post image

Coletânea – Quermesse

Dando prosseguimento as nossas postagens, hoje pela primeira vez disponibilizaremos uma coletânea. Desde o início do nosso projeto só haviamos disponibilizado discos de artistas, dando um panorama geral e mostrando alguns dos artistas mais conhecidos e algumas pitadas mais desconhecidas também.

Nessa postagem de hoje vem um grande disco lançado em 1971 pela Fontana que reune diversos grandes artistas, entre eles Antonio Barros, Trio Luar do Nordeste, Marinalva, Zé Calixto e Zizi Vilar.

Antonio Barros é um dos maiores compositores de toda a historia do forró, tem centenas de músicas gravadas por diversos artistas e grandes sucessos, como É proibido cochilar, Homem com H e Procurando tu.

Outro grande artista que merece um espaço a mais e participa desse disco é Zé Calixto, grande tocador de oito baixos e um dos músicos que mais admiramos, em breve estaremos postando algum disco dele, para que conheçam todo o seu virtuosismo.

Coletânea – Quermesse
Fontana – 1971

01. Devagar se vai ao longe – Marinalva
01. Tô ficando velho – Antonio Barros
03. Balanço do trem – Trio Luar do Nordeste
04. Bom dia Campina Grande – Zé Calixto
05. Peça licença – Marinalva
06. Indecisão – Trio Luar do Nordeste
07. Lhe dei todo meu carinho – Marinalva
08. Tempero gostoso – Zizi Vilar
09. Três cabras no xaxado – Trio Luar do Nordeste
10. Taboleirense do norte – Zé Calixto
11. Se papai deixar – Marinalva
12. Seja o que deus quiser – Trio Luar do Nordeste
13. Arrasta-pé em Sumé – Zé Calixto

Para baixar esse disco, clique aqui

Se estiver com dificuldade para baixar e descompactar os arquivos, tire suas dúvidas em nosso manual “passo a passo”, clique aqui.

post image

CD – Trio Xamego – Forró agarradinho

O Trio Xamego atualmente é formado por Dió de Araújo (voz e zabumba), Chiquinho (Francisco Alves) na sanfona e Zequinha de Andrade no triângulo. No disco de 82, o sanfoneiro era Joãozinho que posteriormente foi morar em BH.

Dió, com mais de 40 anos de carreira, já participou de inúmeros discos como produtor ou como ritmista, fazendo zabumba ou outros instrumentos percussivos para diversos artistas renomados, participou no início de sua carreira do Trio Pajeú, no qual gravou voz em algumas músicas dos dois LPs gravados, abriu shows para o rei em algumas apresentações e atualmente, além do Trio Xamego, acompanha o sanfoneiro Dominguinhos sempre que possível.

Chiquinho começou a tocar sanfona aos 6 anos de idade vendo o avô tocar, imigrante, trabalhou duro até poder tocar profissionalmente, por sua simpatia, carisma e talento, tornou-se um dos sanfoneiros mais queridos do forró em São Paulo.

Seu Zequinha, viveu sua vida toda dedicando-se ao forró, antes do Trio Xamego, acompanhou diversos grandes nomes do forró, como Jackson do pandeiro, Ary Lobo, Oswaldinho e Marinês, participou de alguns LPs do Trio Nortista, que era liderado pelo sanfoneiro Jonas de Andrade, seu irmão. Embora ele só faça o coro nos shows do Xamego, seu Zequinha tem uma voz forte e afinadíssima, seu Zequinha, somos seus fãs!!!

De cada um dos seus integrantes, um amigo e uma história de vida.

Nesse trabalho, lançado pela Candeeiro Discos, produção de Dominguinhos (sanfona também!!), guitarra de Heraldo do Monte, baixo gravado por Trajano Menezes, o Lau, além da Zabumba por Deocleciano de Araújo.

Regravações do disco de 82 do próprio Xamego, “Eu quero é mais”, “Medo de amar” e “Gamação de homem velho” e também releituras de Dominguinhos da década de 80, o instrumental “Segura as calças” dessa vez com Chiquinho Alves e “É só você querer”, além da faixa título “Onde está você”, que, diga-se de passagem, ficou mais dançante do que a versão original.

