CD – Trio Nordestino – Trio Nordestino

capap

Colaboração do DJ Vini, de Belo Horizonte – MG

cdp

Esse é um CD promocional que o Trio preparou para distribuir durante o São João de 2014.

versop

O disco é uma coletânea composta com músicas já lançadas em discos anteriores.

Trio Nordestino – Trio Nordestino
2013

01 Eta lugar bom
02 Sou eu
03 Liga pra mim
04 Minha louca paixão
05 Forró no canto
06 Tô de ressaca
07 O chineleiro
08 O neném
09 Chupando gelo
10 Amor de doido – João e Maria – Menina apimentada
11 Resto de amor
12 Procurando tu
13 Ta chegando – O rouxinho – Chililique
14 Forró pesado

Para baixar esse disco, clique aqui.

Se estiver com dificuldade para baixar e descompactar os arquivos, tire suas dúvidas em nosso manual “passo a passo”, clique aqui.

CD – Grandes sucessos – Forró pesado

CapaP

Colaboração do Lourenço Molla, de João Pessoa – PB

bercoPSeloP

Pesquisa e seleção de repertório de José Milton.

Versop

Essa coletânea reúne sucessos de: Jackson do Pandeiro, Azulão, Zé Piatã, Gordurinha, Messias Holanda, Ary Lobo, Os 3 do Nordeste, Luiz Gonzaga, Noca do Acordeon, Trio Nordestino, Marinês, Elino Julião, Zé Calixto, Sivuca, Genival Lacerda, Assisão e Mário Zan.

Grandes sucessos – Forró pesado

01 Sebastiana
02 A barra dos coqueiros
03 Forró na fazendinha
04 Vendedor de caranguejo
05 É pra tirar coco
06 Último pau de arara
07 Da boca pra fora
08 Pau de arara
09 Baião da saudade
10 Eu vou pra lua
11 Suplica cearense
12 Chinelo de Rosinha
13 Sou o estopim
14 Mulher de verdade
15 Forró pesado
16 Escadaria
17 Feira de Mangaio
18 Severina Xique xique
19 Cantiga de vem vem
20 Vamos farrear – No galpão da bulandeira – Vou ficar doidão-Esquenta moreninha – De eu pra ela
21 Forró de tamanco
22 Festa na roça

Para baixar esse disco, clique aqui.

Se estiver com dificuldade para baixar e descompactar os arquivos, tire suas dúvidas em nosso manual “passo a passo”, clique aqui.

Toco Preto – Perdido no deserto

capa

Mais um raríssimo LP do Toco Preto.

seloaselob

Um disco repleto de instrumentais.

verso

Direção artística de Pedro Sertanejo.

Toco Preto – Perdido no deserto
1975 – Tropicana

01 Não bebi nada (Toco Preto)
02 Liguarudo (Toco Preto)
03 Romano (Toco Preto – Oswaldinho)
04 Veneza (Toco Preto – Deolinda)
05 Madrid (Toco Preto – Oswaldinho)
06 Durango (Toco Preto)
07 Tankichain (Collid Filho – Toco Preto)
08 Perdido no deserto (Toco Preto – J.Luna)
09 Crepúsculo (Toco Preto – Oswaldinho)
10 Assunção (Niquinho – Mandinho)
11 Comodoro (Toco Preto)
12 Dor de uma saudade (Collid Filho – Jorge C. Teles)

Para baixar esse disco, clique aqui.

Se estiver com dificuldade para baixar e descompactar os arquivos, tire suas dúvidas em nosso manual “passo a passo”, clique aqui.

Genival Santos – Compacto Duplo

selob

Colaboração do Jhonatas Pasternack

selo bseloa

“Esse é um Compacto Duplo do Genival Santos lançado pelo selo Madrigal.

Poucos sabem, mas ele gravou alguns Côcos e Baiões no início de sua carreira.”

Genival Santos – Compacto Duplo
Madrigal

01 Poeira no Ar (Genival Santos e Ze Pereira)
02 Ponteio de Amor (Adão Ferreira e Antonio Ramos)
03 Meu Rio de Todos (Antonio Ramos – J. Santos)
04 Se a Saudade Doi (Henrique Amaral – Bibi – J. Lopes)

Para baixar esse disco, clique aqui.

Se estiver com dificuldade para baixar e descompactar os arquivos, tire suas dúvidas em nosso manual “passo a passo”, clique aqui.

Coletânea – Uma festa no norte

capa

Colaboração do DJ Vinny, de Belo Horizonte – MG

seloaselob

Essa é uma interessante e rara coletânea.

verso

Além de João Silva, participam da coletânea: Genaro do Acordeon, Neusa, Pato Preto, Taysa e Nivaldo Santos (Castanheiro).

