Coletânea – Quebra pote

Colaboração do Zé Geraldo, de Taperoá – PB

A cada ano, as gravadoras reuniam seus artistas e gravavam uma coletânea junina com uma ou duas faixas de cada um. O mais importante dessas coletâneas é o fato da maioria das músicas nelas gravadas não estar presente em nenhum outro álbum de carreira.

Nesse disco participam: Trio Nordestino, Julinho do Acordeon, Trio Mossoró, Genival Santos, Ary Lobo, Bastinho Calixto, Manhoso, Zé do X, Zito Borborema e Chiquinha do Acordeon.

coordenação de produção de Oséas Lopes, assistente de produção Lindolfo Barbosa, o disco é composto por vários arrastapés e quadirlhas, com exceção da rancheira “Quero uma mulher para o meu fugão” de Moacir Bastos e Manhoso, na interpretação de Manhoso.

Coletânea – Quebra pote
1973 – Beverly

01. Quebra pote (Antônio Barros) Trio Mossoró
02. Pegando fogo (Oséas Lopes / Genival Santos) Genival Santos
03. São João agarradinho (Delmiro Ramos / Vitor Oliveira) Ary Lobo
04. Quadrilha do Mucuripe (Raimundo Evangelista) Bastinho Calixto
05. Pagode na roça (Gerôncio Cardoso) Zito Borborema e Chiquinha do Acordeon
06. Pé de moleque (Julinho / Ari Monteiro) Julinho do Acordeon
07. São João dorminhoco (Antônio Barros) Trio Nordestino
08. Quero mais amor (Antônio Ceará / Parafuso) Trio Nordestino
09. Quatro homens e eu muié (Raimundo Evangelista / João Silva) Zito Borborema e Chiquinha do Acordeon
10. No parque maia (João Calixto) Bastinho Calixto
11. Noite de festa (Severino Ramos / José Costa) Ary Lobo
12. Quero uma mulher para o meu fugão (Moacir Bastos / Manhoso) Manhoso
13. Arrasta-pé em Guarabira (Ari Monteiro / Oséas Lopes) Zé do X
14. Na fugueira (Anastácia / Dominguinhos) Trio Mossoró

Para baixar esse disco, clique aqui.

Se estiver com dificuldade para baixar e descompactar os arquivos, tire suas dúvidas em nosso manual “passo a passo”, clique aqui.

1 comment

  • Jailson

    Há muito procurava um site que me possibilitasse ouviu músicas que me remetessem a minha infância…vcs. não fazem idéia de como é maravilhoso saber que essas raridades não se perderam no tempo. muito obrigado.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Quem somos

Somos uma rede filantrópica colaborativa de colecionadores e músicos.

Uma comunidade que se conheceu e se comunica virtualmente, unidos em torno de uma paixão comum, o forró tradicional.

Quer saber mais da nossa história?
Continue navegando neste portal.

Um grade abraço,
DJ Ivan

Facebook