Destaque para “Forró agarradinho” (arrasta-pé) e “O pilão já bateu” duas músicas, até então, inéditas de João Silva, muuuito boas, vale a pena conferir.

Trio Xamego – Forró agarradinho
2001 – Candeeiro

01 . Onde está você (Zezum)
02 . Medo de amar (Dió de Araujo – Pajeú)
03 . Forró agarradinho (João Silva)
04 . Meu amor cadê você (Castanheiro)
05 . O pilão já bateu (João Silva)
06 . Foi bom te amar (Petrucio Amorim)
07 . Meu chamego (Carlinhos Axé – Erismar Silva)
08 . Eu quero é mais (Bernardo Silva)
09 . Flor de Croatá (João Silva – Raimundo Evangelista)
10 . É só você querer (Nando Cordel)
11 . Segura as calças (Dominguinhos)
12 . Nem ai (CláudioMissagia – Datan Coelho)
13 . Rato que rói (Dominguinhos – w. Macedo)
14. Gamação de homem velho (Anastácia)

Para baixar esse disco, clique aqui.

Se estiver com dificuldade para baixar e descompactar os arquivos, tire suas dúvidas em nosso manual “passo a passo”, clique aqui.

Ary Lobo – Aqui mora o ritmo

Capa

O áudio é colaboração do DJ Tick, de São Paulo – SP e as capas foram enviadas pelo DJ Cacai Nunes, de Brasília – DF.

Selo ASelo B

Ary Lobo é paraense de Belém do Pará e nasceu em 14 de Agosto de 1930, vindo a falecer em 21 de Agosto de 1980. Gravou seus primeiros discos pela RCA Victor, o primeiro foi em 1959, “Forró com Ary Lobo”, 12 polegadas. Em 61 gravou “O último pau-de-arara” e “Vendedor de caranguejo”. Em 62 lançou o sucesso “Eu vou pra lua”, quem não conhece?

O tema das suas composições (cerca de 700 músicas gravadas) retratava básicamente a vida e os costumes nordestinos de forma descontraída, baiões, xotes, vários forrós e até sambas na linha de Jackson do Pandeiro e Jorge Veiga.

Contra capa

Ary Lobo foi daqueles gênios que não nascem mais nos dias de hoje. Um defensor solitário (ou quase) da música nordestina de raiz, mas eu digo “raiz” no sentido pleno da palavra. Suas gravações são o retrato disso, a começar pelos instrumentos usados, ele não ousava muito, já tinha sua fórmula montada. E que fórmula! (Extraído do site sebo musical)

Ary Lobo – Aqui mora o ritmo
1960 – RCA Victor

01. A mulher que vendia siri (S. Ramos – Elias Ramos)
02. O castigo da seca (Venâncio – Corumba)
03 – Caveira (JOão Rodrigues – B. Vieira)
04. Garota do café (João Rodrigues – B. Vieira)
05. Menino prodigio (S. Ramos)
06. Saudade de Pernambuco (Ary Monteiro – João Rodrigues)
07. Garoto do amendoim (B. Lobo – Manoel Moraes)
08. Novidade de hoje (Rodrigues da Silva – Silveira Junior)
09. Belém de Maria (Barbosa da Silva – B. Vieira)
10. Tempo quente (Ary Monteiro – Talismã)
11. Simbolo do rojão (Ismael Rufino – Djalma Varfela)
12. Evolução (J. Cavalcante – Lino Reis – Aguiar Filho)

Para baixar esse disco, clique aqui

Se estiver com dificuldade para baixar e descompactar os arquivos, tire suas dúvidas em nosso manual “passo a passo”, clique aqui.

1 2 3

Quem somos

Somos uma rede filantrópica colaborativa de colecionadores e músicos.

Uma comunidade que se conheceu e se comunica virtualmente, unidos em torno de uma paixão comum, o forró tradicional.

Quer saber mais da nossa história?
Continue navegando neste portal.

Um grade abraço,
DJ Ivan

Facebook