Coletânea – Uma festa no norte
1979 – Aladdin

01. Delicadinho (João Silva / Romualdo Araújo) Genaro do Acordeon
02. Convidando Pra Dançar (João Silva / Zeca Freire) João Silva
03. Pedacinho de Chão (Darci Caxambú / João Lima) Neusa
04. Dance o Carimbó (Pássaro Triste / Pedro Maranguape) João Silva
05. No Fundo da Terra (Darci Caxambú / João Lima) Pato Preto
06. Baião do Retirante (Ely Miller / Guglinar Santos) Taysa
07. Carimbó da Saudade (Nelson Trigueiro) Neusa
08. Os Dançarinos (João Silva / Antônio Rodrigues) João Silva
09. Forró do Genaro (Genaro) Genaro do Acordeon
10. Angra do Meu Tempo (Abelardo Caipira) Neusa
11. Lagoa Grande (Joaquim Borges / Moreira Júnior) João Silva
12. Paquetá Ilha dos Amores (Francis Caldwel / Nivaldo Santos) Nivaldo Santos

Para baixar esse disco, clique aqui.

Se estiver com dificuldade para baixar e descompactar os arquivos, tire suas dúvidas em nosso manual “passo a passo”, clique aqui.

Joquinha Gonzaga – Sobrinho de Gonzagão neto de Januário

capa

Colaboração do João Gabriel, de Niterói – RJ

selobseloa

Participação especial de Zinho.

verso

Produção de João Silva e arranjos de Gennaro.

Joquinha Gonzaga – Sobrinho de Gonzagão neto de Januário
1993 – Somarj

01-
Piriri (João Silva – Albuquerque)
Quero chá (Luiz Gonzaga – José Marcolino)
Olha pro céu (José Fernandes – Luiz Gonzaga)
São João do arraiá (Zé Dantas)
02- Tacacá (Luiz Gonzaga – Lourival Passos)
03- Quando a gente ama (Joquinha Gonzaga – Valdi Geraldo)
04- Vamos Chamegar (Joquinha Gonzaga – José Dauá)
05- Espelhos das águas do Itamaragy (Gonzaguinha)
06- Doidim por Você (Gonzaguinha)
07- Quando penso nela (Joquinha Gonzaga – João Silva)
08- Lavadeira do norte (João Silva – Joquinha Gonzaga)
09- Deixa quem quiser falar (Joquinha Gonzaga – Epitácio Pessoa)
10- Nosso amor esta em guerra (Joquinha Gonzaga – Zezito Alves)

Para baixar esse disco, clique aqui.

Se estiver com dificuldade para baixar e descompactar os arquivos, tire suas dúvidas em nosso manual “passo a passo”, clique aqui.

CD – João Mossoró – Falar Com Deus é Bom

Falar Com Deus é Bom - Capa_cdp

Colaboração do Higino Canuto Neto, de Juazeiro – BA.

“João Batista Lopes ou simplesmente João Mossoró é um forrozeiro dos bons, remanescente do antigo Trio Mossoró que se projetou à sua época como um dos grandes precursores do forró autêntico, tradicional em sua nordestinidade.

João, juntamente com seus irmãos que formavam o Trio Mossoró (Oseas Lopes e Hermelinda) gravou 12 LP´s ao longo da carreira do Trio, com tal expressividade, que receberam no ano de 1966 em cerimônia no Teatro Municipal no Rio de Janeiro, o prêmio ‘Cidade do Rio do Janeiro’, representado pela estatueta de Euterpe (a musa da música na mitologia grega) como o melhor disco de música regional. Na mesma cerimônia, apenas para ilustrar a importância da premiação que equivalia a um ‘Oscar’ da MPB, foram também contempladas as artistas Elis Regina como melhor cantora popular e Elizete Cardoso como melhor sambista. Foram anos de sucessos até quando o grupo se desfez em 1972 deixando um lastro de canções que mereceram elogios de artistas da magnitude de Tom Jobim e dos irmãos Dori e Nana Caymmi.

Após a dissolução do Trio, João Mossoró construiu uma carreira sólida tendo se mantido fiel à sua trajetória de cantador identificado às raízes populares. Mesmo quando gravou o disco ‘Como é Linda a Minha Aldeia’, composto somente por músicas portuguesas, o fez com toda a essência e originalidade lusitana que o trabalho mereceu, manifestando a universalidade do seu canto nativista. Nos discos mais recentes homenageou em dois belíssimos álbuns o Mestre Luiz Gonzaga, com quem também trabalhou como competente Zabumbeiro, e se fez ‘O Arauto das Raízes Nordestinas’ gravando no CD ‘Conexão Nordeste’ canções de consagrados compositores como Belchior, Gonzaguinha, e Dominguinhos.

