundinho da Sanfona, Dupla Zoológica e Ethmar Vieira e seu violão.

Algumas músicas são dançantes e outras mais pra se escutar, destaque para “Forró em Carapiá” de Monito Silva e O. Barbosa, na voz de Geraldo Nunes.

Coronel Narcizinho e sua gente – Hora sertaneja
1970 – Uirapurú

1. Marina (Coronel Narcizinho – José Cenilia) Coronel Narcizinho
2. Os cabelos de Maria (Coronel Narcizinho – José Reis) Coronel Narcizinho
3. Jangadeiro do Ceará (Armando Madureira – M. dos Santos) Herval Lessa
4. Mulher fingida (Pereirinha – Rancheiro) Rancheiro e Rancheirinho
5. Eu quero a morte da ema (M. dos Santos – Armando Madureira) Herval Lessa
6. Forró em Carapiá (Monito Silva – O. Barbosa) Geraldo Nunes
7. Plantei canaviá (Pereirinha – Zé Pitanga – G. Barbosa) Zé Pitanga e Nhá Bastiana
8. Maricota (Coronel Narcizinho – J. Reis – H. Soares / Machadinho) Raymundinho da Sanfona
9. O papagaio de Izabé (Coronel Narcizinho) Geraldo Nunes
10. Ela é (Pereirinha / Coronel Narcizinho – José Reis) Coronel Narcizinho
11. Coração selvagem (Pereirinha – Rancheiro) Rancheiro e Rancheirinho
12. Caçada em Xerém (Paulo França Vieira / Jofre Madeira) Dupla Zoológica
13. Barreiro branco (Raimundo Alves – O. Barbosa) Raymundinho da Sanfona
14. Desconhecida (Ethmar Vieira) Ethmar Vieira
15. Juras de caboclo (Coronel Narcizinho – Pereirinha) Coronel Narcizinho

Para baixar esse disco, clique aqui.

Se estiver com dificuldade para baixar e descompactar os arquivos, tire suas dúvidas em nosso manual “passo a passo”, clique aqui.

9 comments

  • Henrique Kurtz

    Os caras do blog se esforçam pra manter a pipa no ar, um trabalho dedicado, por amor à música, 0800 total, e a galera ainda faz exigência…
    Muito bacana!

  • Daniel

    Nem é exigência. É só uma questão de princípio. Eu sou absolutamente tarado com esse blog aqui. Descobri quando tinha só 4 discos postados e desde então frequento quase diariamente. Divulguei pra muuuita gente aqui de BH e sou fã mesmo do trabalho dos caras. Comecei até a comprar vinis. Já falei com eles várias vezes sobre esse lance da compactação. E vou morrer falando.
    Eu acho um contra-senso todo esse trabalho de pesquisa e divulgação ser repassado pros outros em qualidade ruim (128Kpps). Dá muita diferença. Já até passei links pra comprovar essa perda de qualidade da compactação baixa.
    Imagine só: daqui há 10 anos, o forró de verdade, de vinil, vai estar bem difundido e resgatado (uma dádiva divina!!), mas com qualidade ruim. É uma pena. Eles deviam seguir o exemplo de grandes colecionadores e divulgadores que prezam pela qualidade do som. Como o Loronix, que disponibiliza até arquivos FLAC como alternativa pra quem quer melhor qualidade do que os MP3 de 320 Kbps que eles já põem. A maioria dos gringos tbm fazem assim.
    Eles têem responsabilidade sobre os discos e artistas maravilhosos que só eles possuem e compartilham. Deveriam pensar melhor para disponibilizá-los em baixa qualidade.
    Poderia ser perfeito, mas é quase perfeito!

    De qualquer forma, os caras merecem o respeito e a gratidão de todos nós.

    Abraço

  • Henrique Kurtz

    Ah! Entendi sua explicação. O trabalho dos rapazes do Forró em Vinil é digno de nota, ocorre que as faixas poderiam ter outra compactação. Uma crítica construtiva. Captei sua mensagem, Daniel.
    Abraços a todos!

  • juno

    Deixo aqui minha crítica construtiva também: sou novo aqui, já me viciei nas coisas postadas por aqui, estou pensando como posso contribuir com as gravações que eu tenho, etc e tal. E se eu postar algum album certamente será na melhor qualidade possível que eu puder (flac ou ape). Parabens pelos posts e vida longa!!!!

  • Anderson silva

    Eu ja penso diferente a uns 5 anos atrás quase ninguem tinha acesso a esses discos, ai vem um pesoal ainda reclamar q os caras postou um disco ou outro em baixa qualidade,quer qualidade compre os discos bom se conseguir.Parabens tick e ivan pela iniciativa e vida longa ao site !! Viva a cultura norte nordeste.

  • dilson andrade pimentel

    Conheci o vinil do coroné narcizinho numa feira de troca de vinil aqui em aracaju. Foi a partir da que conheci o verdadeiro forró. Se alguem puder me fornecer outros artistas do gênero, tais como, Benedito do Rojão (que não tenho). Sou colecionador de tocaores de 8 baixos(minha paixão) Por favor mandem pra mim vários artistas do gênero, mais só vale do ano de 1970 para trás.

  • Lúcia Lopes

    Olá, tudo bem?
    Gostaria de saber se existe CD do vinil acima (Coroné Narcizinho-Hora sertaneja).
    Caso exista, onde posso adquirir? Um abraço

  • rancheiro e rancheirinho

    eu sou rancheiro da dupla rancheiro e rancheirinho quero agradecer a todo por gostarem das nossas musicas.ainda estamos cantando e levando o nome de rancheiro e rancheirinho p esse rincão do meu brasil .meu telefone e´035 99049837 e 035 9941 35 93 temos um acervo de nossas musicas desde 1957 obrigado a todos.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Quem somos

Somos uma rede filantrópica colaborativa de colecionadores e músicos.

Uma comunidade que se conheceu e se comunica virtualmente, unidos em torno de uma paixão comum, o forró tradicional.

Quer saber mais da nossa história?
Continue navegando neste portal.

Um grade abraço,
DJ Ivan

Facebook