CD – Beto Brito – Pandeiro sideral

Colaboração do Beto Brito

“Um místico de repente, peleja, côco, toré, baião, martelo, cordel, rabeca e viola; é um caldeirão borbulhante de todas as influências sonoras e literárias do nordeste brasileiro, sem o estereótipo do conservadorismo tradicional e imutável. É um disco para o mundo, marcante, definitivo, atemporal, poético e percussivo; regional e contemporâneo; primitivo e transcendental.

Assim caminha o Imbolê, entre guitarras distorcidas, violas e rabecas, zabumbas, cítaras e grooves eletrônicos, reverenciando a alquimia das fusões entre o pop e o regional, flertando com o rap-rock, sampleando com as baladas e cirandas, na pancada irreverente do baião elétrico. Produzido por Robertinho de Recife, com participação especial de Zé Ramalho e a poesia surrealista de Zé Limeira, o “Imbolê – cordel e som na caixa”, é acompanhado ainda, de doze livretos autorais, recheados de martelos, ditados populares e emboladas, completando assim, essa brilhante obra músico/literária brasileira.” (Release)

Beto Brito – Pandeiro sideral
2001

01. Forró Furimfinfado (Beto Brito – Pedro Tavares)
02. Pandeiro Sideral (Beto Brito)
03. No Pé Do Seu Ouvido (Beto Brito)
04. De Cair O QueixoPoeira Do Destino (Beto Brito)
05. Poeira Do Destino (Beto Brito)
06. Canoa Boa Não Vira A Toa (Beto Brito)
07. Cuidar Bem De Você (Beto Brito)
08. Pra Lavar A Alma (Beto Brito)
09. A Hora Da Viola (Beto Brito)
10. Quem Tem Com Que Me Pague Não me Deve
11. Pedra Na Lua (Beto Brito – J. Medeiros – Roberto Cunha)
12. Procurando Meu Amor (Beto Brito)
13. Repente (Beto Brito)

Para baixar esse disco, clique aqui.

Se estiver com dificuldade para baixar e descompactar os arquivos, tire suas dúvidas em nosso manual “passo a passo”, clique aqui.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Quem somos

Somos uma rede filantrópica colaborativa de colecionadores e músicos.

Uma comunidade que se conheceu e se comunica virtualmente, unidos em torno de uma paixão comum, o forró tradicional.

Quer saber mais da nossa história?
Continue navegando neste portal.

Um grade abraço,
DJ Ivan

Facebook