E nesse cenário repleto de forrós e toadas, João Mossoró apresenta o seu mais recente trabalho intitulado ‘Falar Com Deus é Bom’, onde cânticos tradicionalmente religiosos se fundem a ritmos nordestinos num forrozeiro que surpreende pela voz privilegiada e pelo inusitado da proposta musical.

Falar Com Deus é Bom - Contracapap

Sem seguir a modismos, João Mossoró pratica sua fé como outra missão que carrega. Diz: – Aqui no Rio de Janeiro, frequento diversas igrejas fazendo eventos e são muitos os religiosos que me prestigiam, inclusive um deles, o Padre Ranilson, gravou uma musica de minha autoria intitulada ‘Minhas Janelas’. Também faço parte da caravana do Pedro Augusto, da Rádio Tupi, onde semanalmente participo das apresentações em Praça Publica interpretando canções contemplativas. No edifício onde moro tem uma Capela dedicada à Nossa Senhora de Aparecida, e sempre quando lá eu estava me vinha uma inspiração divina para gravar um CD com músicas religiosas. E assim, com o incentivo de todos, concretizei esse projeto onde interpreto canções que falam do nosso Pai Maior. E, inclui ainda, outras que fazem parte do nosso cancioneiro popular que considero, pelas mensagens que transmitem, como que falassem mais perto ao coração – conclui.

No repertório do CD, músicas como ‘Falar com Deus é Bom’ (Francisco Saulo), ‘Noites Traiçoeiras’, ‘Oração de São Francisco’, ‘Tocando em Frente’ de Almir Sater e Renato Teixeira, e ‘Súplica Cearense’, de Gordurinha e Nelinho, dão o tom maior do disco, afinal, se ‘Falar Com Deus é Bom’, melhor ainda ouvindo canções que elevam a alma na voz de João Mossoró.”

João Mossoró – Falar Com Deus é Bom
2014

01-Falar com Deus é Bom (Francisco Saulo)
02-Tocando em Frente (Renato Teixeira – Almir Sater)
03-Súplica Cearense (Gordurinha – Nelinho)
04-Noites Traiçoeiras (D.R.)
05-Majestade o Sabiá (Roberta Miranda)
06-Não Tenho Culpa de Nascer Assim (João Mossoró – João do Vale)
07-O Milagre da Flecha (Moacyr Franco – Marcos Silvestre)
08-Romaria (Renato Teixeira)
09-Segura na Mão de Deus (D.R.)
10-Meu Amor Chorou (Paulo Diniz)
11-Pegadas na Areia (D.R.)
12-Oração de São Francisco (D.R.)
13-Liberdade ou Servidão (João Mossoró – Fernando Santos)

Para baixar esse disco, clique aqui.

Se estiver com dificuldade para baixar e descompactar os arquivos, tire suas dúvidas em nosso manual “passo a passo”, clique aqui.

Fachada da Radio Tabajara

foto 33 (fachada radio tabajara)

* Colaboração do Sandrinho Dupan, de Campina Grande – PB

“…fachada da Radio Tabajara de onde saiu a grande ‘ORQUESTRA TABAJARA’ que muitos pensam ser carioca, onde passaram, Sivuca, Jackson e Marinês, entre tantos outros.”

Comentário enviado posteriormente pelo Osvaldo Travassos:

“A ORQUESTRA TABAJARA foi fundada em 1934 em JOÃO PESSOA- Paraíba, pelo SR. OLIVER VON SOHSTEN que veio da Holanda para dirigir uma empresa que se instalara na cidade. Em 1937, com a inauguração da Radio Tabajara na mesma cidade, a ‘ORQUESTRA’ foi contratada para fazer parte de seu elenco. Nesta época Severino Araujo foi convidado para integrar o naipe de sax da ‘JAZZ TABAJARA’ que já contava com músicos famosos dos quais destacaram-se K.Ximbinho, José Leocádio, Geraldo Medeiros, Porfírio Costa, Raimundo Napoleão. Cláudio de Luna Freire, Olegário de Luna Freire (diretor) etc. Com a morte repentina de Luna Freire, Severino Araujo, com apenas 21 anos de idade assume a direção daquela que seria considerada a mais famosa orquestra popular do Brasil. Cantores famosos como: Francisco Alves, Orlando Silva, Déo, Ciro Monteiro e outros, acompanhados pela orquestra que excursionavam pelo nordeste na época ficavam surpresos com a qualidade daqueles músicos tão bem ensaiados.. A fama chegou a então capital da República, que era, na época, o centro musical do Brasil. A notícia se espalhou e a fama da orquestra chegou ao Rio de Janeiro, que além de ser a capital da República era o centro musical do Brasil.
A VINDA PARA O RIO DE JANEIRO E A ESTRÉIA.
Em dezembro de 1944 a ORQUESTRA TABAJARA recebeu da Rádio Tupi o convite para se apresentar no Rio de Janeiroo . A estréia aconteceu no dia 20 de janeiro de 1945 e teve grande repercussão no país, pois foi transmitida por toda cadeia “associada” que cobria o Brasil de norte a sul.. Sua permanência na Rádio Tupi durou 10 anos.
(Informações do site da Orquestra (http://www.orquestratabajara.com.br/home.htm)

O prédio da foto não mais existe, foi demolido para a construção de um Fórum.”

Gerson Filho – 8 Baixos brasileiros vol.10

capap

Colaboração do José Rosa Silva, de Itabuna -BA

seloaselobp

“Eu considero este Lp como um dos melhores de Gerson filho. A linha melódica das suas faixas e os arranjos, foram muito bem feitos;

versop

… nos dando um prazer imenso e uma satisfação muito grande ao ouvi-las.”

Gerson Filho – 8 Baixos brasileiros vol.10
1978 – Musicolor

01 De Maceió a Penedo (Dominguinhos – Gerson Filho)
02 Quadrilha em Boqueirão (Anastácia – Dominguinhos)
03 Poeira cobrindo (Gerson Filho)
04 Arrasta-pé no Sobradinho (Gerson Filho)
05 Homenagem a Gerson Filho (Anastácia – Dominguinhos)
06 Minha rancheira (Gerson Filho)
07 Forró encabrestado (Gerson Filho)
08 Quebrando pedra (Gerson Filho)
09 Da quem te dão (Gerson Filho)
10 Xamego do painho (Gerson Filho)
11 D´esta d´esta (Anastácia – Dominguinhos)
12 Xamego baiano (Gerson Filho)

Para baixar esse disco, clique aqui.

Se estiver com dificuldade para baixar e descompactar os arquivos, tire suas dúvidas em nosso manual “passo a passo”, clique aqui.

CD – Mario Zan – Sanfonando na roça

frente

Colaboração do Lourenço Molla, de João Pessoa – PB

Selo

A lista de músicas do encarte não corresponde com as músicas que vieram gravadas no disco, embora a maioria das músicas esteja presente, elas não estão na ordem da contracapa. Deve ter sido um defeito da produção do CD.

Contra capa

Embora tenha ocorrido esse erro na hora da prensagem, o disco é ótimo, sanfonada do começo ao fim.

Mario Zan – Sanfonando na roça
2003

01 – Quarto Centenário
02 – Os Homens Não Devem Chorar (Mario Zan – Palmeira)
03 – Chalana (Mario Zan – A. Pinto)
04 – Capricho Cigano
05 – Festa Na Roça
06 – Baile Da Saudade (Palmeira – J. Marinoso)
07 – Linda Matogrossense (Mario Zan)
08 – Bicho Carpinteiro (Mario Zan – A. Reale)
09 – Xote Laranjeira (Mario Zan)
10 – Clube XV (Oscar A. Ferreira)
11 – Trem De Ferro
12 – Sanfoneiro Folgado (Mario Zan – Motinha)
13 – Namorados (Mario Zan)
14 – Limpa Banco
15 – Tico Tico No Fubá (Zequinha de Abreu)
16 – Rabo De Galo
17 – Lágrimas
18 – Sertanejo
19 – Gostoso
20 – Desde L´Alma (Rosita Mello)
21 – Fritz Na Gafieira
22 – Orgulhoso (Mario Zan – Nho Pai)

Para baixar esse disco, clique aqui.

Se estiver com dificuldade para baixar e descompactar os arquivos, tire suas dúvidas em nosso manual “passo a passo”, clique aqui.

1 2 3 4

Quem somos

Somos uma rede filantrópica colaborativa de colecionadores e músicos.

Uma comunidade que se conheceu e se comunica virtualmente, unidos em torno de uma paixão comum, o forró tradicional.

Quer saber mais da nossa história?
Continue navegando neste portal.

Um grade abraço,
DJ Ivan

Facebook